quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Encerramento das aulas de educação física do Colégio Graccho - 2009

GRACCHO


Turma do 2º Ano


Alunos medalhistas da Olimpíada Esportiva do 2º ao 5º Ano


Alunos do 2º ao 5º Ano


Agradeço ao Colégio Graccho por ter me dado a oportunidade de trabalhar com os alunos do 2º ao 5º ano depois de 21 anos nesta escola, onde aprendi mais do que ensinei com estas crianças.

Já estou com saudades das brincadeiras, dos abraços, dos sorrisos. Desejo a todos felicidades e que Deus os abençoe sempre.

Professor José Costa

domingo, 22 de novembro de 2009

As primeiras páginas dos jornais de hoje em todo mundo!

Cada bolinha laranja nos mapas dos continentes, são jornais de cidades daquele estado ou País, você clica e todo dia tem a 1ª página de cada jornal. Ao posicionar sobre a bolinha desejada, ao lado, aparece a 1ª página dos jornais, e clicando sobre a bolinha, você tem a página em tamanho maior, para facilitar a sua visualização :

http://www.newseum.org/todaysfrontpages/flash/

terça-feira, 17 de novembro de 2009

Ensinamentos das mães de antigamente

Coisas que nossas mães diziam e faziam... Era uma forma de educar, hoje condenada por alguns educadores e psicólogos, mas funcionou com a gente e por isso não saímos sequestrando a namorada, nem matando os outros por ai.

"Minha mãe ensinou a VALORIZAR O SORRISO..." ME RESPONDE DE NOVO E EU TE ARREBENTO OS DENTES!

"Minha mãe me ensinou a RETIDÃO..." EU TE AJEITO NEM QUE SEJA NA PANCADA!

"Minha mãe me ensinou a DAR VALOR AO TRABALHO DOS OUTROS..." SE VOCÊ E SEU IRMÃO QUEREM SE MATAR, VÃO PRA FORA. ACABEI DE LIMPAR A CASA!

"Minha mãe me ensinou LÓGICA E HIERARQUIA..." PORQUE EU DIGO QUE É ASSIM! PONTO FINAL! QUEM É QUE MANDA AQUI?

"Minha mãe me ensinou o que é MOTIVAÇÃO..." CONTINUA CHORANDO QUE EU VOU TE DAR UMA RAZÃO VERDADEIRA PARA VOCÊ CHORAR!

"Minha mãe me ensinou a CONTRADIÇÃO..." FECHA A BOCA E COME!

"Minha Mãe me ensinou sobre ANTECIPAÇÃO..." ESPERA SÓ ATÉ SEU PAI CHEGAR EM CASA!

"Minha Mãe me ensinou sobre PACIÊNCIA..." CALMA!... QUANDO CHEGARMOS EM CASA VOCÊ VAI VER SÓ...

"Minha Mãe me ensinou a ENFRENTAR OS DESAFIOS..." OLHE PARA MIM! ME RESPONDA QUANDO EU TE FIZER UMA PERGUNTA!

"Minha Mãe me ensinou sobre RACIOCÍNIO LÓGICO..." SE VOCÊ CAIR DESSA ÁRVORE VAI QUEBRAR O PESCOÇO E EU VOU TE DAR UMA SURRA!

"Minha Mãe me ensinou MEDICINA..." PARA DE FICAR VESGO MENINO! PODE BATER UM VENTO E VOCÊ VAI FICAR ASSIM PARA SEMPRE.

"Minha Mãe me ensinou sobre o REINO ANIMAL..." SE VOCÊ NÃO COMER ESSAS VERDURAS, OS BICHOS DA SUA BARRIGA VÃO COMER VOCÊ!

"Minha Mãe me ensinou sobre GENÉTICA..." VOCÊ É IGUALZINHO AO SEU PAI!

"Minha Mãe me ensinou sobre minhas RAÍZES..." TÁ PENSANDO QUE NASCEU DE FAMÍLIA RICA É?

"Minha Mãe me ensinou sobre a SABEDORIA DE IDADE..." QUANDO VOCÊ TIVER A MINHA IDADE, VOCÊ VAI ENTENDER.

"Minha Mãe me ensinou sobre JUSTIÇA..." UM DIA VOCÊ TERÁ SEUS FILHOS, E EU ESPERO ELES FAÇAM PRA VOCÊ O MESMO QUE VOCÊ FAZ PRA MIM! AÍ VOCÊ VAI VER O QUE É BOM!

"Minha mãe me ensinou RELIGIÃO..." MELHOR REZAR PARA ESSA MANCHA SAIR DO TAPETE!

"Minha mãe me ensinou o BEIJO DE ESQUIMÓ..." SE RABISCAR DE NOVO, EU ESFREGO SEU NARIZ NA PAREDE!

"Minha mãe me ensinou CONTORCIONISMO..." OLHA SÓ ESSA ORELHA! QUE NOJO!

"Minha mãe me ensinou DETERMINAÇÃO..." VAI FICAR AÍ SENTADO ATÉ COMER TODA COMIDA!

"Minha mãe me ensinou habilidades como VENTRÍLOCO..." NÃO RESMUNGUE! CALA ESSA BOCA E ME DIGA POR QUE VOCÊ FEZ ISSO?

"Minha mãe me ensinou a SER OBJETIVO..." EU TE AJEITO NUMA PANCADA SÓ!

"Minha mãe me ensinou a ESCUTAR ..." SE VOCÊ NÃO ABAIXAR O VOLUME, EU VOU AÍ E QUEBRO ESSE RÁDIO!

"Minha mãe me ensinou a TER GOSTO PELOS ESTUDOS..." SE EU FOR AÍ E VOCÊ NÃO TIVER TERMINADO ESSA LIÇÃO, VOCÊ JÁ SABE!...

"Minha mãe me ajudou na COORDENAÇÃO MOTORA..." JUNTA AGORA ESSES BRINQUEDOS!! PEGA UM POR UM!!

"Minha mãe me ensinou os NÚMEROS..." VOU CONTAR ATÉ DEZ. SE ESSE VASO NÃO APARECER VOCÊ LEVA UMA SURRA!"

Obrigado minha Mãe!

domingo, 15 de novembro de 2009

Como permanecer jovem

Livre-se de todos os números não-essenciais. Isto inclui idade, peso e altura. Deixe os médicos se preocuparem com eles. É para isso que Você os paga.

Mantenha apenas os amigos alegres. Os ranzinzas, os que só reclamam da vida, só deprimem.

Continue aprendendo. Aprenda mais sobre o computador, ofícios, jardinagem, seja o que for, até radio-amadorismo. Nunca deixe o cérebro inativo. 'Uma mente inativa é a oficina do diabo. Trabalhe, estude! E o nome de família do diabo é ALZHEIMER.

Aprecie as coisas simples.

Ria sempre, alto e bom som! Ria até perder o fôlego.

Lágrimas fazem parte. Suporte, queixe-se e vá adiante. As únicas pessoas que estão conosco a vida inteira somos nós mesmos. Mostre estar VIVO enquanto estiver vivo.

Cerque-se daquilo que ama, seja família, animais de estimação, coleções, música, plantas, hobbies, seja o que for. Seu lar é seu refúgio.

Cuide da sua saúde: se estiver boa, preserve-a. Se estiver instável, melhore-a. Se estiver além do que Você possa fazer, peça ajuda.

Não 'viaje' às suas culpas. Faça uma viagem ao shopping, até o município mais próximo ou a um país no exterior, mas NÃO para onde você tiver enterrado as suas culpas.

Diga às pessoas a quem Você ama que Você as ama, a cada oportunidade.

E LEMBRE-SE SEMPRE:
A vida não é medida pela quantidade de vezes que respiramos, mas pelos momentos que nos tiram a respiração.

AUTOR: George Carlin

O que é Deus para mim

Porque Deus é amor, Ele me ama tal como sou e se interessa por mim com ternura e fidelidade.

Porque Deus é soberano, Seus planos para comigo, que sou Seu filho, planos estes perfeitos desde todo ponto de vista, cumprir-se-ão.

Porque Deus é justo, Ele me visitou com a justiça de Seu Filho e não me imputará mais meus pecados.

Porque Deus é imutável, Seu amor e Sua benevolência para comigo são exercidos continuamente.

Porque Deus é santo, fez tudo para me purificar e me disciplina para que participe de Sua santidade.

Porque Deus é luz, ilumina meu caminho e minha mente renovada, mas também os mais obscuros cantos de minha vida, para harmonizá-los com o que Ele é. Porque Ele é o Deus vivo, fonte da vida, Jesus Cristo, Seu Filho, pôde declarar: “Porque eu vivo, e vós vivereis” (João 14:19)

Porque Deus é onisciente, sabe o que está em meu coração e conhece minhas necessidades.

