quarta-feira, 30 de junho de 2010

Crianças que passam mais tempo vendo TV têm mais problemas na escola


As crianças pequenas que passam muito tempo em frente à televisão podem enfrentar problemas na escola no futuro, com menores notas em matemática e intimidação por parte dos colegas, segundo estudo canadense publicado na edição de maio da revista Archives of Pediatric and Adolescent Medicine. Além disso, avaliando mais de 2 mil crianças, os pesquisadores observaram que aquelas que passam mais tempo vendo TV aos dois anos são mais gordinhas aos dez e consomem mais refrigerantes e fast food.

Os resultados indicaram que cada hora adicional por semana de televisão em 29 meses corresponderia a uma queda de 7% na atenção na sala de aula, de 6% nas habilidades matemáticas e de 13% nos níveis de exercícios das crianças. E esse tempo extra também foi associado a crianças com 10% mais chances de serem intimidadas pelos colegas e com 5% mais peso, comparadas àquelas que seguem as recomendações da Academia Americana de Pediatria - de nenhuma exposição à TV antes dos dois anos e de menos de duas horas diárias após os dois anos.

“Os resultados apoiam sugestões anteriores de que a exposição precoce à televisão prejudica a atenção”, escreveu a pesquisadora Linda Pagani, líder do estudo. Os especialistas acrescentam, ainda, que crianças que passam mais tempo vendo TV e menos tempo brincando com outras crianças podem perder chances valiosas de aprender habilidades sociais.

Fonte: Revista Boa Saúde - por Leandro Perché

Antes era.......Agora é


Algumas mudanças dos anos 70 para os dias de hoje

Antes era: creme rinse - Agora é: condicionador.
Antes era: obrigado - Agora é: valeu.
Antes era: é complicado - Agora é: é foda.
Antes era: collant - Agora é : body.
Antes era: rouge - Agora é: blush.
Antes era: ancião e coroa - Agora é: Veio.
Antes era:bailinho e discoteca - Agora é:balada.
Antes era:japona - Agora é: jaqueta.
Antes era: nos bastidores - Agora é: making off.
Antes era: cafona - Agora é: brega.
Antes era: programa de entrevistas - Agora é: talk-show.
Antes era:reclame - Agora é: propaganda.
Antes era:calça cocota - Agora é: calça cintura baixa.
Antes era: flertar, paquerar - Agora é: dar mole.
Antes era: oi, olá, como vai? - Agora é: e aê?
Antes era: cópia, imitação - Agora é: genérico.
Antes era: curtir, zoar - Agora é: causar.
Antes era: mamãe posso ir? - Agora é: véiaaaa, fui!!!
Antes era: legal, bacana - Agora é: maneiro, irado.
Antes era: mulher de vida fácil - Agora é: garota de programa.
Antes era: legal o negócio - Agora é: chapado o baguio.
Antes era: pasta de dente - Agora é: creme dental.
Antes era: cansaço - Agora é: estresse.
Antes era: desculpe - Agora é: foi mal.
Antes era: oi, tudo bem? - Agora é: e aê, belê?
Antes era: ficou chateada - Agora é: ficou bolada.
Antes era: médico de senhoras - Agora é: ginéco.
Antes era: super legal - Agora é: irado.
Antes era: primário e ginásio - Agora é: ensino fundamental.
Antes era: preste atenção - Agora é: se liga na bagaça.
Antes era: por favor - Agora é: quebra essa.
Antes era: recreio - Agora é: intervalo.
Antes era: radinho de pilhas - Agora é: ipod.
Antes era: manequim - Agora é: modelo e atriz.
Antes era: retrato - Agora é: foto.
Antes era: jardineira - Agora é: macacão.
Antes era: mentira - Agora é: kaô.
Antes era: saquei - Agora é: tô ligado.
Antes era: entendeu? - Agora é: copiou?
Antes era: gafe - Agora é: mico.
Antes era: fofoca - Agora é: babado.
Antes era: ha ha há - Agora é: uhauhauhauha.
Antes era: fotocópia - Agora é : xérox.
Antes era: brilho labial - Agora é: gloss.
Antes era: bola ao cesto - Agora é: basquete.
Antes era: folhinha - Agora é: calendário.
Antes era: empregada doméstica - Agora é: secretária do lar.
Antes era: faxineira - Agora é: diarista.
Antes era: vou verificar - Agora é: vou estar verificando.
Antes era: madureza - Agora é: supletivo.
Antes era: vidro fumê - Agora é: insulfilm.
Antes era: posso te ligar? - Agora é: posso te add?
Antes era: tingir uma roupa - Agora é: customizar.
Antes era: dar no pé - Agora é: vazar.
Antes era: embrulho - Agora é: pacote.
Antes era: lycra - Agora é: stretch.
Antes era: tristeza - Agora é: deprê.
Antes era: beque - Agora é: zagueiro.
Antes era: rádio patrulha - Agora é : viatura.
Antes era: atlético - Agora é: sarado.
Antes era: peituda - Agora é: siliconada.
Antes era: professor de ginástica - Agora é: personal trainning.
Antes era : quadro negro - Agora é : lousa.
Antes era: babosa - Agora é: aloe vera.
Antes era - Ave Maria!!! - Agora é – Afffff !
Antes era: caramba - Agora é: caraça.
Antes era: namoro - Agora é: pegação.
Antes era: laquê - Agora é: spray.
Antes era: de montão - Agora é: pracaraio !
Antes: derrame - Agora é: AVC.
Antes era: sua bênção papai - Agora é: "qualé" coroa?
Antes era: você tem certeza? - Agora é: fala sério aê!
Antes era: banha - Agora é : gordura localizada.
Antes era: casa de fundos - Agora é: edícula.
Antes era: bar no fim do expediente - Agora é: happy hour.
Antes era: costureira - Agora é: estilista.
Antes era: negro - Agora é: afro-descendente.
Antes era: professora - Agora é: tia, prof.
Antes era: aquele senhor - Agora é: aquele tiozinho.
Antes era: bela bunda! - Agora é:: que popozão!
Antes era: Amorrrrrrr! - Agora é: Nenhhêêêêê!
Antes era: olha o barulho! - Agora é: ó o auê aí ô!

Autor desconhecido

ENEM: dúvidas de internautas


Dúvidas de internautas sobre o exame

Abaixo, você confere as respostas, cujas informações foram fornecidas pelo MEC (Ministério da Educação) por meio do Inep, autarquia responsável pela elaboração, aplicação e correção do Enem.

COMO POSSO USAR MINHA NOTA PARA ENTRAR NA FACULDADE?
Termino o terceiro ano em 2010 e já fiz minha inscrição do Enem. Posso usar a nota do exame para entrar na faculdade? Como isso é feito?
[Giovanna] [São Paulo, SP]
Giovanna, a nota do Enem 2010 será utilizada por diversas instituições públicas de ensino superior. Em alguns casos, o Enem equivale à prova de vestibular. As vagas costumam ser disponibilizadas pelo Sisu (Sistema de Seleção Unificada). Quem fizer o Enem 2010 poderá concorrer a vagas do Sisu para início da graduação em 2011. As inscrições devem começar apenas depois da realização da prova, em 6 e 7 de novembro. Fique de olho em sites de notícias, como o UOL Educação e UOL Vestibular, e também no endereço oficial do MEC (Ministério da Educação).

POSSO USAR O EXAME PARA "TIRAR O DIPLOMA" DE ENSINO MÉDIO?
Conheço uma pessoa de 52 anos que não concluiu o ensino fundamental. Se ela fizer o Enem e tiver uma nota compatível, terá direito ao certificado do ensino médio?
[Maria das Graças Saraiva] [Araguaína, TO]
Tenho 35 anos parei de estudar na sexta série. Posso fazer o Enem para tirar o certificado do ensino médio, sem ter feito a sétima e a oitava séries?
[Paula] [MG]
O Enem pode ser utilizado para a certificação do ensino médio não importando se ele frequentou a escola regular ou um supletivo. Ou seja, tanto o seu conhecido, Maria das Graças, quanto você, Paulo, podem fazer o Enem para obter esse “diploma”.
Há dois pré-requisitos para isso: ter 18 anos completos na data de realização da primeira prova (6 de novembro) e obter pontuação mínima de 400 em cada uma das quatro áreas de conhecimento do exame e 500 na redação.
Atenção: a certificação só pode ser expedida por secretarias estaduais e institutos federais – a lista das instituições conveniadas estará disponível no site do Enem. O interessado deverá escolher a instituição no ato da inscrição. Com isso, o inscrito permite que o Inep, autarquia do MEC responsável pelo Enem, libere a pontuação no exame para agilizar a certificação. Ainda assim, é preciso procurar a secretaria de educação ou instituto federal para requerer o certificado de conclusão do ensino médio.

SE FIZER A PROVA, POSSO RECEBER O DIPLOMA DE ENSINO MÉDIO?
Gostaria de saber se a pessoa que faz o exame e ainda não tem o ensino médio recebe o diploma.
[Ana Carolina] [São Paulo, SP]
Isso só acontece se o interessado tiver 18 anos completos no dia da primeira prova do exame, dia 6 de novembro, Ana Carolina.

PRECISO PEDIR CERTIFICADO DE CONCLUSÃO SE FIZ O ENSINO MÉDIO EM ESCOLA REGULAR?
Cursei todo meu ensino médio em escola particular, será necessário pedir o certificado de conclusão?
[Valeria] [Umbauba, SE]
Se você obteve nota para concluir o ensino médio, você não precisa se preocupar em pedir o certificado – ele só é necessário para quem não terminou a escola regular ou o supletivo.