Porque Deus é onipotente, protege-me em toda e qualquer circunstância.

Porque Deus é onipresente, está exatamente onde estou para me dizer: “Tenha ânimo, aqui estou e te compreendo”.

Porque Deus é cheio de graça, dá sem exigir e se regozija ao me ver apreciar Suas bênçãos.

As virtudes humanas


A estrutura da personalidade compreende, entre outros elementos psicológicos, um conjunto de virtudes que tornam o indivíduo mais elevado, íntegro, humanitário. Uma virtude representa retidão moral, probidade, excelência moral. As pessoas podem ser avaliadas pela riqueza de suas virtudes.
De forma sucinta, vamos apreciar algumas dessas virtudes. No decorrer da empreitada, poderemos observar que elas quase sempre caminham juntas, raramente apresentam-se isoladas.

Autoconfiança. Esta virtude pode ser conquistada mediante o desenvolvimento de recursos e habilidades que proporcionam competência, segurança e tranqüilidade no decurso da vida. A pessoa autoconfiante é prudente e equilibrada, de tal sorte que procura agir sempre com cautela. Pelo fato de possuir imensa fé em si, ela sabe que pode contar consigo mesma, em situações as mais adversas.

Benevolência. É uma qualidade que dispõe o indivíduo a praticar o bem, podendo acrescentar generosidade, gentileza e simpatia. Para tanto, é preciso renunciar a sentimentos de hostilidade e egoísmo.

Contentamento. É uma virtude que promove alegria e bem-estar. Proporciona o poder de enfrentar adversidades, sem aflição, com serenidade e jovialidade, porque capacita o ser humano a adaptar-se a tais situações, e a mudar suas atitudes diante delas.

Coragem. Trata-se de uma habilidade ímpar para enfrentar, com serenidade e domínio do medo, os perigos que se apresentam do decurso da vida. Ela proporciona ao indivíduo a aptidão de avaliar uma gama de possibilidades para vencer as adversidades. A coragem inspira o indivíduo a agir com perseverança e determinação em face de todas as situações e circunstâncias.

Desapego. É uma virtude que capacita o indivíduo a ver os fatos e situações com imparcialidade, com isenção de ânimo. A pessoa que consegue desapegar-se de suas próprias idéias e opiniões, livre de preconceitos, é capaz de agir com justiça. O desapego em relação a pessoas, bens materiais e imateriais, é outra faceta desta valiosa virtude, que possibilita uma vida mais rica e feliz.

Despreocupação. Ser despreocupado denota serenidade, confiança, paz. Significa viver a cada momento, com intensidade e prazer, permitindo ao amanhã cuidar de seus próprios interesses. No entanto, despreocupação não quer dizer descuido, imprudência, imprevidência. Muito pelo contrário, pois esta virtude inspira o indivíduo a tornar-se responsável e cuidadoso com a administração de tudo que lhe compete.

Determinação. Firmeza e perseverança são duas aliadas desta virtude. Ela permite ao indivíduo progredir, a ter sucesso em todos os seus empreendimentos, pois não tolera preguiça, desalento, falta de ânimo. Não importam as circunstâncias ou obstáculos, a presença desta virtude capacita o ser humano a concluir sempre todas as tarefas a que se programou. Determinação é uma virtude necessária para assimilar as demais virtudes e para livrar-se de todas as negatividades.
Disciplina. É ordem, organização, aceitação de preceitos e normas. O próprio Universo é obediente a uma ordem implacável, caso contrário não poderia existir. Para assimilar e manter esta virtude, o indivíduo precisa corrigir, moldar e aperfeiçoar seu caráter. Para tanto, não poderá prescindir do concurso de outras virtudes, como paciência, tolerância e perseverança. Terá também que abominar hábitos nocivos, como rebeldia e inconformidade. Na ausência da disciplina, a vida torna-se impossível.

Docilidade. Consiste em uma força magnética que atrai a todos. A vida torna-se mais encantadora quando as pessoas agem com docilidade, bom humor e gentileza.

Empatia. Significa colocar-se no lugar do outro, em sua própria pele. Ver as coisas sob sua perspectiva. Compreender seus motivos. E, então, poder aconselhar com acerto e coerência. Entusiasmo. É a chama que provoca ação. É vida em movimento. É motivação. É o fogo interior que proporciona prazer e vitalidade para executar até o fim os planos traçados. Graças ao entusiasmo, o mundo inteiro está em constante progresso.

Estabilidade. Significa coerência, responsabilidade, constância. Esta virtude não admite rigidez, mas requer flexibilidade e adaptabilidade. Assim, a confiança é desenvolvida e a convivência humana torna-se harmônica e duradoura.

Flexibilidade. Esta virtude permite constante adaptação às pessoas e circunstâncias. Ela promove a harmonia nos relacionamentos e proporciona condições para a necessária moldagem às permanentes mutações da vida. Tal como o salgueiro, podemos nos curvar, pela força do vento, e, ao mesmo tempo, permanecer firmemente enraizados.

Generosidade. Significa desprendimento, liberalidade, altruísmo. A pessoa dotada desta virtude aprecia verdadeiramente os outros, e presta a ajuda necessária sem esperar nada em troca. Ela também promove o fortalecimento das relações, a paz no contexto social.

Honestidade. Este dom suscita a necessária confiança entre as pessoas. Em todos os atos da vida, a citada qualidade deve estar sempre presente. Por outro lado, sua carência provoca as mais nefastas conseqüências.

Humildade. Mesmo sendo possuidor de múltiplas virtudes, o indivíduo pode ainda abarcar mais uma, a humildade. Significa modéstia, compostura, ausência de vaidade. Simplicidade na maneira de se apresentar. Comedimento na forma de referir-se a si próprio. A pessoa pode conhecer sua força e poder, e apesar disso, não precisa jactar-se perante os outros.

Introspecção. É a pedra fundamental de todas as virtudes. Graças a ela, o ser humano torna-se capaz de avaliar e transformar sua personalidade. Mergulhar no interior de si mesmo é uma condição necessária para o auto-aperfeiçoamento. Esta virtude desperta os poderes pessoais e harmoniza todo o ser.

Jovialidade. O dom de ser alegre, bem-humorado, de rir e fazer rir, é uma qualidade indispensável para a existência da harmonia nos relacionamentos. Proporciona bem-estar e leveza de espírito. Irradia simpatia, conquista a amizade, desenvolve o ânimo.

Longanimidade. Significa complacência, indulgência, benignidade, tolerância. Proporciona o desenvolvimento de uma natural disposição de ânimo para suportar, com serenidade e resignação, insultos, vexames, ofensas e contrariedades.

Maturidade. Esta virtude confere a habilidade de agir com coerência e acerto em todas as circunstâncias. Ela proporciona o desenvolvimento de outra fenomenal virtude, a sabedoria. Misericórdia. É uma qualidade ímpar nos relacionamentos humanos. Esta virtude confere às pessoas o dom de perdoar as faltas dos outros, de compreender suas fraquezas, pois carrega em si a tolerância e a compaixão.

Paciência. Ser paciente significa ser calmo, sereno e equilibrado. Denota controle sobre desejos e emoções. Afasta o desespero e a aflição. Possibilita pensamentos e julgamentos imparciais e objetivos.

Precisão. Esta qualidade proporciona clareza e perfeita definição. Na presença de exatidão, os pensamentos, palavras e ações serão apropriadas a cada circunstância. A virtude em questão possibilita a habilidade de fazer as coisas de forma correta. Graças ao autocontrole, paciência, serenidade, conhecimento de causa, este dom pode prosperar, trazendo benefícios incalculáveis ao progresso e bem-estar.

Pureza. Significa ausência de vícios de toda ordem. Presença de uma mente sã, plena de amor e justiça, isenta de máculas, livre de preconceitos e superstições.

Sabedoria. A conquista da maturidade proporciona o surgimento da sabedoria. Esta virtude confere o poder de controlar impulsos e reações, ter uma visão de águia, reconhecer a verdadeira intuição, ser previdente. A pessoa que conquistou o poder da sabedoria é capaz de agir de forma correta, em todas as circunstâncias, com base em conhecimentos vastos, em sua longa experiência, na própria realidade. Pode-se observar o perfeito equilíbrio de todos os poderes e talentos quando a sabedoria está presente.