A NOTA DO EXAME VALE POR QUANTO TEMPO?
Estou no segundo ano do ensino médio e pretendo prestar o Enem 2010 como treino... Gostaria de saber se eu posso realizá-lo também no ano que vem, podendo, assim, escolher a maior pontuação.
[Juliana] [São Paulo, SP]
Meu filho fez o Enem 2009. Ele pode fazer o Enem 2010 para tentar melhorar a nota? E, se a nota não melhorar, ele pode optar em usar a melhor nota?
[Bete] [Santos, SP]
Fiz o Enem 2009 e gostaria de saber por quanto tempo ele vale.
[Patricia Rossi] [Londrina, PR]
Fiz o Enem 2009, mas não ingressei em nenhuma universidade. Posso usar essa nota para concorrer este ano ou tenho de fazer o Enem 2010?
[Rafael] [Curitiba, PR]
Ainda não há definição por parte do MEC sobre a utilização de um mesmo exame para mais de um processo seletivo do Sisu nem sobre a escolha da “melhor nota”, como questiona Bete. Também ainda não está decidido qual seria o “prazo de validade” da prova. Segundo o Inep, tecnicamente é possível utilizar as notas do Enem 2009 numa seleção para ingresso em 2011 por causa da tecnologia de avaliação utilizada, a TRI (Teoria de Resposta ao Item).
Juliana, o Inep não recomenda fazer o Enem como treino. Segundo o instituto, os treineiros podem conhecer a avaliação utilizando as provas anteriores, disponíveis na internet.

SOU ESTUDANTE DE UNIVERSIDADE PÚBLICA, POSSO FAZER O ENEM 2010?
Já realizei a prova do Enem em 2008 e ingressei numa universidade pública. Minha dúvida é se eu posso realizar o exame para concorrer uma vaga em outra graduação.
[Ygor] [Campinas, SP, Brasil]
Pode, Ygor. O fato de você cursar uma universidade pública não é impedimento para se inscrever ao Enem. No entanto, se você for aprovado em outra instituição pública, terá que optar por um dos dois cursos.

POSSO "GUARDAR" A NOTA DESTE ANO PARA CERTIFICAR O ENSINO MÉDIO EM 2011?
Efetuei a inscrição para minha namorada com a intenção de ela concluir o ensino médio, porém ela está com 17 anos. Se ela fizer este ano o Enem e tiver um bom desempenho, ela pode requerer o certificado em 2011?
[Everton Ribeiro] [Telêmaco Borba, PR]
Não. Para pleitear a certificação, Everton, o interessado precisa ter 18 anos completos na data do exame, ou seja, em 6 de novembro.

POSSO USAR O CPF DE OUTRA PESSOA PARA ME INSCREVER?
Estou no primeiro ano do ensino médio e gostaria de saber se posso me inscrever no Enem com o CPF (Cadastro de Pessoa Física) da minha mãe.
[Camila Lembo] [São Paulo, SP]
Infelizmente, Camila, você não poderá utilizar o CPF da sua mãe. Ao digitar o número do documento no sistema, ele buscará informações do titular na base de dados da Receita Federal. Essa medida impede que a inscrição seja efetuada com o CPF de outra pessoa.

POSSO ME INSCREVER SEM NÚMERO DA IDENTIDADE?
Olá, eu queria saber se tem como eu fazer minha inscrição no Enem sem o número da identidade. Estou no terceiro ano do ensino médio e minha identidade não ficou pronta. Vou perder a prova do Enem? : (
[Amanda] [Costa Rica, MS]
Sem o número do documento de identidade e do CPF não é possível fazer inscrição no Enem, Amanda.

NÃO EXISTE A OPÇÃO DETRAN/DIC COMO ÓRGÃO EXPEDIDOR DA IDENTIDADE; QUE FAZER?
O órgão expedidor do meu RG é o Detran/DIC. Não existe essa opção no sistema. Como lidar com isso?
[Kérita] [Rio das Ostras, RJ]

Não existe a opção Detran como órgão expedidor da carteira de identidade. Que devo colocar?
[Marcela] [Rio de Janeiro, RJ]
Moro em Resende e eu tirei minha identidade pelo Detran. Na inscrição, não existe a opção DIC (Departamento de Indicação Civil). Espero resposta.
[Karen Paiva] [Resende, RJ]
Quando o sistema foi ao ar em 21 de junho, essa opção não existia mesmo. Quando esse problema foi detectado, o Inep disponibilizou a opção “outros” no formulário de inscrição.

LÍNGUA ESTRANGEIRA SERÁ COBRADA NA PROVA?
Gostaria de saber se no Enem deste ano vai cair língua estrangeira? Poderei optar por inglês ou espanhol?
[Flaviana] [Guarujá, SP]
Sim, Flaviana. Na prova de 2010 do Enem haverá cobrança de conhecimentos de língua estrangeira (inglês ou espanhol). O interessado deve fazer a opção no ato da inscrição.

TENHO QUE ESCOLHER A INSTITUIÇÃO NO ATO DA INSCRIÇÃO?
Minha filha vai prestar o Enem 2010, mas, pelas regras, ela terá que optar por uma instituição já logo na inscrição da prova. Posso deixar este campo em branco?
[Valéria] [Santos, SP]
Valéria, se a intenção é utilizar o Enem para certificação do ensino médio, é necessário informar a instituição conveniada para requerer o certificado depois. Isso agiliza o processo.
No entanto, se você se refere à escolha da instituição de ensino superior em que sua filha pretende estudar, isso não é feito durante a inscrição do Enem. É realizado um processo completamente diferente por meio do Sisu.

MORO COM MEUS PAIS, DEVO DECLARAR QUE TENHO CASA PRÓPRIA?
Fiz a inscrição de meu filho para o Enem 2010, mas fiquei confusa ao respondermos o questionário. Moro com ele num quarto e banheiro no fundo da casa de meu pai. Considero meus pais parte da “família”?
[Silvia] [Taubaté, SP]
Segundo o conceito do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), você e seu filho são considerados uma “família”. Portanto, apenas os salários de vocês dois devem ser considerados. E, o imóvel – se é do seu pai – não deve ser comunicada como “casa própria”.
No caso de estudantes menores ou dependentes dos pais, o conceito de família também se aplica. E, neste caso, o inscrito deve somar as rendas da casa e o imóvel em que reside deve ser considerado "próprio" mesmo que esteja no nome do pai ou da mãe.

COMO SABEREI SE O MEU PEDIDO DE ISENÇÃO FOI ACEITO?
Fiz a minha inscrição no Enem 2010. Como faço pra eu saber se foi aprovada a minha declaração de carência?
[José Ilmar Sobrinho da Silva] [Castanhal, PA]
Declarei carência, mas ainda não recebi a confirmação. Estou preocupada.
[Márcia Russine] [Guarulhos, SP]
Não haverá nenhum tipo de mensagem de confirmação ou lista de isentos da taxa. A liberação do pagamento não é feita automaticamente no ato da inscrição porque o Inep verifica a veracidade das informações. Esse procedimento é feito no decorrer do período de inscrição e é por amostragem, ou seja, em um grupo dos candidatos à gratuidade da taxa. Como no imposto de renda, quem “cair na malha fina” sofre punições. No caso do Enem, se o candidato não foi fiel às informações e o Inep descobrir, ele é avisado da auditoria e é eliminado do Enem 2010. Portanto, o prazo final para "cair na malha fina" é o final do período de pagamento da taxa, 12 de julho.

A ISENÇÃO PARA ALUNO DA ESCOLA PÚBLICA É AUTOMÁTICA?
Estudei somente em escola pública. Mas, o sistema acusa que minha inscrição está pendente porque tenho de pagar. Não entendi.
[Sandra] [Santos, SP]
Sandra, a isenção só é automática se você estiver concluindo o ensino médio agora em 2010. Ser aluno da rede pública não é condição automática para isenção.

FIZ APENAS O TERCEIRO ANO EM ESCOLA PÚBLICA, TENHO DIREITO À ISENÇÃO DE TAXA?
Concluirei o supletivo público do ensino médio até julho 2010, mas fiz o primeiro e o segundo anos na rede particular. Conseguirei isenção de taxa?
[Guilherme] [Campinas, SP]
Segundo o edital, a isenção de taxa é conferida “ao aluno concluinte do ensino médio, em qualquer modalidade de ensino, matriculado em escola pública declarada no Censo Escolar da Educação Básica”.

PRECISO APRESENTAR O BOLETO DE PAGAMENTO NO DIA DA PROVA?
Depois que pago o boleto da inscrição o que faço com ele? Tem que ser apresentado no dia da prova?
[Andrei] [Sete Quedas, MS]
Você não precisa apresentar o boleto no dia da prova. Mas, é interessante você guardá-lo até a realização da prova, Andrei.

QUE UNIVERSIDADES VÃO UTILIZAR A NOTA DA PROVA?
Gostaria de saber a lista das faculdades que adotarão o Enem.
[Carolina] [Barueri, SP]
Quais as universidades no Estado do Rio de Janeiro vão aproveitar a nota do Enem?
[Silberto Alves] [Rio de Janeiro, RJ]
Gostaria de saber a lista de universidades que adotarão o Enem.
[Bárbara] [Vila Velha, ES]
Ainda não existe uma lista unificada de quais instituições públicas vão utilizar o Enem. A Sesu (Secretaria de Ensino Superior), vinculada ao MEC recomenda que os vestibulandos procurem informações junto às suas instituições de interesse.
Algumas universidades, como a UFSCar (Universidade Federal de São Carlos), vão adotar o Enem como forma única de ingresso e irão disponibilizar todas as vagas do vestibular 2011 no Sisu (Sistema de Seleção Unificada). Outras, como a UnB (Universidade de Brasília), colocarão no Sisu apenas as vagas ociosas. Existem ainda aquelas, como a UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais), que vão usar a prova do Enem como primeira fase de seus processos seletivos.

A UFSCAR VAI UTILIZAR APENAS O ENEM PARA SELECIONAR SEUS INGRESSANTES DE 2011?
Para a UFSCar (Universidade Federal de São Carlos) vai ser somente o Enem para todos os cursos? Sem provas das chamadas "segunda fase"?
[Emília] [São Paulo]
Isso mesmo, Emília, a UFSCar aderiu ao Sisu como etapa única de seleção. Isso significa que bastará o Enem como prova de vestibular, sem primeira ou segunda fase. A universidade vai disponibilizar todas as suas vagas para 2011 no sistema. Todos os interessados em ingressar nessa instituição devem fazer o Enem 2010.

A FUVEST VAI USAR A NOTA DO EXAME NO VESTIBULAR?
Gostaria de saber se esse ano a nota do Enem será utilizada na contagem da nota da Fuvest.
[Denise] [São Paulo, SP]
Denise, como o edital do vestibular 2011 da Fuvest (Fundação Universitária para o Vestibular) ainda não foi publicado, não há informações definitivas a esse respeito. No vestibular 2010, a nota obtida no Enem poderia chegar a 20% da pontuação da primeira fase. No entanto, não foi possível conciliar o calendário da FUVEST, que seleciona para a USP (Universidade de São Paulo), com a agenda do Enem, que foi alterada com o cancelamento da prova por causa da tentativa de furto da prova.

TENHO DE FAZER A OPÇÃO PELA UNIVERSIDADE NO FINAL DA PROVA?
Gostaria de ver a lista das universidades que utilizam o Enem em seus processos seletivos. Também quero saber se é verdade que no término da prova devo colocar as faculdades que eu quero que a nota do Enem seja aplicada.
[Gustavo Borges Martins Freitas] [São João da Mata, MG]
Gustavo, você não faz opções por cursos de graduação na prova do Enem. As inscrições para vagas em instituições públicas de ensino superior costumam ser realizadas pelo Sisu.

POR QUANTO TEMPO A NOTA DA PROVA VALE PARA O PROUNI?
Por quanto tempo a nota do Enem vale para tentar uma vaga no Prouni?
[Marta] [Curitiba, PR]
Ainda não há definição por parte do MEC a esse respeito, Marta.

Fonte: UOL Educação – por Karina Yamamoto
Qualquer dúvida que não esteja esclarecida nesta postagem, acesse o site UOL-Educação, o site do INEP - www.inep.org.br ou ligue para 0800616161 ( Portal de atendimento do INEP ) e faça os seus questionamentos.

terça-feira, 29 de junho de 2010

Descubra seu talento


Ponha seu talento para circular

Cada um de nós possui uma habilidade que é única. Descobri-la e colocá-la em prática é necessário e requer autoconhecimento.

Ele é associado à ideia de genialidade, embora nem sempre a represente. Está dentro de nós, mas, muitas vezes, não conseguimos reconhecê-lo. Costumamos achar que apenas as realizações grandiosas merecem sua apreciação. Estamos falando do talento, o protagonista desta reportagem. É verdade que cada um de nós é portador de sonhos, paixões e habilidades únicos, e quando permitimos que eles atuem por meio de ações ou de trabalho, sentimos o peito transbordar de felicidade. Sinal de que estamos no caminho certo e de que nossa energia criativa está livre para agir. O problema é que nem sempre sabemos reconhecer esses atributos ou permitir que eles venham à tona. Então, como descobrir o talento que existe na gente?

Derrubando mitos
Antes de tudo é preciso desmistificar o conceito de talento, abandonando a ideia de que ele representa uma qualidade rara ou um privilégio de poucos gênios. Tal habilidade está ao alcance de todos e podemos sentila cada vez que nos permitimos dar vazão à nossa essência. Quem age por essa aptidão torna-se uma pessoa mais criativa, instintiva, confiante além de ter mais saúde, afinal, menor será o estresse. Ao contrário, quem renega o íntimo geralmente age com arrogância, tem dificuldade em compreender as motivações, é confuso e procura não olhar para dentro.

Outro mito a ser derrubado é aquele que diz que o talento sempre tem a ver com dinheiro, fama ou sucesso. Para muitas pessoas, a realização encontra-se nas pequenas coisas da vida. É importante olhar para dentro e entender de que forma nos realizamos, quais são as coisas para as quais temos mais facilidade. “Se formos incapazes de reconhecer o próprio talento, vamos acabar perseguindo os sonhos de outras pessoas”, diz a psicóloga Tânia Casado, da Universidade de São Paulo (USP). Ela criou um diagnóstico de tipo psicológico (DTP), baseado na tipologia desenvolvi- da no início do século 20 pelo psicólogo suíço Carl Gustav Jung (1875-1961)

Infelizmente, a maioria de nós ainda está longe de conhecer o próprio potencial. Muitas vezes, nos rendemos às crenças construídas na infância. Com um agravante: elas quase nunca refletem a realidade, pois foram contorcidas pelos filtros imaturos da meninice, quando acreditávamos em tudo o que os outros nos diziam sobre nós mesmos. Por exemplo: uma criança pode ter talento artístico, mas se essa habilidade não estiver em consonância com os valores da família, ela pode acabar reprimindo sua habilidade inata para desenvolver qualidades em outra direção. Assim como os casos mais comuns de filhos que seguem a profissão sonhada pelos pais apenas para não desagradá-los.

O pior de tudo é que, a partir daí, as crenças funcionam como um software incorporado em nós passamos o resto da vida tentando corres ponder a elas. E aí nos tornamos pessoas infelizes, certas de que não sabemos fazer nada direito, pulamos de emprego em emprego à procura de realização. “Passamos muitas horas trabalhando, por isso, é importante fazer da profissão uma expressão de nossos talentos e vocação”, aconselha Tânia Casado.

Que venha o talento
A saída, então, é investir no autoconhecimento. Quem se conhece bem sabe o que quer e consegue fazer escolhas adequadas, que tragam realização, tanto no trabalho quanto na vida pessoal. “Algumas pessoas têm mais facilidade em profissões que envolvam relacionamentos interpessoais, outras se sentem mais à vontade trabalhando em meio a números e cálculos”, explica a professora da USP. Muitos profissionais de psicologia aplicam testes que ajudam a reconhecer o que nos diferencia dos outros. Isso não quer dizer que só podemos trabalhar naquilo para o qual temos talento. Ao contrário, se nos aplicarmos, podemos aprender a fazer qualquer coisa, mas quando escolhemos uma profissão que permite a expressão dessas habilidades inatas, tudo flui com mais facilidade e competência. Veja no box da página ao lado alguns exercícios que ajudam a se conhecer melhor e a trazer à tona o seu talento.

Talento e valores

Segundo a psicóloga Tânia Casado, da Universidade de São Paulo (USP) e especialista em carreiras, o comportamento humano é basicamente determinado por dois fatores: nossos traços, que são aspectos inatos da personalidade, e nossos valores, que determinam para onde direcionamos esses aspectos. Éticos, estéticos, políticos ou religiosos que sejam, é importante identificar quais são os seus e notar como eles condicionam seus relacionamentos e amizades. “Você precisa se conhecer. Quando você programa um GPS para conduzi-lo a um destino, ele sempre pergunta a origem. Sem saber de onde você vem, sem autoconhecimento, não é possível direcionar metas”, conclui.

Para determinar seus reais valores, pergunte-se:
• Quais dos meus dons significam mais pra mim?
• O que mais amo em mim?
• O que os outros mais amam em mim?
• Amizade, trabalho criativo, paz interior ou gentileza: qual desses itens é mais importante para mim a ponto de eu me sacrificar por ele?

Aprenda a se conhecer
Pegue duas folhas em branco. Em uma delas faça um resumo da história da sua vida (os acontecimentos mais marcantes, o que mais gostou, os seus projetos, realizados ou não). Na outra, responda às perguntas abaixo. É permitido pedir ajuda.

1. Quais as brincadeiras mais originais ou não que você fazia quando pequeno?
2. Qual o lugar, real ou imaginário, que você sente ser só seu?
3. Qual seu maior medo racional ou irracional?
4. Complete a frase: não vivo sem...
5. Você tem sonhos recorrentes? Quais? Se não tiver, anote um sonho que o tenha marcado.
6. Olfato, paladar, audição, tato ou visão: qual o seu sentido mais forte?
7. O que você faz naturalmente bem? O que faz com facilidade? Amizade? Atividades artísticas? Esporte?
8. O que você faz com dificuldade?
9. O que você faz nos momentos em que se sente mais feliz?

Compare agora as duas folhas e veja o quanto a primeira responde às questões da segunda. Você pode se surpreender ao notar que a relação entre as duas pode ser pequena. Sinal de que em algum momento da vida você se afastou do seu eu. Nesse caso, é hora de tentar recuperar o que está descrito na sua biografia. A verdadeira proposta desse exercício é ajudá-lo a se descobrir melhor. Para resumir a importância dessa descoberta, a psicóloga Tânia Casado gosta de citar uma frase de sua tia Sofia: “Quando você não sabe para onde quer ir, nenhum caminho serve”.

Fonte: Revista Natural - Por Ângela Tessecini

Explicar é difícil


- Que você vai ser quando crescer, filho?
- Presidente da República, pai.

- Puxa, filho, que legal. Mas por quê?
- Pra não precisar estudar.

- Não, filho, não é bem assim. Precisa estudar muito.
- Então quero ser vice-presidente.

- Vice, filho? Por quê?
- Pra não precisar estudar. O José de Alencar também só foi até a quinta série primária. Já posso parar.

- Não é assim, filho. Ele trabalhou muito e aprendeu.
- Pai, todo mundo que se dá bem não estudou: o presidente, o vice, a Xuxa, o Kaká, o Zeca Pagodinho...