Do livro do autor "A Arte de Viver"

sábado, 14 de novembro de 2009

Viaje através da internet

Espere todas as bandeiras abrirem, e quase todos os Países do mundo estarão à sua frente, e você poderá se distrair durante horas seguidas. Basta clicar no País de sua preferência, e aí aparecerá o mapa deste país, com luzes que piscam. Clique numa destas luzes e em seguida vem o lugar desejado com várias fotos. Clique no endereço abaixo, e Boa Viagem!

http://www.alovelyworld.com/index2.html

sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Encerramento das aulas de educação física do Colégio Dom Bosco

Copa Dom Bosco de voleibol - Ensino Fundamental

Alunos participantes

Festival de Saques Masculino

Saque de Ouro - Ricardo Gois de Lima - 8º Ano B - 121 pontos
Saque de Prata - Tássio Cunha da Costa - 8º Ano B - 99 pontos
Saque de Bronze - Vitor Almeida Fontes - 9º Ano A - 94 pontos

Festival de Saques Feminino

Saque de Ouro - Pollyana Oliveira de Jesus - 8º Ano B - 105 pontos
Saque de Prata - Yanne Karoline Gois - 6º Ano B - 97 pontos
Saque de Bronze - Ana Carolina Amorim Oliveira - 6º Ano B - 93 pontos


Torneio Dom Bosco de Voleibol - Ensino Médio

Alunos participantes

Torneio Dom Bosco de Handebol

Alunos participantes

Boas Férias!

Professor José Costa

25 dicas para melhorar sua alimentação

Ninguém vai abrir mão do prazer ou aniquilar o cardápio. Aqui você descobre como medidas simples podem adicionar sabor e saúde às refeições sem sacrifício. Aguce os sentidos, acerte nas escolhas e bom apetite!

1. Os especialistas recomendam nove porções de vegetais por dia. Sugestão: 1/2 fruta de manhã (pode ser uma maçã e metade de uma papaia, por exemplo), 1 prato de folhas e legumes na hora do almoço, 1 fruta de sobremesa, 1 fruta no lanche da tarde, legumes no jantar e outra unidade de fruta.

2. Para uma salada nutritiva, misture uma raiz (cenoura, beterraba, rabanete), dois ou três tipos de folha (agrião, rúcula, alface) e um fruto (tomate, pepino). "Assim você ingere vários nutrientes, vitaminas e minerais", ensina a nutricionista Catarina Stocco, de Curitiba.

3. Frutas da estação são mais baratas do que as vendidas fora de época, que costumam amadurecer por processos artificiais.

4. Algas marinhas no prato, metabolismo no ritmo. Ótima fonte de iodo, mineral que ajuda a regular a glândula tiróide - uma das regentes de nosso metabolismo -, as algas também são ricas em ferro, cobre, magnésio, potássio, cálcio e zinco. A maior parte delas (como a nori, usada para fazer sushi) possui beta caroteno e vitaminas do complexo B.

5. A película externa é a parte mais rica dos grãos. Por isso, prefira os integrais. Eles conservam vitaminas, minerais, aminoácidos e proteínas que, nos grãos refinados, são praticamente descartados. Outra dica é olhar o rótulo do pão industrializado: muitas vezes ele é vendido como integral, mas contém apenas 10% de farinha não refinada.

6. Dê preferência a requeijão light, cream cheese light, queijo cottage, queijo-de-minas e ricota em vez de manteiga e margarina. Os primeiros têm menos gordura e são ricos em cálcio - bom para os ossos. A manteiga é rica em gorduras saturadas e colesterol, que prejudicam o sistema cardiovascular. Já a margarina, para ganhar a consistência sólida, incorpora moléculas de hidrogênio às de gordura. Isso transforma a gordura poliinsaturada na chamada gordura trans, ou gordura hidrogenada. Esta aumenta o mau colesterol (LDL) e os triglicérides e diminui as taxas do colesterol bom (HDL). "Se você aprecia margarinas, veja o rótulo e prefira as que têm menos de 40% de gorduras", recomenda a nutricionista Miyoko Nakasato, do Instituto do Coração (Incor), de São Paulo.

7. Dois dentes de alho em sopas e refogados garantem uma boa dose de imunidade. Mesmo cozido, o alho baixa o mau colesterol, protegendo contra doenças do coração, e estimula o sistema imunológico. "Pesquisas recentes concluíram que ele pode matar mais de 60 tipos de fungo e 20 tipos de bactéria", diz Sheldon Saul Hendler, conselheiro nutricional do Comitê Olímpico Americano e autor da Enciclopédia de Vitaminas e Minerais.

8. Para o chá verde, tudo. A bebida, originária do Oriente, é um poderoso néctar contra câncer, perda da memória e problemas cardíacos. Um dos motivos é seu alto teor de antioxidantes, que inibem as alterações celulares causadoras de tumores. Outra substância presente na planta, o tanino, ajuda a baixar o mau colesterol (LDL) e fortalece artérias e veias. Quantidade: quatro xícaras diárias.

9. Tempere a vida. Alho, alecrim e manjericão reforçam o sabor. Além disso, uma pitada aqui e outra ali no fim das contas representa um ganho para a saúde. O alho ajuda no controle do colesterol e da hipertensão, o manjericão é digestivo e o alecrim estimula a circulação sanguínea só para citar alguns efeitos.

10. Misture flocos de aveia em iogurte, salada de fruta e sopa. O cereal contém betaglucana, fibra que ajuda a dissolver a gordura ruim e diminui o risco de problemas circulatórios. A aveia é ainda rica em cálcio, ferro, vitamina E, vitaminas do complexo B e magnésio. Segundo Gudrun Krökel Burkhard, médica antroposófica e autora do livro Novos Caminhos de Alimentação (ed. CLR Balieiro), o magnésio tem ação antidepressiva e aumenta a disposição física. Três colheres de sopa por dia são uma boa medida.

11. Explore a salsinha. Em saladas, sobre os pratos prontos ou nos sucos, sugere a nutricionista Catarina Stocco. Uma xícara da erva (30 g) tem a mesma quantidade de vitamina C que três colheres de sopa de sumo de limão, uma xícara de agrião ou 1/2 laranja!

12. Alimento para o cérebro? Peixe. As pesquisas confirmam que as espécies de águas frias - como salmão, atum, cavalinha e truta - são ricos em ômega 3, que reduz inflamações, ajuda a limpar as artérias e protege as células cerebrais dos danos causados pelo estresse e envelhecimento. Quer mais? Consumir esses peixes, pelo menos duas vezes por semana, protege o coração e combate a perda de memória, a depressão e a osteoporose.

13. Para o sanduíche: uma pasta de abacate amassado e temperado com sal, limão e cheiro-verde fica uma delícia e substitui com vantagem a maionese. O abacate contém gordura monoinsaturada (saudável para o coração), vitaminas A e B e diversos minerais.

14. Uma colher de sopa de farelo de trigo na refeição principal ou em sucos e sobremesas com frutas estimula o intestino e promove uma verdadeira faxina das toxinas no organismo.

15. Inclua uma laranja em seu cardápio diário. "Graças à vitamina C e aos antioxidantes, ela aumenta as defesas do organismo e evita o envelhecimento precoce", diz a nutricionista Ana Paola Monegaglia, de São Paulo.

16. O azeite se relaciona ao bom colesterol e salva o coração. Mas o melhor é o extra virgem, feito exclusivamente do fruto da oliveira e prensado a frio, o que mantém sua composição química inalterada, além da acidez menor do que 1% - garantia de qualidade.

17. "Salpique na salada sementes de gergelim, germe de trigo, linhaça, sementes de girassol e de abóbora. Estas são ricas em vitaminas, minerais e proteínas", diz Liz Elaine Sowek Santos, de Ponta Grossa, no Paraná, especializada em nutrição esportiva.

18. Nozes são uma ótima fonte de proteínas e vitaminas E (antioxidante) e B (regula o metabolismo). "Apesar de calóricas, contêm gorduras monoinsaturadas, protetoras do coração", diz a nutricionista Miyoko Nakasato. Segundo a Revista Britânica de Medicina, comer nozes durante a semana diminui em até 35% o risco de doenças cardíacas. Já uma castanha-do-pará contém 55 mcg de selênio (o equivalente àsnecessidades diárias de um adulto), um antioxidante fundamental para a saúde do sistema cardiovascular. Também contém magnésio, cálcio e ferro.

19. Um grão sobre o qual ainda vai ouvir falar muito é a quinoa. Conhecida como trigo inca, esse grão cultivado há mais de 4 mil anos pelos andinos é um alimento e tanto. "A quinoa apresenta um alto índice de proteínas, cálcio, fósforo e magnésio", explica a nutricionista Neide Rigo, de São Paulo. Substitui o arroz nas refeições. Característica: estimula o peristaltismo (movimento do intestino).

20. Só dá tempo de fazer um macarrãozinho? Acrescente brócolis. Além de vitaminas, cálcio e ferro, o vegetal ainda contém uma grande quantidade de ácido fólico - que diminui o risco de doenças cardíacas e age como preventivo do câncer - e beta caroteno, que protege os tecidos do envelhecimento precoce e aumenta a imunidade contra doenças",completa a nutricionista Ana Paola Monegaglia, de São Paulo. Uma xícara de brócolis no macarrão proporciona 2,5 g de fibra.