- É que eles têm um talento...
- Ah, entendi, estudar é para quem não tem talento?

- Não, filho, pelo amor de Deus. Artista é diferente.
- O presidente e o vice não são artistas.

- Não, quer dizer, o presidente, de certo modo, até é.
- Se eu estudar, vou ganhar mais do que o Kaká?

- Menos.
Ah, é? Então quero ir já para a escolinha.

- Você já está numa boa escola, filho.
- Quero ir pra escolinha de futebol.

- Não, filho, você precisa estudar muito. A escola abre caminhos para as pessoas. Pode-se viver dignamente.
- Acho que vou querer ser corrupto.

- Meu Deus, filho, não diga isso nem de brincadeira.
- Na TV disseram que ninguém se dá mal por causa da corrupção e que tudo sempre termina em pizza. Adoro pizza. Quando for corrupto, pedirei só de quatro queijos.

- Ser corrupto é muito feio, meu filho.
- Ué, pai, se é feio assim, por que Brasília está cheia deles e quase todos conseguem ser reeleitos?

- É complicado de explicar, filho. Mas isso vai mudar.
- Quero ser corrupto e praticar nepotismo.

- Cale a boca, filho, de onde tira essas barbaridades?
- É só olhar televisão, pai. O Sarney pratica nepotismo e é presidente do Senado. Ninguém pode mexer com ele.

- Mas você sabe o que é nepotismo, filho?
- Sei. É empregar os parentes da gente.

- E você quer fazer isso?
- Claro. Assim ia acabar com os vagabundos da família.

- Filho, você precisa ter bons valores. Pense numa profissão, numa coisa honesta e que seja respeitada. Não quer ser médico, dentista ou, sei lá, engenheiro?
- Não. De jeito nenhum. To fora, pai!

- Mas por que, filho?
- Eles nunca vão ao Faustão.

- Isso não tem importância, filho. Que tal bombeiro?
- Vou querer ser astronauta ou jornalista.

- Hummm... Jornalista? Por que mesmo, filho?
- Não precisa mais ter diploma pra ser jornalista.

Autor desconhecido

O alpinista


Esta é a história de um alpinista que sempre buscava superar mais e mais desafios.

Ele resolveu depois de muitos anos de preparação escalar o Aconcágua. Mas ele queria a glória somente para ele, e resolveu escalar sozinho sem nenhum companheiro, o que seria natural no caso de uma escalada dessa dificuldade. Começou a subir e foi ficando cada vez mais tarde, e por que não havia se preparado para acampar, resolveu seguir a escalada decidido a atingir o topo. Escureceu, e a noite caiu como um breu nas alturas da montanha, e não era possível mais enxergar uma palmo à frente do nariz, não se via absolutamente nada! Tudo era escuridão. Zero de visibilidade. Não havia Lua e as estrelas estavam coberta pelas nuvens. Subindo por uma "parede" a apenas 100 m. do topo ele escorregou e caiu ... Caia a uma velocidade vertiginosa. Somente conseguia ver as manchas que passavam cada vez mais rápidas na mesma escuridão, e sentia a terrível sensação de ser sugado pela força da gravidade. Ele continuava caindo ... e nesses angustiantes momentos passaram por sua mente todos os momentos felizes e tristes que já havia vivido em sua vida. De repente ele sentiu um puxão forte, que quase o partiu pela metade. Shack!...Como todo alpinista experimentado, havia cravado estacas de segurança com grampos a uma corda comprida que fixou em sua cintura. Nesses momentos de silêncio suspendido pelos ares na completa escuridão, não havia nada a fazer a não ser gritar:
- Ó meu Deus me ajude!
De repente uma voz grave e profunda vinda dos céus respondeu:
- O que você quer de mim meu filho?
- Me salve meu Deus, por favor?
- Você realmente acredita que eu possa te salvar?
- Eu tenho certeza meu Deus!
- Então, corte a corda que te mantém pendurado... Ouve um momento de silêncio e reflexão. O homem se agarrou mais ainda à corda e refletiu que se fizesse isso morreria...

Conta o pessoal de resgate que ao realizar as buscas encontrou um alpinista congelado, morto, agarrado com força com suas duas mãos a uma corda...a somente meio metro do chão.

Por vezes nos agarramos as nossas velhas cordas que nos mantém seguros, porém ter fé é arriscar-se a perder total controle sobre a própria vida confiando-a ao Pai. Que possamos todos entregar-nos e viver plenamente na confiança de que existe Aquele que está sempre ao nosso lado a nos suportar, mesmo que nossa corda arrebente.

Autor desconhecido

domingo, 27 de junho de 2010

Um dia você aprende


Depois de algum tempo você aprende a diferença, a sutil diferença entre dar a mão e acorrentar uma alma. E você aprende que amar não significa apoiar-se. E que companhia nem sempre significa segurança. Começa a aprender que beijos não são contratos e que presentes não são promessas.

Começa a aceitar suas derrotas com a cabeça erguida e olhos adiante, com a graça de um adulto e não com a tristeza de uma criança.

Aprende a construir todas as suas estradas no hoje, porque o terreno do amanhã é incerto demais para os planos, e o futuro tem o costume de cair em meio ao vão.

Depois de um tempo você aprende que o sol queima se ficar exposto por muito tempo.

E aprende que, não importa o quanto você se importe, algumas pessoas simplesmente não se importam… E aceita que não importa quão boa seja uma pessoa, ela vai feri-lo de vez em quando e você precisa perdoá-la por isso. Aprende que falar pode aliviar dores emocionais.

Descobre que se leva anos para construir confiança e apenas segundos para destruí-la…

E que você pode fazer coisas em um instante das quais se arrependerá pelo resto da vida. Aprende que verdadeiras amizades continuam a crescer mesmo a longas distâncias.

E o que importa não é o que você tem na vida, mas quem você tem na vida.

E que bons amigos são a família que nos permitiram escolher.

Aprende que não temos de mudar de amigos se compreendemos que os amigos mudam…

Percebe que seu melhor amigo e você podem fazer qualquer coisa, ou nada, e terem bons momentos juntos. Descobre que as pessoas com quem você mais se importa na vida são tomadas de você muito depressa… por isso sempre devemos deixar as pessoas que amamos com palavras amorosas; pode ser a última vez que as vejamos. Aprende que as circunstâncias e os ambientes têm influência sobre nós, mas nós somos responsáveis por nós mesmos. Começa a aprender que não se deve comparar com os outros, mas com o melhor que pode ser.

Descobre que se leva muito tempo para se tornar a pessoa que quer ser, e que o tempo é curto.

Aprende que não importa onde já chegou, mas para onde está indo… mas, se você não sabe para onde está indo, qualquer caminho serve.

Aprende que, ou você controla seus atos, ou eles o controlarão… e que ser flexível não significa ser fraco, ou não ter personalidade, pois não importa quão delicada e frágil seja uma situação, sempre existem, pelo menos, dois lados. Aprende que heróis são pessoas que fizeram o que era necessário fazer, enfrentando as conseqüências. Aprende que paciência requer muita prática.

Descobre que algumas vezes a pessoa que você espera que o chute quando você cai é uma das poucas que o ajudam a levantar-se. Aprende que maturidade tem mais a ver com os tipos de experiência que se teve e o que você aprendeu com elas do que com quantos aniversários você celebrou. Aprende que há mais dos seus pais em você do que você supunha.

Aprende que nunca se deve dizer a uma criança que sonhos são bobagens…

Poucas coisas são tão humilhantes e seria uma tragédia se ela acreditasse nisso.

Aprende que quando está com raiva tem o direito de estar com raiva, mas isso não te dá o direito de ser cruel. Descobre que só porque alguém não o ama do jeito que você quer que ame não significa que esse alguém não o ama com tudo o que pode, pois existem pessoas que nos amam, mas simplesmente não sabem como demonstrar ou viver isso.

Aprende que nem sempre é suficiente ser perdoado por alguém…

Algumas vezes você tem de aprender a perdoar a si mesmo.

Aprende que com a mesma severidade com que julga, você será em algum momento condenado.

Aprende que não importa em quantos pedaços seu coração foi partido, o mundo não pára para que você o conserte. Aprende que o tempo não é algo que possa voltar.

Portanto, plante seu jardim e decore sua alma, em vez de esperar que alguém lhe traga flores.

E você aprende que realmente pode suportar… que realmente é forte, e que pode ir muito mais longe depois de pensar que não se pode mais. E que realmente a vida tem valor e que você tem valor diante da vida! Nossas dúvidas são traidoras e nos fazem perder o bem que poderíamos conquistar se não fosse o medo de tentar.

William Shakespeare

sábado, 26 de junho de 2010

Grupo de dança "Arte livre" do Colégio Estadual Murilo Braga


Visando desenvolver atividades artísticas e danças, expressão oral e corporal com os alunos do Colégio Estadual Murilo Braga, foi criado em 17 de dezembro de 1992 pela professora Maria José Alves da Paixão, o Grupo de Dança Arte Livre, a arte na educação.

O projeto começou com a necessidade de se explorar o potencial artístico dos educando de forma integrada, diversificando as atividades pedagógicas. Desta forma, caracterizou-se o estimulo ao desenvolvimento da criatividade dos alunos através das manifestações artísticas, canalizando a sua capacidade de produzir, fortalecendo o protagonismo juvenil na escola.

Esta experiência particularizou-se na arte da dança, desenvolvida através da aquisição de conhecimentos básicos para a prática do dom artístico, a partir da pesquisa de temas específicos para elaboração de um calendário cultural escolar e, posteriormente, montagem de espetáculos para apresentações em eventos locais com expansão para outras instâncias.