21. A médica Gudrun Kröel Burkhard, no livro Caminhos da Alimentação, recomenda usar panelas de vidro, barro, pedra-sabão, ferro, cobre, porcelana refratária. Se puder, evite os recipientes de alumínio, pois partículas do metal se soltam quando o fundo é raspado. A substância é tóxica e cumulativa no organismo.

22. O iogurte faz as vezes de creme de leite em patês e molhos. Vantagem: tem lactobacilos, responsáveis pelo equilíbrio da flora intestinal.

23. Chocolate melhora o humor. Guarda um aminoácido usado pelo cérebro para produzir serotonina - a substância responsável pela sensação de bem-estar. Até o coração bate feliz por um pouco dessa delícia. Pesquisadores da Universidade da Califórnia concluíram que o alimento contém o flavonóide, substância benéfica para o coração, além de polifenol, antioxidante que impede a formação de placas de gordura nas artérias. O chocolate amargo é uma ótima opção por conter mais cacau e menos gordura.

24. Acrescente cenoura crua e ralada no molho de tomate. A leguminosa turbina os pratos com uma dose de beta caroteno, importante para o coração, o sistema respiratório, a pele e os ossos, recomenda Ana Paola Monegaglia.

25. Pode brindar. Uma ou duas taças de vinho por dia inundam o corpo com antioxidantes e impedem o depósito de gordura nos vasos sanguíneos.

Fonte: Internet

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

Atividades de encerramento das aulas do basquete no Salesiano 2009

O Futuro do Basquete no Salesiano

Alunos do 2º ao 5º Ano do Ensino Fundamental

Torneio Infantil de Basquete

Equipe Campeã: Rafael Gois - 4º B, Breno Caldas - 3º A, Vinicius Menezes - 5º A e Lucas Nery - 5º A

Festival de Arremessos

Mão de Ouro - Carlos Eduardo de Oliveira - 5º A - 42 pontos
Mão de Prata - Marcos Vinicius do Nascimento - 5º A - 40 pontos
Mão de Bronze - Leandro de Souza - 5º A - 36 pontos

Festival de Enterradas

Atletas medalhistas

Festa de Confraternização na Área da Piscina

Boas férias!

Professor José Costa

domingo, 8 de novembro de 2009

O que o hábito de ler pode fazer por você?

1 - Soltar sua imaginação.

2 - Estimular sua criatividade.

3 - Aumentar seu vocabulário.

4 - Facilitar a escrita.

5 - Simplificar a compreensão das coisas.

6 - Melhorar a comunicação com os outros.

7 - Ampliar seu conhecimento geral.

8 - Mostrar semelhanças em pessoas diferentes.

9 - Revelar novas afinidades.

10 - Levar a mares nunca antes navegados.

11-Desenvolver seu repertório.

12 - Emocionar e causar impacto.

13 - Ligar seu senso crítico na tomada.

14 - Mudar a sua vida, e, até, ampliar sua renda.

15 - Melhorar seu desempenho na escola.

Fonte: Internet

Oito maneiras de tratar os outros

1 – Seja honesto e confiável.

2 – Pense antes de falar ou agir.

3 – Ouça o que os outros têm a dizer.

4 – Fique atento aos sentimentos alheios.

5 – Lembre-se de ser cordial.

6 – Ajude sempre que puder.

7 – Seja justo na sua vida.

8 – Divida e compartilhe.

Dez dicas para fazer uma boa redação

1) Na dissertação, não escreva períodos muito longos nem muitos curtos.

2) Na dissertação, não use expressões como “eu acho”, “eu penso” ou “quem sabe”, que mostram dúvidas em seus argumentos.

3) Uma redação “brilhante”, mas que fuja totalmente ao tema proposto será anulada.

4) É importante que, em uma dissertação, sejam apresentados e discutidos fatos, dados e pontos de vista acerca da questão proposta.

5) A postura mais adequada para se dissertar é escrever impessoalmente, ou seja, deve-se evitar a utilização da primeira pessoa do singular.

6) Na narração, uma boa caracterização de personagens não pode levar em consideração apenas aspectos físicos. Elas têm de ser pensadas como representações de pessoas, e por isso sua caracterização é bem mais complexa, devendo levar em conta também aspectos psicológicos de tipos humanos.

7) O texto dissertativo é dirigido a um interlocutor genérico, universal; a carta argumentativa pressupõe um interlocutor específico para quem à argumentação deverá estar orientada.

8) O que se solicita dos alunos é muito mais uma reflexão sobre um determinado tema, apresentada sob forma escrita, do que uma simples redação vista como um episódio circunstancial de escrita.

9) A letra de forma deve ser evitada, pois dificulta a distinção entre maiúsculas e minúsculas. Uma boa grafia e limpeza são fundamentais.

10) Na narração, há a necessidade de caracterizar e desenvolver os seguintes elementos: narrador, personagem, enredo, cenário e tempo.

Fonte: Internet

MAPA DO BRASIL

Quebre a cabeça montando o Mapa do Brasil

Clique aqui: Cambitolândia - Brasil

quinta-feira, 5 de novembro de 2009

Ginástica para o cérebro


Descubra quais são os melhores exercícios para manter a boa forma mental.

Você passou parte da vida ouvindo que atividade física é fundamental para a saúde, certo? Provavelmente nunca ocorreu à maioria de nós que o cérebro igualmente precisa de malhação e, quanto mais envelhecemos, maior atenção deve ser dada às nossas conexões nervosas para ativá-las constantemente e mantê-las azeitadas, funcionando bem e melhorando nossas respostas mentais. Ou seja, muda a localização, mas o mecanismo da chamada "neuróbica", que atua no sistema nervoso central, é o mesmo da aeróbica que bota o corpo em movimento. "Esse termo é usado quando usamos os cinco sentidos por meio de atividades não rotineiras. Este exercício tem o objetivo de manter um nível constante de capacidade mental mesmo com o passar dos anos", explica a psicóloga Paula Teixeira Fernandes, doutora em Neurociências pelo departamento de Neurologia da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).

A ideia, como ela exemplifica, é que possamos utilizar várias informações sensoriais como os gestos e o cheiro de uma pessoa que acabamos de conhecer, além de guardar seu nome ou fisionomia. Assim, o cérebro terá mais elementos para "lembrar" futuramente daquela a pessoa. Esse exemplo pode ser aplicado a qualquer situação do cotidiano. Para lembrar onde ficou o carro no estacionamento, reúna o maior número de informações (número e letra da coluna, a sinalização, elevador ou escada próxima etc.). Os estímulos contribuem para a formação de novas sinapses, a comunicação que ocorre todo o tempo entre os neurônios, as células que constituem nossa matéria cerebral. É a "plasticidade cerebral", que define as mudanças que ocorrem na estrutura ou da função no cérebro frente a um estímulo, seja ela de origem interna ou externa. Assim, a malhação cerebral está no fornecimento de estímulos contínuos, como diz Li Li Min, professor associado de Neurologia da Unicamp e doutor em Neurociências pela Mcgill University, Canadá.

QUANTO MAIS, MELHOR.

Essa dica de usar para expandir é a base das novas teorias expansionistas em matéria de neurônio. "Quanto mais se usa o cérebro, melhor e mais saudável ele se torna", diz a neurocientista Suzana Herculano, do Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Não basta reaprender, reelaborar, raciocinar. O corpinho também participa ativamente do processo, como diz Suzana. "A prática do exercício físico ajuda a regular o mecanismo da resposta ao estresse, o que repercute favoravelmente no hipocampo, região do cérebro responsável pelas memórias novas."
Manter-se lendo, estudando, pensando, brincando e entrando em contato com novidades contribui para permanecer com as funções cerebrais "azeitadas" em todas as idades

O sono adequado é outro fator que contribui para mantermos o cérebro em bom funcionamento - é quando se dorme que a nossa versão de HD, disco de memória cumulativa, sofre uma faxina e se atualiza para novo bombardeio de informações. Também é necessário combater coisas que sabidamente fazem mal ao organismo, como sedentarismo, fumo e colesterol alto, todos fatores de risco para entupimentos e vazamentos nos vasos sanguíneos do cérebro. "Estes 'derrames' ocasionam a morte de células cerebrais e a perda de suas funções, o que gera sequelas", afirma o neurocientista Rogério Panizzutti, professor adjunto do Instituto de Ciências Biomédicas da UFRJ e fellow da Human Frontier Science Program na Universidade da Califórnia, EUA. Ele chama a atenção para se manter o foco em exercícios que aprimorem a capacidade de captarmos as informações sensoriais básicas, como o som e a visão. É como em uma transmissão de dados pela internet: quanto melhor o input, melhor o processamento.
Atividades de lazer são importantes, como o contato com pessoas diferentes daquelas que constituem nosso círculo social. "Quando estimulamos áreas cerebrais relacionadas ao prazer, isso repercute na saúde física e no estado emocional", diz Paula Fernandes. Ela descreve atividades não rotineiras incentivadas pela neuróbica. Por exemplo, tomar banho com os olhos fechados, escovar os dentes com a mão não dominante (se você for destro, escove com a mão esquerda e viceversa), usar estímulos sensoriais (no banho, por exemplo, usar aromas), ler textos em voz alta. E o mais interessante: são atividades que podem ser realizadas a qualquer hora do dia. É só ligar o cérebro para responder ao seu comando e realizá-las.

O GRANDE ACHADO:

o cérebro não estaciona, ou melhor, pode nunca estacionar
No passado, se julgava que manter o hábito de ler, estudar e entrar em contato com novidades ajudava a manter as capacidades mentais por mais tempo. Claro, isso continua valendo, mas a explicação era que manter o cérebro ativo evitaria o seu "envelhecimento". Esta associação tomava por base a hipótese de que após o término do desenvolvimento da estrutura cerebral, ao final da infância, o cérebro não teria mais capacidade de se modificar profundamente. De acordo com o neurocientista Rogério Panizzutti, este conceito começou a ser revisto a partir de 1984, quando o professor Michael Merzenich e seus colegas da Universidade da Califórnia (EUA) mostraram que o cérebro de macacos adultos se modificava profundamente após a amputação de um dedo. Esta descoberta abriu caminho para vários estudos visando entender os mecanismos envolvidos na "plasticidade" do cérebro adulto. "Extensos estudos realizados com animais de experimentação, como os ratos de laboratório, levaram ao desenvolvimento dos primeiros programas de ginástica cerebral.", conta Panizzutti. Nos últimos anos estes programas começaram a ser testados em humanos com efeitos surpreendentes, mas permanecem no plano experimental.

MANEIRAS DE EXERCITAR AOS 30, 40, 50 ANOS E ALÉM.

Não consegue encontrar as suas chaves de novo? Não se dê por vencido. Os especialistas dizem que você pode ampliar instantaneamente as suas chances de lembrar onde coloca as suas chaves - e todo o resto que você continua a esquecer - se começar a tratar o seu cérebro corretamente (não importa a sua idade). Simples mudanças no estilo de vida irão ajudar você a ficar atento à medida que os anos passam.

30 ANOS

Após ter atingido um pico em torno dos 27 anos, a capacidade do cérebro começa a decair já a partir dos 30 anos de idade. Nesse momento devemos começar a investir no futuro, cuidando da saúde por meio da prática de exercícios físicos regulares, do bom sono e da alimentação equilibrada e saudável. Nessa década, geralmente a vida profissional está em ascensão e passa a assumir grande importância em nossos pensamentos. Para cuidarmos do cérebro temos que diminuir o estresse, buscando atividades como meditação, ioga e massagem.

Use fio dental
Um inimigo do cérebro que muita gente ignora é a formação de placa de tártaro nos dentes. "A placa pode causar uma reação imune que ataca artérias, que passam a não mais poder entregar nutrimentos vitais a células cerebrais," diz o médico norteamericano Michael Roizen, co-autor de Você - o manual do proprietário (Editora Campus). Solução? Use o fio dental diariamente. Não consegue lembrar-se? Deixe o fio dental onde você guarda sua maquiagem ou seu barbeador. "Facilitar o trabalho cerebral de achar os objetos só depende de nós mesmos", diz Roizen.

Multitarefa na academia
Assim como malhar pode manter seu corpo em boa forma (à medida que você envelhece), alongar seu cérebro pode igualmente deixá-lo em ótima forma também. Os dois exercícios reunidos são garantia de dupla diversão. Faça palavras cruzadas enquanto se exercita em uma bicicleta ergométrica ou ouça lições de uma língua estrangeira no seu MP3 player enquanto corre na esteira. Os cientistas dizem que trabalhar corpo e mente ao mesmo tempo revitaliza células cerebrais. Não gosta de multitarefas? Faça palavras cruzadas depois dos esportes, quando o seu cérebro está energizado e receptivo.

Vá de peixe
Já se sabe há algum tempo que peixe e células do sistema nervoso central foram feitos um para o outro. E por quê? O DHA, um tipo de ômega 3, ácido gorduroso encontrado em peixes como salmão e truta e em alguns alimentos como o iogurte, é um super poupador da memória. "O DHA reduz a inflamação arterial e melhora o reparo da bainha protetora em volta dos nervos," diz Roizen. O resultado, conforme o médico, é menor perda de memória relacionada com idade, redução do risco para a doença de Alzheimer, menos depressão e até mesmo uma mente mais rápida.

40 ANOS

O declínio das funções cerebrais continua. Pesquisas em curso têm mostrado que poderíamos nos beneficiar da ginástica cerebral já a partir dos 45 anos.
A quantidade e frequência necessárias ainda estão por ser determinadas, segundo Rogério Panizzutti. A estabilização profissional, que muitas vezes ocorre durante esta década, não pode ser acompanhada por estagnação. Devemos procurar novas informações e desafios, realizando cursos e buscando novas atividades, como aprender a pintar ou a tocar um instrumento musical.
A partir dos 40 anos, o declínio das funções cerebrais continua. É preciso funções cerebrais continua. É preciso procurar novas informações e desafios: que tal aprender a pintar ou tocar um instrumento musical?

Brinque novamente
Há uma nova versão do cubo mágico que você amou quando era criança, agora tridimensional e provavelmente bom para cérebros de qualquer idade, porque os torna mais flexíveis para solucionar problemas, diz a neuropsicóloga Karen Spangenberg Postal, presidente da Associação de Psicologia de Massachusetts, EUA. A chave: ao jogar, você está trabalhando sua memória, estratégia e habilidades espaciais, requisitos que atuam em conjunto para melhorar a saúde cerebral.

Apenas faça
Elevar a média de seus batimentos cardíacos três vezes por semana durante 20 minutos, ainda que apenas caminhando, equivale a banhar o seu cérebro em oxigênio, ajudando-o a cultivar novas células. Exercício aeróbico duas a três vezes é tão eficaz quanto qualquer atividade de treinamento cerebral conhecida, diz Sam Wang, professor associado de Neurociência da Universidade Princeton e co-autor de Bem-vindo ao seu cérebro (Editora Pensamento-Cultrix). Se você não tem tempo para a academia durante a semana, tudo bem: pesquisas recentes mostram que exercícios moderados e outros mais vigorosos mesmo uma vez apenas por semana (digamos uma corrida aos sábados) fornecem 30% mais de chance para manter a sua função cognitiva à medida que você envelhece.

Comece a jogar cartas
Se os clubes de livro te chateiam e os jantares festivos o deixam esgotado, então talvez um jogo mais vivo seja justamente o que o doutor recomendou. A combinação de estratégia e memória de alguns jogos desafia o cérebro a aprender a nova informação e exercita células, diz Karen Postal. Facilita, ainda, a socialização, enquanto o jogo de cartas acrescenta um nível da imprevisibilidade que funciona como uma carga para o cérebro - algo que os jogos individuais não oferecem. Os jogos de cartas estão de volta, portanto você pode aprender a jogar em um clube da comunidade ou por meio de um programa de educação de continuada, ou ainda contratar um instrutor particular.

50 ANOS

Para manter as funções cerebrais, a ginástica mental deve ser utilizada, talvez com maior frequência. Continuar se expondo a situações e informações novas é fundamental para manter o fascínio em relação à vida. A atenção à saúde geral se intensifica com um aumento da frequência de exames preventivos. Devemos manter a atenção aos cuidados gerais com a saúde do corpo, incluindo exercícios físicos regulares e alimentação saudável. Potenciais problemas de saúde devem ser combatidos com medidas preventivas específicas, instrui o neurocientista Rogério Panizzutti.

Pauzinhos para comer
"Os estudos mostram que ativar as células nervosas concentradas nas pontas do dedo leva estímulo diretamente para o cérebro," diz Maoshing Ni, autor de Segunda primavera: centenas de segredos naturais para revitalizar e regenerar mulheres de qualquer idade (ainda sem tradução para o português). A verdade é que qualquer atividade que use a ponta dos dedos - manuseio dos pauzinhos ou até mesmo a rotação de uma caneta ou lápis entre os dedos - também ajuda o seu cérebro, por promover o estímulo à maior circulação sanguínea. E uma boa circulação elimina resíduos inúteis que podem impedir que nutrientes cheguem ao seu cérebro.