Inicialmente, os alunos buscaram a professora de Educação Artística, “Paixão”, solicitando apoio para organização de um grupo onde pudessem expressar sua criatividade, pois faziam parte de um elenco de amadores com aptidões artísticas diversificadas, uns para música e outros para dança.

A partir daí, em conjunto com outros professores foi elaborado um planejamento integrado de forma a trabalhar e explorar o potencial criativo do educando, incentivando-o para a prática da arte e consequente minimização da indisciplina e evasão escolar. Decorrente dessa integração surgiu o Grupo de Dança Arte Livre, inicialmente com apresentações no âmbito da escola e encontros culturais locais e depois fora do estado, no Fórum Regional de experiências em Ensino Médio em Salvador.

Atualmente, a professora Dulce Olga Graça Leite de Oliveira Santos coordena o Grupo ampliando o nível cultural, desenvolvendo a criatividade e valorizando o potencial artístico dos alunos. O Grupo tem colocado alguns alunos no mercado de trabalho como instrutores de dança em academias, escolas e como dançarinos em bandas.

Que este projeto sirva de exemplo como valorização à cultura nas escolas e elemento fundamental na formação integral dos alunos.




quinta-feira, 24 de junho de 2010

Artigos sobre saúde


Prática de atividades físicas pode melhorar desempenho sexual, diz estudo.

Homens que querem melhorar seu desempenho sexual devem começar a fazer atividades físicas regularmente, segundo especialistas da Universidade de Duke, nos Estados Unidos. Em estudo com 178 homens saudáveis com média de idade de 62 anos, os pesquisadores observaram que aqueles que se exercitavam tinham significativamente maiores pontuações em um questionário de função sexual, comparados aos sedentários.

Apresentados este mês no encontro anual da Associação Americana de Urologia, os resultados indicam que os moderadamente ativos - que fazem, por exemplo, caminhadas de 30 minutos quatro vezes por semana - seriam 65% menos propensos a ter disfunção sexual do que aqueles que não fazem atividades físicas. Os sedentários apresentaram média de 43 pontos em uma escala que avaliava a função sexual - incluindo fatores como capacidade de ereção, de alcançar um orgasmo, frequência e qualidade de ereção, função sexual geral e problemas sexuais -, enquanto os moderadamente ativos tiveram 72 pontos e os muito ativos fizeram 70 pontos.

Os autores acreditam que os exercícios, além de ter um efeito benéfico na autoestima, podem aumentar o fluxo sanguíneo no pênis, facilitando a ereção. “Se os homens não forem se exercitar para sua saúde cardiovascular, pode ser que façam por sua função sexual”, disse a pesquisadora Erin McNamara, acrescentando que mais estudos são necessários para confirmação.


Exercícios amenizam efeitos do estresse no envelhecimento celular, diz estudo.

Fazer exercícios curtos e vigorosos - aquele tipo de atividade física que faz você suar e acelera seus batimentos cardíacos - pode ajudar a amenizar os efeitos do estresse no envelhecimento celular, segundo estudo recente da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos. De acordo com os autores, essas atividades físicas podem reduzir o encurtamento dos telômeros - material genético que formam as extremidades dos cromossomos -, um dos sinais chave do envelhecimento celular.

Avaliando 63 mulheres idosas saudáveis - muitas das quais cuidavam do marido com demência -, os pesquisadores observaram que as sedentárias que reportavam altos níveis de estresse tinham telômeros menores, enquanto as participantes fisicamente ativas muito estressadas não tinham telômeros menores. Ou seja, os exercícios breves e vigorosos - pelo menos 40 minutos em um período de três dias - pareciam proteger as mulheres das marcas do envelhecimento celular.

Baseados nesses resultados, os especialistas concluíram que apenas 13 minutos diários de atividades físicas mais fortes podem ser importantes para manter telômeros mais longos. “As pessoas sabem que o estresse é ruim para o coração, faz você parecer mais cansado e abatido, e nos deixa vulneráveis a infecções”, disse o pesquisador Eli Puterman. “E há tantas evidências acumuladas que ligam o estresse e a saúde, então, mostrar que há algo que podemos fazer quando estamos estressados que pode atrasar ou amenizar o impacto é emocionante”, acrescentou o pesquisador, recomendando 75 minutos de atividades vigorosas ou 150 minutos de moderada por semana.


Exercícios físicos podem amenizar a raiva, sugere pesquisa.

Se você sabe que vai ter um dia ruim, a primeira coisa que deve fazer ao acordar é colocar roupa de ginástica e sair para caminhar ou correr. Esse é o conselho de pesquisadores da Universidade da Geórgia, nos Estados Unidos, que, avaliando 16 jovens que se irritavam facilmente, descobriram que exercícios prévios podem amenizar o humor nervoso e irritadiço. Segundo os especialistas, apesar de os resultados precisarem de confirmação em estudos maiores, parece que “os exercícios agem como uma droga, protegendo contra a indução da raiva, quase como tomar aspirina para prevenir infarto”.

No estudo, antes e após 30 minutos de ciclismo em intensidade moderada, os participantes assistiram a apresentações de imagens que evocam raiva - incluindo do movimento Ku Klux Klan, de Hitler e de crianças desnutridas -, misturadas a imagens que induzem medo, simpatia ou imagens neutras. Em uma escala de raiva crescente de 20 pontos, os participantes, quando se exercitavam, apresentavam crescimento insignificante de 6,3 pontos para sete após ver as imagens provocadoras; e, na ausência de exercícios, essa taxa passava de oito para 10 pontos.

De acordo com os autores, a raiva e o comportamento agressivo estão associados a baixos níveis de serotonina. E diversos estudos têm demonstrado que a prática de atividades físicas pode aumentar os níveis desse hormônio calmante no cérebro. Além disso, segundo o fisiologista Michael R. Bracko, “uma aula em grupo de exercícios ou de musculação pode manter a mente distraída”, atenuando as emoções de raiva. Entretanto, mais estudos sobre o assunto são necessários.


Natação pode ser benéfica para os bebês, aponta estudo.

Crianças que fazem aulas de natação quando bebês têm vantagens em relação às outras em equilíbrio e força da mão aos cinco anos de idade, segundo pesquisa da Universidade Norueguesa de Ciência e Tecnologia. Comparando 19 bebês “nadadores”, com outros 19 que não praticavam natação, os especialistas notaram que aqueles que fizeram aulas de natação dos dois aos sete meses de vida tiveram melhores resultados, aos cinco anos, em testes que incluíam ficar nas pontas dos pés, em um pé só, pular corda, rolar uma bola e segurar um saco de feijão.

Os bebês nadadores tiveram aulas duas horas por semana, com os pais ajudando os bebês a fazerem cambalhotas sobre um tapete de flutuação, a mergulharem na água, a saltarem da beira da piscina e a se equilibrarem para tentar alcançar objetos flutuantes.

Publicados na edição de maio da revista especializada Child: Care Health and Development, os resultados mostraram que os bebês nadadores são melhores em equilíbrio e em segurar objetos. “É incrível que o treinamento específico de bebês novos tenha um efeito mais tarde”, destacou o pesquisador Hermundur Sigmundsson, líder do estudo. “O desenvolvimento é uma interação entre a maturação, o crescimento, a experiência e o aprendizado. Nosso estudo mostra que não devemos subestimar o aspecto do aprendizado”, concluiu.


Especialistas recomendam exercícios físicos para pacientes com câncer

Embora, por muito tempo, os médicos tenham recomendado repouso para as pessoas com câncer, esses pacientes podem - e devem - fazer atividades físicas antes, durante e após o tratamento, segundo as novas recomendações do American College of Sports Medicine. Com a realização de uma revisão de estudos sobre o assunto, os especialistas concluíram que a realização de atividades moderadas é segura e pode trazer benefícios para pacientes antes e após o tratamento de diversos tipos de câncer.

“Temos que deixar passar a ideia de que os exercícios são prejudiciais aos pacientes com câncer”, disse a pesquisadora Kathryn Schmitz, da Universidade da Pensilvânia, nos EUA, acrescentando que as atividades físicas “melhoram a forma aeróbica e a força, reduz a fadiga, melhora a qualidade de vida e a autoimagem”. Entretanto, os especialistas destacam que os pacientes não devem abusar, realizando atividades moderadas regularmente - em geral, 30 minutos por dia, cinco dias por semana, de atividades como caminhada.

Os especialistas destacam, ainda, que os exercícios devem ser adaptados a cada caso. Por exemplo, aqueles com câncer gastrointestinal ou outro tipo que pode se disseminar para os ossos devem evitar treinamentos com muito peso; e pessoas com o sistema imunológico comprometido devem evitar se exercitar em academias. Por isso, é importante consultar um médico antes de começar qualquer atividade, e ser acompanhado por um especialista.

Fonte: Revista Boa Saúde - por Leandro Perché

terça-feira, 22 de junho de 2010

Analfabetismo funcional


Dados da última Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), apontaram que o Brasil tem o grande desafio de combater o chamado analfabetismo funcional, que atinge 25% da população com mais de 15 anos, entre outras agravantes, constitui um problema silencioso e perverso que afeta o dia a dia nas empresas.

Neste universo não estamos incluindo pessoas que nunca foram à escola, mas sim aquelas que sabem ler, escrever e contar; chegam a ocupar cargos administrativos, porém não conseguem compreender a palavra escrita. Computadores provocam calafrios e manuais de procedimentos são ignorados; mesmo aqueles que ensinam uma nova tarefa ou a operar uma máquina. No entanto, este perfil de profissionais prefere ouvir explicações da boca de colegas.

Calcula-se que, no Brasil, os analfabetos funcionais somem 70% da população economicamente ativa. O resultado não é surpreendente, uma vez que apenas 20% da população brasileira possui escolaridade mínima obrigatória (ensino fundamental e ensino médio). Para 80% dos brasileiros, o ensino fundamental completo garante somente um nível básico de leitura e de escrita.