Jogue jogos eletrônicos
Não, você não é demasiado velho para um Wii ou para um dos novos jogos de exercício cerebral portáteis.
E pode ser bom porque até mesmo a simples tentativa significa algo de novo para o seu cérebro, diz a neuropsicóloga Reon Baird, do Long Beach Memorial Medical Center. "Quando este algo novo é um jogo em vídeo, você estimulará partes diferentes do cérebro que não usa normalmente no cotidiano," ela diz. Tente o Desafio Cerebral do Wii ou Idade Cerebral do Nintendo DS. Se isto é também é muito high tech para você, jogue Bingo ou outro formato de jogo, sugere Reon.

Cuidado com remédios
Se você sente dores sempre que se exercita ou nunca dorme bem devido a suores noturnos, há uma pílula para este caso. Mas tenha cuidado: vários estudos já detectaram o risco de haver prejuízo cognitivo, como confusão mental e falta de clareza nas ideias, em pessoas que fazem uso regular de remédios para dormir, especialmente quando se automedicam. Alguns itens desta classe de medicamentos têm efeito anticolinérgico, que bloqueia a comunicação entre os neurônios. Fale com seu médico sobre outras opções como relaxamento ou terapia cognitiva para problemas de sono.

60 ANOS

A ciência já comprovou que a prática de ginástica cerebral adequada a partir desta idade pode oferecer benefícios importantes para a função cerebral e a qualidade de vida da pessoa. Pode contribuir, por exemplo, para que a pessoa continue dirigindo seu carro com segurança e se comunicando bem com seus familiares. Manter-se lendo, estudando, pensando, entrando em contato com novidades também contribui para permanecer com as funções cerebrais nessa idade. Os cuidados com a saúde mental devem ser intensificados. "Devemos ficar atentos para identificar e tratar principalmente a depressão, frequente nesta época da vida. É fundamental mantermos a alegria de viver", propõe Rogério Panizzutti.

É interessante que as pessoas melhorem suas capacidades cognitivas com estímulos "mentais", como palavras-cruzadas ou sudoku. Este tipo de atividade ajuda a manter a memória, auxiliando o processamento de informações, como diz a doutora em Neurociências pela Unicamp, Paula Fernandes.
E, apesar do muito que já foi dito a esse respeito, nunca é demais reforçar que pessoas com mais de 60 anos de idade que praticam exercícios físicos melhoram as capacidades mentais. A vida social também pode fazer a diferença. "Quem se relaciona com outras pessoas e situações tende a usar mais a orientação espacial (localização dos lugares - ir de um ponto para outro)", diz o neurologista Li Li Min. O cérebro, afinal, não gosta de ficar quieto.

Fonte: Revista vivasaúde

25 exames que seu médico deveria pedir


Além do check-up anual existem outros testes que devem ser feitos por cada tipo de pessoa. Vejam quais deles são necessários a você. É comum sair de uma consulta médica com uma lista de exames laboratoriais a fazer: hemograma completo, urina, ultrassom, raio X. Mas você sabia que existe uma série de outros testes que são fundamentais para a manutenção da sua saúde? De acordo com a idade de cada paciente, há uma gama de diferentes exames, incluindo alguns que não fazem parte do check-up anual.

Mas antes de voltar correndo para o consultório solicitando uma nova bateria de testes, você precisa saber que eles são apenas a primeira fase do diagnóstico. "A consulta médica inicia-se com uma cuidadosa investigação clínica, que consiste em uma conversa minuciosa, seguida por um bom exame físico, no qual é possível definir possíveis anormalidades que irão guiar a solicitação de testes laboratoriais", explica o cardiologista Hélio Castello, coordenador do Centro de Hemodinâmica e Intervenções Cardiovasculares do Hospital Bandeirantes, em São Paulo.

Para Ana Cristina Camarozano, cardiologista do Hospital de Medicina e Cirurgia do Paraná, os exames de rotina e as recomendações de acordo com a faixa etária do paciente devem ser estabelecidos primariamente. "A necessidade de exames complementares deve ser avaliada pelo médico, de acordo com o risco que aquele paciente apresenta, seja pela apresentação de um sintoma, pela história familiar ou seus hábitos e costumes".

Então, afinal, qual é à hora certa de ir além do check-up? Para saber a resposta, VivaSaúde consultou um time de especialistas em busca dos 25 exames mais importantes em todas as etapas da vida, tanto para homens quanto para mulheres. Dos testes feitos em recém-nascidos até exames essenciais da terceira idade, saiba quando e porque fazer cada um deles.

EXAMES PARA BEBÊS

1- Teste do pezinho
O que é: O exame identifica erros de metabolismo que podem causar deficiência mental, como fenilcetonúria e hipotireoidismo congênito, além de anemia falciforme, que causa a destruição crônica das hemácias (células vermelhas do sangue).
Quando realizá-lo: Entre o terceiro e o sétimo dia de vida do bebê.
Como é feito: A partir de gotas de sangue colhidas do calcanhar do recémnascido. Não provoca dor à criança.
Rede pública X particular: Toda criança brasileira tem direito ao teste, gratuito. Existe uma versão ampliada que permite identificar mais de 30 doenças, mas não está disponível na rede pública. Preço: Gratuito.

2- Teste do olhinho (ou teste do reflexo vermelho)
O que é: Reconhece doenças como retinoblastoma, o tumor maligno ocular mais frequente em crianças; catarata, que compromete seriamente a visão; e glaucoma congênito, que pode levar à cegueira.
Quando realizá-lo: Nas primeiras 48 horas de vida do bebê.
Como é feito: É um exame ocular realizado em recém-nascidos com oftalmoscópio direto.
Rede pública X particular: O teste do reflexo vermelho é obrigatório em todas as maternidades e estabelecimentos hospitalares do país. Preço: Gratuito.

3- Teste da orelhinha
O que é: O objetivo principal é a identificação precoce da deficiência auditiva, já que ouvir bem é fundamental para o desenvolvimento da fala e da linguagem da criança.
Quando realizá-lo: Nos três primeiros meses de vida.
Como é feito: O exame demora entre três e cinco minutos e é realizado por um fonoaudiólogo, com um pequeno fone na parte externa da orelha.
Rede pública X particular: É obrigatório em todos os bebês nascidos em hospitais e maternidades do país. Preço: Gratuito.

EXAMES PARA CRIANÇAS

4- Exame oftalmológico
O que é: Serve para corrigir problemas comuns de grau, como miopia, hipermetropia e astigmatismo.
Quando realizá-lo: Por volta dos três anos de idade, quando a criança consegue fornecer informações sobre seu aparelho visual, devendo ser repetido anualmente.
Como é feito: No próprio consultório, o médico mede a acuidade visual, avalia a musculatura ocular extrínseca e faz a biomicroscopia e o mapeamento de retina.
Rede pública X particular: É feito em ambas, porém, o custo deve ser consultado na sua cidade. Preço: Varia de acordo com o preço da consulta médica.

5- Radiografia panorâmica de toda a Coluna vertebral
O que é: Este exame é capaz de identificar escoliose e outras malformações de coluna que podem ser corrigidas na infância, quando as placas de crescimento ósseo ainda não fecharam.
Quando realizá-lo: Uma vez por ano, para verificar se não há alterações na formação da coluna da criança. Como é feito: Faz-se um raio X de toda a coluna vertebral.
Rede pública X particular: É feito em ambas. Preço: entre R$ 50 e R$ 450.

6- Hemograma Completo Com Contagem de plaquetas
O que é: Analisa as células presentes no sangue, tanto da série vermelha quanto da série branca, e visa a detectar anemia, baixa imunidade, infecções bacterianas ou viróticas, infestações parasitárias, alergia e leucemia, entre outras doenças.
Quando realizá-lo: Pelo menos uma vez por ano.
Como é feito: Por meio de coleta de amostragens de sangue e análise laboratorial.
Rede pública X particular: É feito em ambas. Preço: entre R$ 15 e R$ 60

7- Eletroforese de lipoproteínas
O que é: Mede os níveis de colesterol e triglicérides, permitindo que a criança controle doenças cardiovasculares, diabetes, obesidade, hipertensão arterial e doenças renais precocemente. Quando realizá-lo: Pelo menos uma vez ao ano. Em caso de obesidade, hipertensão e dislipidemia, a cada seis meses.
Como é feito: É preciso jejum de 12 horas antes da punção venosa, evitando exercícios físicos e dieta fora do habitual até três dias antes do exame.
Rede pública X particular: É realizado somente na rede particular. Preço: entre R$ 10 e R$ 150.