No mundo todo há entre 800 e 900 milhões de analfabetos funcionais, ou seja, uma camada de pessoas com menos de quatro anos de escolarização; mas pode-se encontrar também neste meio, pessoas com formação universitária e exercendo funções-chave em empresas e instituições, tanto privadas quanto públicas. Entre suas características, não têm as habilidades de leitura compreensiva, escrita e cálculos para fazer frente às necessidades de profissionalização e tampouco, da vida sociocultural às necessidades de profissionalização e tampouco, da vida sociocultural.

Muito se tem que fazer para reverter esse quadro, mas algumas iniciativas como a criação de bibliotecas comunitárias pelo país tem tido resultados significativos e atraído um público cada vez maior para o mundo da leitura.

Uma biblioteca pública está destinada a atender à comunidade em geral, e seu acervo deve ser composto por uma grande variedade de assuntos. Na maioria das vezes, sua gestão é administrada por integrantes da própria comunidade. Criar uma biblioteca comunitária é uma possibilidade de valorização da comunidade local, na medida em que os conhecimentos podem ser levados a um número maior de pessoas. Essa iniciativa mostra o alto nível de organização, amadurecimento e cidadania da comunidade local, já que assim as pessoas se tornam responsáveis pelo processo de crescimento cultural coletivo e individual.

A biblioteca deve ser um lugar onde o povo possa se encontrar, trocar ideias, discutir problemas, saciar curiosidades e obter informações essenciais para a cidadania. Na chamada sociedade da informação, ainda existem pessoas desinformadas, diante da privação do direito de participação. A existência de bibliotecas comunitárias, que atendam às necessidades de informação, pode minimizar a exclusão social, em regiões caracterizadas pela privação de educação, informações, lazer e vários fatores considerados essenciais para a qualidade de vida.

A implantação deste espaço visa minimizar as diferenças culturais, raciais, econômicas e educacionais. Para isso elas deverão ser munidas de acervo bibliográfico e documental, considerando os costumes da cultura em que ela está inserida, possibilitando ao seu usuário, o livre e gratuito acesso à informação. Nos países avançados, as bibliotecas públicas são centros de informação da comunidade – que trabalham ativamente para atrair seu público.

A liberdade, a prosperidade e o desenvolvimento da sociedade e dos indivíduos são valores humanos fundamentais e só podem ser alcançados quando todos os cidadãos estiverem informados para exercerem seus direitos democráticos e para desempenhar em um papel ativo na sociedade. (manifesto da UNESCO).

Fonte: UOL - por Kátia Ferraz

A copa do mundo de futebol na visão do Papa Bento XVI


Com sua periodicidade de quatro em quatro anos, o Campeonato Mundial de Futebol prova ser um acontecimento que atrai centenas de milhares de pessoas. Não há quase nenhum outro acontecimento na terra que alcance uma repercussão de semelhante amplitude. O que demonstra que, através dele, toca-se algo radicalmente humano, e cabe se perguntar onde encontra-se o fundamento deste poder em jogo.

O pessimista dirá que é o mesmo que na antiga Roma. O slogan das massas rezava panem et circenses, pão e circo. Pão e jogos são, queiramos ou não, o conteúdo vital de uma sociedade decadente que já não conhece objetivos mais elevados. Mas mesmo que se aceite essa visão, não seria de modo algum eficiente.

Poderíamos ainda perguntar: onde reside o fascínio do jogo para que chegue a ocupar a um lugar de igual importância que o pão? Com a visão posta na antiga Roma, poderia se responder novamente que o grito do pão e circo é propriamente a expressão do desejo pela vida do paraíso, por uma vida de satisfação sem fadigas e de liberdade plenamente realizada. Na verdade, isso é, em última instância, o conteúdo do conceito de jogo: uma tarefa completamente livre, sem objetivo e sem obrigação, e uma tarefa que, além disso, tensiona e aplica todas as forças do ser humano.

Nesse sentido, o jogo seria, então, uma espécie de tentativa de retornar ao paraíso: sair da escravizante seriedade da vida cotidiana e de seus cuidados para a seriedade livre do que não necessariamente tem que ser e que, justamente por isso, é bonito. Frente a isso, o jogo transcende, em certo sentido, a vida cotidiana; mas, sobretudo na criança, tem ainda antes outro caráter: é um exercício para a vida, simboliza a própria vida e, por assim dizer, a conduz de uma forma plasmada com liberdade.

Na minha opinião, o fascínio do futebol encontra suas raízes no fato de que reúne esses dois aspectos de forma muito convincente. Obriga o homem, acima de tudo, a se disciplinar, de modo que, pela formação, adquira a disposição sobre si mesmo, por tal disposição a superioridade e, pela superioridade, a liberdade. Mas, depois, lhe ensina também a cooperação disciplinada: como jogo em equipe, o futebol obriga a um ordenamento de si mesmo dentro do conjunto. Une através do objetivo comum; o êxito e o fracasso de cada um estão cifrados no êxito e fracasso de todos. Finalmente, o futebol ensina um confronto limpo, em que a regra comum a que o jogo se submete segue sendo o que une e vincula mesmo na posição de adversários e, também, a liberdade do lúdico, quando desenvolve-se corretamente, faz que a seriedade do confronto torne a se resolver e leve à liberdade da partida finalizada. Na qualidade de espectadores, os homens identificam-se com o jogo e com os jogadores e, desse modo, participam da comunidade da própria equipe, do confronto com o outro, bem como da seriedade e da liberdade do jogo: os jogadores passam a ser símbolos da própria vida. Isso também atua retroativamente sobre eles: sabem, com efeito, que as pessoas se veem representadas e confirmadas a si mesmas neles.

Naturalmente, tudo isso pode se perverter por um espírito comercial que submete tudo à sombria seriedade do dinheiro, e o jogo deixa de ser tal para se transformar em uma indústria que suscita um mundo de aparência de dimensões horrorosas. Mas até esse mesmo mundo de aparência não poderia subsistir se não houvesse a base positiva por trás do jogo: o exercício preparatório para a vida e a transcendência da vida em direção ao paraíso perdido. No entanto, em ambos os cenários deve-se procurar uma disciplina da liberdade; na vinculação à regra, exercitar a ação conjunta, o confronto e o valer-se por si mesmo. Se consideramos tudo isso, talvez pudéssemos aprender novamente sobre a vida a partir do jogo. Com efeito, nele torna-se visível algo fundamental: não somente de pão vive o homem; mais ainda: o mundo do pão é, em última análise, apenas a fase preliminar do que é propriamente humano, o mundo da liberdade. Mas a liberdade vive da regra, da disciplina que aprende o agir em conjunto e o correto confronto, o ser independente do êxito exterior e da arbitrariedade, e desse modo chega a ser verdadeiramente livre. O jogo, uma vida: se aprofundamos, o fenômeno de um mundo entusiasmado pelo futebol pode nos oferecer mais que um mero entretenimento.

Texto publicado em 1985 como parte do livro Suchen, was droben ist (Buscar o que é do alto), do então Arcebispo de München, Dom Joseph Ratzinger

segunda-feira, 21 de junho de 2010

Tudo é possível


Faça como os passarinhos: comece o dia cantando. A música é alimento para o espírito. Cante uma bela música, mesmo desafinando, mas cante! Cantar dilata os pulmões e abre a alma para tudo de bom que a vida tem a oferecer-lhe.

Encare suas obrigações com satisfação. É maravilhoso quando se gosta do que se faz. Ponha amor em tudo que está ao seu alcance. Desde que se proponha a fazer alguma coisa, mergulhe de cabeça!

Leia coisas positivas, bons livros, poesia. Leia a Bíblia. Ela fará reavivar seus sentimentos mais íntimos, mais puros.

Não deixe escapar as oportunidades que a vida lhe oferece, pois elas não voltam! Nenhuma barreira é intransponível quando se está disposto a lutar contra ela. Se seus propósitos forem positivos, nada poderá detê-lo.

Não permita que seus problemas se acumulem, resolva-os logo. Fale, converse, explique, discuta: o que mata é o silêncio, o rancor. Exteriorize tudo, deixe que as pessoas saibam que as estima, as ama, precisa delas, principalmente em família. AMAR NÃO É VERGONHA. Muito pelo contrário, É LINDO!

Não se deixe abater pelos problemas. Seja alegre e brincalhão. Se estiver bem-humorado, as pessoas ao seu redor também assim ficarão e isso lhe dará mais força.

Pratique algum esporte. O peso dos problemas é muito grande e tem de ser contrabalançado com a prática de atividades saudáveis! Certamente se sentirá bem disposto, mais animado, mais jovem.

Ria da vida, dos problemas, das coisas boas que lhe acontecem, das besteiras que já fez.

Volte-se para as coisas puras, dedique-se à natureza. Cultive seu interior e ele extravasará beleza por todos os poros. Não tente, faça.

VOCÊ PODE!

Autor desconhecido

Entrevista com o diabo


QUEM O CRIOU?
Lúcifer : Fui criado pelo próprio Deus, bem antes da existência do homem. [Ezequiel 28:15]

COMO VOCÊ ERA QUANDO FOI CRIADO?
Lúcifer : Vim à existência já na forma adulta e, como Adão, não tive infância. Eu era um símbolo de perfeição, cheio de sabedoria e formosura e minhas vestes foram preparadas com pedras preciosas. [Ezequiel 28:12,13]

ONDE VOCÊ MORAVA?
Lúcifer : No Jardim do Éden e caminhava no brilho das pedras preciosas do monte Santo de Deus. [Ezequiel 28:13]

QUAL ERA SUA FUNÇÃO NO REINO DE DEUS?
Lúcifer : Como querubim da guarda, ungido e estabelecido por Deus, minha função era guardar a Glória de Deus e conduzir os louvores dos anjos. Um terço deles estava sob o meu comando. [Ezequiel 28:14; Apocalipse 12:4]

ALGUMA COISA FALTAVA A VOCÊ?
Lúcifer : (reflexivo, diminuiu o tom de voz) Não, nada. [Ezequiel 28:13]

O QUE ACONTECEU QUE O AFASTOU DA FUNÇÃO DE MAIOR HONRA QUE UM SER VIVO PODERIA TER?
Lúcifer : Isso não aconteceu de repente. Um dia eu me vi nas pedras (como espelho) e percebi que sobrepujava os outros anjos (talvez não a Miguel ou Gabriel) em beleza, força e inteligência. Comecei então a pensar como seria ser adorado como deus e passei a desejar isto no meu coração. Do desejo passei para o planejamento, estudando como firmar o meu trono acima das estrelas de Deus e ser semelhante a Ele. Num determinado dia tentei realizar meu desejo, mas acabei expulso do Santo Monte de Deus. [Isaías 14:13,14; Ezequiel 28: 15-17]

O QUE DETONOU FINALMENTE A SUA REBELIÃO?
Lúcifer : Quando percebi que Deus estava para criar alguém semelhante a Ele e, por conseqüência, superior a mim, não consegui aceitar o fato. Manifestei então os verdadeiros propósitos do meu coração. [Isaías 14:12-14]

O QUE ACONTECEU COM OS ANJOS QUE ESTAVAM SOB O SEU COMANDO?
Lúcifer : Eles me seguiram e também foram expulsos. Formamos juntos o império das trevas. [Apocalipse 12:3,4]

COMO VOCÊ ENCARA O HOMEM?
Lúcifer : (com raiva) Tenho ódio da raça humana e faço tudo para destruí-la, pois eu a invejo. Eu é que deveria ser semelhante a Deus. [1Pedro 5:8]

QUAIS SÃO SUAS ESTRATÉGIAS PARA DESTRUIR O HOMEM?
Lúcifer : Meu objetivo maior é afastá-los de Deus. Eu estimulo a praticar o mal e confundo suas ideias com um mar de filosofias, pensamentos e religiões cheias de mentiras, misturadas com algumas verdades. Envio meus mensageiros travestidos, para confundir aqueles que querem buscar a Deus. Torno a mentira parecida com a verdade, induzindo o homem ao engano e a ficar longe de Deus, achando que está perto. E tem mais. Faço com que a mensagem de Jesus pareça uma tolice anacrônica, tento estimular o orgulho, a soberba, o egoísmo, a inimizade e o ódio dos homens. Trabalho arduamente com o meu séquito para enfraquecer as igrejas, lançando divisões, desânimo, críticas aos líderes, adultério, mágoas, friezas espirituais, avareza e falta de compromisso (ri às escaras). Tento destruir a vida dos pastores, principalmente com o sexo, ingratidão, falta de tempo para Deus e orgulho. [1Pedro 5:8; Tiago 4:7; Gálatas 5:19-21; 1 coríntios 3:3; 2 Pedro 2:1; 2 Ti móteo 3:1-8; Apocalipse 12:9]

E SOBRE O FUTURO?
Lúcifer : (com o semblante de ódio) Eu sei que não posso vencer a Deus e me resta pouco tempo para ir ao lago de fogo, minha prisão eterna. Eu e meus anjos trabalharemos com afinco para levarmos o maior número possível de pessoas conosco. [Ezequiel 28:19; Judas 6; Apocalipse 20:10,15]

MEDITE NESSA MENSAGEM. VEJA QUE FOI ELABORADA COM BASE NOS VERSÍCULOS BÍBLICOS, POR ISSO É UMA ILUSTRAÇÃO DA MAIS PURA VERDADE.

"COMO DIZ O ESPÍRITO SANTO: HOJE, SE OUVIRDES A SUA VOZ, NÃO ENDUREÇAIS OS VOSSOS CORAÇÕES." HEBREUS 3:7,8

"Ninguém tem maior amor do que este: de dar a Sua vida em favor dos Seus amigos." João 15:13

Autor desconhecido

O segredo da longevidade dos professores


De onde vem a longevidade dos professores....

O SEGREDO...

Um médico saiu a caminhar e viu uma velhinha sentada no banco de uma praça.

Aproximou-se e perguntou:

"Nota-se que está bem, qual é seu segredo?

Ela então respondeu:

"Sou PROFESSORA, durmo às 4 da manhã elaborando provas, me levanto às 6. Nos fins de semana não pratico esportes, não me divirto. Trabalho corrigindo avaliações, organizando as aulas, preenchendo diários de classe, fazendo planejamentos, procurando músicas para passar para os alunos, procurando vídeos na internet para não deixar as aulas monótonas, não tenho tempo para os meus filhos, só para os filhos dos outros, todo final de semana estou sempre com algo para elaborar ou corrigir, inclusive nos feriados, como hoje 1º de maio, dia do trabalhador. Não tomo café da manhã, não almoço e nem janto porque não dá tempo.

O doutor então exclamou:

- "Mas isso é extraordinário". A senhora tem quantos anos?

- 37, respondeu-lhe a velhinha....

Autor desconhecido

Os 10 pecados mortais do motorista



USO DE BEBIDAS ALCOÓLICAS E DROGAS
O motorista que dirige sob efeito de álcool e drogas reduz seus reflexos e aumenta os riscos de acidentes.

EXCESSO DE VELOCIDADE
O abuso de velocidade é um ato de imprudência que causa acidentes fatais ou seqüelas irreversíveis.

DIRIGIR VEÍCULOS SEM CONDIÇÕES DE USO
Pneus carecas, faróis ou sinaleiras queimados, amortecedores sem ação, freios desgastados representam perigo para o motorista como para os demais usuários do trânsito.

DESATENÇÃO COM O PEDESTRE
O homem precisa se transportar de um lugar para outro de forma organizada e segura. Ofereça ao pedestre a atenção e segurança para que ele possa transitar sem atropelos. Ele é você fora do veículo.

ULTRAPASSAR EM CONDIÇÕES PERIGOSAS
Cuidado. Ultrapassagens mal feitas são causas de grandes acidentes nas rodovias. Na duvida espere outra chance. Só ultrapasse com segurança.

FALTA DE EDUCAÇÃO NO TRÂNSITO
Cortesia, atenção, respeito e educação são meios eficientes e eficazes na luta por um trânsito mais humano. Seja civilizado. Não ameace a sociedade.

DESREIPEITAR AS LEIS DE TRÂNSITO
Atropelar a legislação, a sinalização, é geralmente dado ao motorista, à perda dos seus direitos e até da vida.

DIRIGIR NA COLA
Conservar distância entre o veículo que você dirige e o que segue a sua frente aumenta a sua chance de viver.

CONDIÇÕES FÍSICAS E EMOCIONAIS ALTERADAS
O motorista deve estar consciente dos limites. Se estiver cansado, nervoso, preocupado e com sono, pare. O bom motorista é aquele que cuida da sua vida e da vida dos outros.

FALTA DE COMUNICAÇÃO
Comunique-se no trânsito. Sinalize antecipadamente e corretamente as manobras. Observe as regras de mudança de direção. Um erro de comunicação pode causar acidentes.

Autor desconhecido

Sotaques no Brasil


Por que há tanta diferença de sotaques no Brasil?

O tamanho do território brasileiro e o isolamento geográfico de algumas regiões contribuem para que haja jeitos tão diferentes de falar o português Brasil afora. Além desses fatores, o passar do tempo e a influência de imigrantes, desde a época da colonização, também moldaram os sotaques brasileiros. Desde 1500, portugueses de várias regiões e de diferentes níveis sociais - com sotaques diferentes desde a terrinha – chegavam impondo o novo idioma aos índios e, mais para frente, aos escravos. Atualmente, por maior que o Brasil seja, a língua portuguesa segue a mesma em qualquer região, sofrendo apenas algumas mudanças no som e no ritmo da prosa.

por Fred Linardi

sexta-feira, 18 de junho de 2010

O corpo humano e os seus porquês


Tire suas dúvidas com os melhores especialistas

Por que é possível enxergar no escuro após certo tempo?

Este fenômeno é possível porque, no escuro, os olhos dilatam a pupila, o que melhora o funcionamento da retina periférica. Lá estão os bastonetes, os neurônios responsáveis pela visão noturna. No escuro total, há necessidade de pelo menos 45 minutos para obter a melhor visão. Na retina do olho humano há duas regiões distintas, uma responde pela visão central, a mácula, e outra pela visão periférica. Dentro da mácula, uma região chamada fóvea é constituída apenas por cones, que são neurônios responsáveis pela máxima visão. Os cones não funcionam em condições de baixa luminosidade. Porém, em torno da fóvea, há uma mistura de cones e bastonetes. Essa mistura permite uma visão intermediária, que garante a habilidade para enxergar na penumbra.
Quem responde: Canrobert Oliveira, do Hospital Oftalmológico de Brasília.

Por que batemos os dentes quando sentimos frio?

Quando o corpo humano sente frio, para manter a temperatura estável (37°C) , ele promove estímulos para que não percamos mais calor. Entre eles, a vasoconstrição capilar. Isso leva à diminuição da circulação de sangue na periferia do corpo, privilegiando os órgãos vitais. Outro fator é que, com a vasoconstrição, diminui-se a temperatura da pele e das extremidades. Para elevá-la, são necessárias contrações musculares que nos fazem tremer as extremidades. Como a mandíbula é uma articulação fixa em dois pontos apenas, os movimentos resultam no bater dos dentes.
Quem responde:
Luiz Eduardo Campedelli, gastroenterologista do Hospital Israelita Albert Einstein.