EXAMES PARA ADOLESCENTES

8- Eletrocardiograma (ECG)
O que é: um exame simples e complementar para toda avaliação cardiológica, capaz de detectar alterações cardíacas, se a sequência de batimentos é normal e, assim, diagnosticar o infarto agudo do miocárdio precocemente.
Quando realizá-lo: Durante consultas de rotinas, anualmente, ou em caso de dores no peito, em até 10 minutos após a chegada no pronto-socorro.
Como é feito: Com a pessoa em repouso, são colocados 12 eletrodos nas pernas, braços e tórax, que captam a atividade elétrica do coração.
Rede pública X particular: É feito em ambas. Preço: entre R$ 20 e R$ 380.

9- Prova de função pulmonar
O que é: Também conhecido como espirometria, mede o fluxo e o volume do pulmão, para identificar problemas nesse órgão.
Quando realizá-lo: Uma vez por ano, ou quando o seu médico achar necessário.
Como é feito: O paciente assopra bem forte no aparelho com os lábios no bocal e o nariz tampado.
Rede pública X particular: É feito em ambas. Preço: entre R$ 80 e R$ 345.

10 - Colposcopia
O que é: É o único exame que permite descobrir HPV e câncer do colo do útero em fase inicial. Quando realizá-lo: Recomendado para mulheres com vida sexualmente ativa que tem um resultado anormal do exame de Papanicolau, alteração de exame ginecológico ou suspeita de HPV.
Como é feito: Após colocar o espéculo vaginal, o médico examina o colo do útero com o colposcópio, que aumenta de 10 a 40 vezes o tamanho normal.
Rede pública X particular: É feito em ambas. Preço: entre R$ 90 e R$ 250.

11- Papanicolau
O que é: Para detectar o vírus HPV e outras doenças que podem ocorrer no colo do útero, Quando realizá-lo: Pelo menos uma vez ao ano em mulheres com†como o câncer. vida sexualmente ativa.
Como é feito: Introduz-se um instrumento chamado† espéculo pelo canal vaginal para recolher células da parte final do útero para exame microscópico.
Rede pública X particular: É feito em ambas.†Preço:† entre R$ 20 e R$ 155.

12 - Ultrassonografia pélvica
O que é: Esse exame é usado para detectar doenças na região (útero, trompas, artérias e veias), além de localizar tumores e crescimentos anormais dos ovários.
Quando realizá-lo: Normalmente, o médico irá solicitar o exame para identificar causas de sangramentos anormais.
Como é feito: O paciente deve ingerir cerca de seis copos de água duas horas antes do procedimento para que a bexiga esteja cheia para o exame, tornando as imagens muito mais claras.
Rede pública X particular: É feito em ambas. Preço: entre R$ 50 e R$ 360.

EXAMES PARA ADULTOS

13 - Eletroencefalograma (EEG )
O que é: O objetivo é obter registro da atividade elétrica cerebral.
Quando realizá-lo: Em pacientes com suspeita de epilepsia e outras doenças neurológicas ou infecciosas.
Como é feito: Colocam-se eletrodos no couro cabeludo.
Rede pública X particular: É feito em ambas. Preço: entre R$ 60 e R$ 400.

14 - Ultrassonografia de abdome total
O que é: Utilizado para avaliação e diagnóstico de alterações no fígado, vesícula biliar, rins, pâncreas, bexiga, grandes vasos, e, eventualmente, desce do trato gastrointestinal.
Quando realizá-lo: Uma vez por ano, mas caso o paciente apresente alguma alteração, o médico pode solicitar acompanhamento.
Como é feito: O paciente deve ingerir quatro copos de água até duas horas antes do exame, para que as imagens fiquem mais claras.
Rede pública X particular: É feito em ambas. Preço: entre R$ 100 e R$ 700.

15 - Teste ergoespirométrico
O que é: Uma avaliação dinâmica do coração que busca sinais de arritmias desencadeadas durante o esforço físico, no intuito de detectar doença coronariana e risco de infarto.
Quando realizá-lo: Anualmente, em indivíduos com mais de 35 anos de idade como avaliação de risco para infarto, ou em atletas, semestralmente.
Como é feito: Em uma esteira elétrica, o paciente usa uma máscara com analisador de oxigênio e sensor que detecta as variáveis ventilatórias.
Rede pública X particular: É feito em ambas. Preço: entre R$ 180 e R$ 400.

16 - Tipagem sanguínea ABO -Rh
O que é: É feito para checar a compatibilidade sanguínea entre um casal. Se a mãe possui sangue tipo Rh negativo e o pai é Rh positivo, por exemplo, existe a possibilidade de a criança ser Rh positiva e a mãe, por ser Rh negativo, pode produzir anticorpos contra o feto e causar doença hemolítica.
Quando realizá-lo: Pode ser feito em qualquer fase da vida, mas deve ser obrigatório em casais que planejam ter filhos, como parte do pré-natal.
Como é feito: Por meio do exame de sangue. Rede pública X particular: É feito em ambas. Preço: entre R$ 10 e R$ 100.

17 - Exames de dosagem hormonal
O que é: Capaz de detectar problemas como distúrbios menstruais ou da tireoide com exatidão. Quando realizá-lo: No mínimo uma vez ao ano.
Como é feito: Trata-se de um exame de sangue em que se medem os níveis de hormônios como FSH, LH, prolactina, estrógenos, progesterona plasmática, T3, T4, TSH e testosterona.
Rede pública X particular: É feito em ambas. Preço: R$ 80, em média, de acordo com o tipo de exame.

18- Mamografia
O que é: o método mais eficaz para a detecção de câncer de mama.
Quando realizá-lo: Anualmente, após os 40 anos de idade. Como é feito: A mama é posicionada no aparelho de raio X, e então comprimida vertical e horizontalmente.
Rede pública X particular: Feito em ambas.

19 - DHEA plasmático
O que é: O exame DHEA (dehidroepiandrosterona) é usado para avaliar a função das glândulas adrenais como parte do planejamento de fertilidade, em crianças com puberdade precoce ou para rastreamento de doenças genéticas.
Quando realizá-lo: Quando houver suspeita de estresse acentuado, ou investigação de necessidade de reposição hormonal masculina a partir dos 40 anos.
Como é feito: Por meio de exame de sangue, mas antes é preciso ficar oito horas em jejum completo.
Rede pública X particular: É feito em ambas. Preço: entre R$ 35 e R$ 100

20 - Sangue oculto nas fezes
O que é: Verifica a necessidade de realização da colonoscopia, em casos de suspeita de câncer de intestino. Quando realizá-lo: A partir dos 50 anos de idade, anualmente.
Como é feito: Por meio de exame de fezes.
Rede pública X particular: É feito em ambas. Preço: entre R$ 20 e R$ 70.

21 - Ecocardiograma com Doppler
O que é: Serve para avaliar a estrutura anatômica do coração e confirmar ou descartar alterações nas válvulas cardíacas, que, nos idosos, geralmente provêm de doenças degenerativas. Quando realizá-lo: Em qualquer idade e sempre que houver maior chance da pessoa possuir alterações anatômicas e funcionais. Por exemplo, crianças com suspeita de doenças cardíacas congênitas e adultos com possibilidade de doenças do coração.
Como é feito: Por meio de ultrassom, obtêm-se várias imagens do coração em cores, que são registradas em papel posteriormente.
Rede pública X particular: É feito em ambas. Preço: entre R$ 120 e R$ 150.

22- Dosagem de vitamina B12 e de acido fólico
O que é: A falta de vitamina B12 no organismo pode causar anemia e alterações neurológicas progressivas, se não houver tratamento. A interação dessa vitamina com o ácido fólico é essencial para a proliferação dos glóbulos do sangue, por isso este exame medirá os níveis dessas duas substâncias no organismo.
Quando realizá-lo: Em pacientes com queixa de memória, principalmente a partir dos 65 anos de idade.
Como é feito: Por meio de exame de sangue.
Rede pública X particular: Atualmente, é feito somente na rede particular. Preço: entre R$ 30 e R$ 80 (cada exame, separadamente).

23 - Dosagem de vitamina D
O que é: Além do tradicional impacto negativo na massa óssea, os níveis baixos de vitamina D estão relacionados a um maior risco de diabetes tipo 2, aumento dos níveis de colesterol e até mesmo infarto agudo do miocárdio e acidente vascular cerebral (AVC).
Quando realizá-lo: Anualmente, a partir dos 40 anos de idade.
Como é feito: Por meio de exame de sangue.
Rede pública X particular: Atualmente, é feito somente na rede particular. Preço: entre R$ 60 e R$ 150.

24 - Radiografia simples da coluna lombar
O que é: teste para descartar metástases ósseas de neoplasias de mama, próstata ou pulmão. Quando realizá-lo: Em pacientes com queixas de dores.
Como é feito: raio X da coluna.
Rede pública X particular: É feito em ambas. Preço: entre R$ 50 e R$ 260.

25 - Densitometria óssea
O que é: O melhor método para medir a densidade óssea e, assim, diagnosticar a osteoporose e outras doenças que atacam os ossos.
Quando realizá-lo: A partir dos 30 anos de idade, o ginecologista deve monitorar a perda óssea da mulher anualmente. Os homens também podem fazer o exame a partir dos 40 anos.
Como é feito: Por meio de um aparelho que mede a massa óssea de determinados ossos do corpo, verificando a quantidade de perda óssea e determinando o risco de fraturas.
Rede pública x particular: É feito em ambas. Preço: entre R$ 100 e R$ 300.

Fonte: Revista vivasaúde

segunda-feira, 2 de novembro de 2009

As palavras têm poder

A linguagem dirige nossos pensamentos para direções específicas e, de alguma forma, ela nos ajuda a criar a nossa realidade, potencializando ou limitando as nossas possibilidades. A habilidade de usar a linguagem com precisão é essencial para uma boa comunicação.

:: 1-CUIDADO COM A PALAVRA NÃO. A Frase que contém NÃO, para ser compreendida, traz à mente o que está junto com ela. O NÃO existe apenas na linguagem e não na experiência. Por exemplo: pense em 'NÃO'... Não vem nada à mente. Agora, vou lhe pedir não pense na cor vermelha... Eu pedi para você NÃO pensar na cor vermelha e você pensou. Procure falar no positivo, o que você quer e não o que você não quer.

:: 2-CUIDADO COM A PALAVRA MAS, QUE NEGA TUDO QUE VEM ANTES. Por exemplo: 'O Pedro é um rapaz inteligente, esforçado, MAS...'. Substitua o MAS por E, quando indicado.

:: 3- CUIDADO COM A PALAVRA TENTAR, QUE PRESSUPÕE A POSSIBILIDADE DE FALHA.Por exemplo: 'Vou tentar encontrar com você amanhã às 8 horas'. Em outras palavras: Tenho grande chance de não ir, pois vou 'tentar'. Evite TENTAR, FAÇA.

:: 4- CUIDADO COM NÃO POSSO OU NÃO CONSIGO, que dão idéia de incapacidade pessoal. Use NÃO QUERO, NÃO PODIA ou NÃO CONSEGUIA, que pressupõe que vai conseguir, que vai poder.

:: 5- CUIDADO COM AS PALAVRAS DEVO, TENHO QUE OU PRECISO, que pressupõem que algo externo controla a sua vida. Em vez delas use QUERO, DECIDO, VOU.

:: 6- Fale dos problemas ou das descrições negativas de si mesmo, utilizando o verbo no passado. Isto libera o presente. Por exemplo, 'Eu tinha dificuldade em fazer isto...'

:: 7- Fale das mudanças desejadas para o futuro utilizando o tempo presente do verbo. Por exemplo: em vez de dizer 'Vou conseguir', diga 'Estou conseguindo'.

:: 8- Substitua o SE por QUANDO. Por exemplo: em vez de falar 'Se eu conseguir ganhar dinheiro vou viajar', fale 'Quando eu conseguir ganhar dinheiro vou viajar'.

:: 9- Substitua ESPERO por SEI. Por exemplo: em vez de falar 'Eu espero aprender isso', diga 'Eu sei que vou aprender isso'. ESPERAR suscita dúvidas e enfraquece a linguagem.

:: 10- Substitua o CONDICIONAL pelo PRESENTE. Por exemplo: Ao invés de dizer 'Eu gostaria de agradecer à presença de vocês', diga 'Eu agradeço a presença de vocês'. O verbo no presente fica mais forte e concreto.

Fonte: Internet

20 CONSELHOS PARA MELHORAR A QUALIDADE DE VIDA

20 CONSELHOS PARA MELHORAR A QUALIDADE DE VIDA

- Um copo de suco de laranja diariamente para aumentar o ferro e repor a vitamina C. A laranja reduz em 30% o risco de câncer de pulmão.

- Salpicar canela no café (mantém baixo o colesterol e estáveis os níveis de açúcar no sangue).

- Trocar o pãozinho tradicional pelo pão integral que tem quase 4 vezes mais fibra, 3 vezes mais zinco e quase 2 vezes mais ferro que tem o pão branco.

- Mastigar os vegetais por mais tempo. Isto aumenta a quantidade de químicos anticancerígenos liberados no corpo. Mastigar libera sinigrina. E quanto menos se cozinham os vegetais, melhor efeito preventivo tem.

- Adotar a regra dos 80%: servir-se menos 20% da comida que ia ingerir evita transtornos gastrintestinais, prolonga a vida e reduz o risco de diabetes e ataques de coração.

- Fazer refeições coloridas como o arco-íris. Comer uma variedade de vermelho, laranja, amarelo, verde, roxo e branco em frutas e vegetais, cria uma melhor mistura de antioxidantes, vitaminas e minerais.

- Comer pizza. Mas escolha as de massa fininha. O Licopeno, um antioxidante dos tomates pode inibir e ainda reverter o crescimento dos tumores; o tomate é melhor absorvido pelo corpo quando estão em molhos para massas ou para pizza.

- Limpar sua escova de dente e trocá-la regularmente. As escovas podem espalhar gripes e resfriados e outros germes. Assim, é recomendado lavá-las com água quente pelo menos quatro vezes à semana, sobretudo após doenças quando devem ser mantidas separadas de outras escovas.

- Realizar atividades que estimulem a mente e fortaleçam sua memória... Faça alguns testes ou quebra-cabeças, palavras-cruzadas, aprenda um idioma, alguma habilidade nova... Leia um livro e memorize parágrafos.

- Usar fio dental e não mastigar chicletes. Acreditem ou não, uma pesquisa deu como resultado que as pessoas que mastigam chicletes têm mais possibilidade de sofrer de arteriosclerose, pois tem os vasos sanguíneos mais estreitos, o que pode preceder a um ataque do coração. Usar fio dental pode acrescentar seis anos a sua idade biológica porque remove as bactérias que atacam aos dentes e o corpo.

- Rir. Uma boa gargalhada é um 'mini-workout', um pequeno exercício físico: 100 a 200 gargalhadas equivalem a 10 minutos de corrida. Baixa o estresse e acorda células naturais de defesa e os anticorpos.

- Não descascar com antecipação. Os vegetais ou frutas, sempre frescos, devem ser cortados e descascados na hora em que forem consumidos. Isso aumenta os níveis de nutrientes contra o câncer.

- Ligar para seus parentes/pais de vez em quando. Um estudo da Faculdade de Medicina de Harvard concluiu que 91% das pessoas que não mantém um laço afetivo com seus entes queridos, particularmente com a mãe, desenvolvem alta pressão, alcoolismo ou doenças cardíacas.

- Desfrutar de uma xícara de chá. O chá comum contém menos níveis de antioxidantes que o chá verde, e beber só uma xícara diária desta infusão diminui o risco de doenças coronárias. Cientistas israelenses também concluíram que beber chá aumenta a sobrevida depois de ataques ao coração.

- Ter um animal de estimação. As pessoas que não têm animais domésticos sofrem mais de estresse e visitam o médico regularmente, dizem os cientistas da Cambridge University. Os mascotes fazem você sentir se otimista, relaxado e isso baixa a pressão do sangue. Os cães são os melhores, mas até um peixinho dourados pode causar um bom resultado.

- Colocar tomate ou verdura fresca no sanduíche. Uma porção de tomate por dia baixa o risco de doença coronária em 30%, segundo cientistas da Harvard Medical School.

- Reorganizar a geladeira. As verduras em qualquer lugar de sua geladeira perdem substâncias nutritivas, porque a luz artificial do equipamento destrói os flavonóides que combatem o câncer que todo vegetal tem. Por isso é melhor usar á área reservada a ela, aquela caixa bem embaixo.

- Comer como um passarinho. A semente de girassol e as sementes de sésamo nas saladas e cereais são nutrientes e antioxidantes. E comer nozes entre as refeições reduz o risco de diabetes.

- Comer chocolate. Duas barras por semana estendem um ano à vida. O amargo é fonte de ferro, magnésio e potássio.

- Pensar positivamente. Pessoas otimistas podem viver até 12 anos mais que os pessimistas, que ademais pegam gripes e resfriados mais facilmente.

- Ser sociável. Pessoas com fortes laços sociais ou redes de amigos têm vidas mais saudáveis que as pessoas solitárias ou que só têm contato com a família.

- Conhecer a si mesmo. Os verdadeiros crentes são aqueles que priorizam o 'ser' sobre o 'ter', têm 35% de probabilidade de viver mais tempo.

“Escolha a melhor forma de viver e o costume a tornará agradável!” Sêneca

Fonte: Internet