Por que a vontade de comer aumenta no inverno?

Nessa estação, a temperatura corporal fica mais baixa e toda vez que comemos o organismo produz energia para metabolizar o alimento. Ou seja, a vontade de comer aumenta porque ao comer produzimos calor para manter a temperatura do corpo. Também por esse motivo escolhemos alimentos mais quentes, como sopas e chás, e mais calóricos, como chocolates e massas. Para evitar o aumento de peso, o ideal é substituir os alimentos com muitas calorias por versões light. Uma dica é comer as comidas sempre bem quentinhas, porque aumenta a sensação de saciedade.
Quem responde:
Marcelo Barros, chefe de Nutrição do Instituto Nacional de Cardiologia.

Por que somente os homens ficam carecas?

Alguns homens estão predispostos geneticamente à alopecia androgênica (AAG) — a calvície masculina — e outros não. Essa influência genética é que vai determinar o quanto os receptores hormonais envolvidos no processo serão sensíveis à testosterona. Ou seja, os genes e a atividade hormonal determinam a velocidade da instalação do quadro. A AAG de forma geral é motivada pela herança genética, que determina sensibilidade dos receptores aos hormônios androgênicos. Portanto, embora mulheres também sofram, o problema é determinado por hormônios masculinos.
Quem responde:
Gabriela Casabona, dermatologista.

Fonte: Revista Saúde

Ficha limpa também barra candidatos condenados antes da lei


TSE decide que Ficha Limpa também barra candidatos condenados antes da lei.

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) votou na noite desta quinta-feira (17) a validade da Lei 135/2010, conhecida como Ficha Limpa, para processos iniciados antes de sua vigência. Seis ministros votaram a favor e um contra. O ministro Marco Aurélio Mello foi o voto contrário.

O relator da consulta, ministro Arnaldo Versiani, baseou seu voto pela retroatividade da lei considerando que a elegibilidade não é um direito adquirido. “Sim, a lei se aplica aos processos iniciados e mesmo já encerrados. Não há direito adquirido de elegibilidade, sendo aferidas a cada eleição, que deve ocorrer na data do pedido de candidatura”, disse.

O ministro Marcelo Ribeiro fez ressalvas em casos já julgados e que poderiam ter a pena de inelegibilidade ampliada de três para oito anos com a nova lei. Segundo ele, nesses casos não é possível aplicar a Ficha Limpa. A discussão desta dúvida não foi detalhada pela corte e caberá aos juízes decidirem caso a caso este ponto.

A corte inverteu a pauta da semana para responder primeiro a consulta do deputado federal Ilderlei Cordeiro (PPS), considerada de maior interesse público.O questionamento do parlamentar é formado por seis perguntas e pede ao tribunal que se posicione sobre as brechas do texto que poderiam gerar divergências entre tribunais regionais.

Os assuntos abordados na consulta são a abrangência e retroatividade das ações, ou seja, se a lei vale para processos em tramitação e os já julgados. De acordo com a nova lei, ficam inelegíveis por oito anos, além do período remanescente do mandato, aqueles que cometeram lesão ao patrimônio público e enriquecimento ilícito.

A polêmica gerada pela mudança no tempo verbal no texto feita no Senado Federal foi minimizada pelo relator e teve o apoio da ministra Cármem Lucia: "Considero irrelevante saber o tempo verbal aplicado pelo legislador complementar. Pouco importa o tempo verbal. As novas disposições atingirão a todos que, no momento do registro da candidatura, incidirem em alguma causa de inelegibilidade", avaliou Versiani.

A corte eleitoral é composta por sete integrantes: três ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), dois ministros do Superior Tribunal de Justiça (STJ) e dois advogados escolhidos pelo STF e nomeados pelo presidente da República.

Histórico
O Ficha Limpa é uma proposta de iniciativa popular, apresentada à Câmara dos Deputados em setembro do ano passado, com mais de 1,6 milhão de assinaturas. A ação popular contou com apoio de várias entidades da sociedade civil, mobilizadas pelo MCCE (Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral).

Fonte: UOL – por Camila Campanerut

quinta-feira, 17 de junho de 2010

A roupa faz a diferença?


As maiores preocupações com o vestir, o médico conversava descontraído com o enfermeiro e o motorista da ambulância, quando uma senhora elegante chega e de forma ríspida, pergunta:

- Vocês sabem onde está o médico do hospital?

Com tranquilidade o médico respondeu:

- Boa tarde, senhora! Em que posso ser útil?

Ríspida, retorquiu:

- Será que o senhor é surdo? Não ouviu que estou procurando pelo médico?

Mantendo-se calmo, contestou:

- Boa tarde, senhora! O médico sou eu, em que posso ajudá-la ?!?!

- Como?!?! O senhor?!?! Com essa roupa?!?!...

- Ah, Senhora! Desculpe-me! Pensei que a senhora estivesse procurando um médico e não uma vestimenta...

- Oh! Desculpe doutor! Boa tarde! É que... Vestido assim, o senhor nem parece um médico...

- Veja bem as coisas como são... - disse o médico - ... as vestes parecem não dizer muitas coisas, pois quando a vi chegando, tão bem vestida, tão elegante, pensei que a senhora fosse sorrir educadamente para todos e depois daria um simpaticíssimo "boa tarde!"; como se vê, as roupas nem sempre dizem muito...

Um dos mais belos trajes da alma é a educação; sabemos que a roupa faz a diferença, mas o que não podemos negar é que:

Falta de Educação, Arrogância, Falta de Humildade, Pessoas que se julgam donas do mundo e da verdade, Grosseria e outras "qualidades" derrubam qualquer vestimenta.
Bastam às vezes, apenas 5 minutos de conversa para que o ouro da vestimenta se transforme em barro.

Autor desconecido

quarta-feira, 16 de junho de 2010

7ª Feira Junina do Colégio O Saber



Tema geral: Países Campeões da Copa do Mundo

- Brasil (penta-campeão) 9º A
- Itália (tetra-campeã) 7º B
- Alemanha (bi-campeã) 8º A
- Uruguai (bi-campeão) 6º B
- Argentina (bi-campeã) 6º A
- França (campeã) 7º A
- Inglaterra (campeã) 9º B

Fonte: www.colegioosaber.com.br

terça-feira, 15 de junho de 2010

Campanha de Prevenção e Controle da Hipertensão

O QUE É HIPERTENSÃO?
O coração é a “bomba” responsável por fazer o sangue circular por todo o nosso corpo. A força com a qual esse potente órgão bombeia o sangue através dos vasos é chamada de pressão arterial. Ela é determinada pelo volume de sangue que sai do coração e a resistência que ele encontra para circular pelos vasos. A pressão considerada normal é aquela que, na média, é igual ou inferior a 12 por 8, ou seja, máxima em 120 milímetros e mínima em 80 milímetros de mercúrio (mmHg).

A hipertensão arterial acontece quando os valores das pressões máxima e mínima são iguais ou ultrapassam os 140/90 mmHg (ou 14 por 9). Valores entre 12 por 8 e 14 por 9 são considerados limítrofes, ou pré-hipertensão, e podem merecer tratamento em alguns casos, conforme recomendação médica. As pessoas que têm maior risco de se tornarem hipertensas são aquelas que não têm hábitos alimentares saudáveis, ingerem muito sal, não fazem atividades físicas, exageram no consumo do álcool, são diabéticas ou têm familiares hipertensos. Após os 55 anos, mesmo as pessoas com pressão arterial normal têm 50% de chance de desenvolver a hipertensão.

Ter pressão alta aumenta as chances de ocorrência de infarto do coração, acidente vascular cerebral, insuficiência cardíaca e renal, impotência sexual, além de outras complicações que alteraram significantemente a qualidade de vida.

Segundo a Organização Mundial de Saúde, quem é hipertenso e não faz o controle adequado pode ter uma redução na expectativa de vida de até 16 anos e seis meses.

Um estilo de vida saudável, com atividade física regular, controle do peso, alimentação equilibrada, medições de uso constante, segundo prescrição, e acompanhamento médico periódico são importantíssimos para que a pressão arterial esteja sempre controlada.


PREVENÇÃO E TRATAMENTO
Quem tem parentes hipertensos, está acima do peso, tem mais de 40 anos de idade, é portador de diabetes ou de outros fatores de risco para as doenças cardiovasculares (como colesterol elevado, tabagismo, estresse) deve medir a pressão regularmente e fazer a prevenção da doença, pois tem maior risco de se tornar hipertenso. Quem já é hipertenso (pressão igual ou acima de 14 por 9) ou tem a pressão arterial limítrofe (acima de 12 por 8 e inferior a 14 por 9) deve fazer controle médico periódico e seguir as orientações dadas por aquele profissional. Para prevenir e controlar a hipertensão, é importante fazer atividades físicas regulares (de pelo menos 30 minutos ao dia, 3 ou mais vezes por semana), reduzir o consumo de sal da alimentação (não use o saleiro, evite alimentos prontos e industrializados, utilize outros temperos), manter o peso adequado (reduzir o peso se tiver sobrepeso ou obesidade), controlar o estresse (sono adequado, controle da ansiedade e depressão, relaxamento) e, se necessário, utilizar medicamentos prescritos pelo médico de forma constante. A maioria dos hipertensos, mesmo com hábitos saudáveis, precisa utilizar medicamentos. Os princípios ativos mais modernos não causam efeitos colaterais importantes e protegem os órgãos vitais (coração, cérebro, rins, olhos e artérias) dos riscos da hipertensão.

10 MANDAMENTOS PARA PREVENÇÃO E CONTROLE DA PRESSÃO ALTA
Meça a pressão pelo menos uma vez por ano.
Pratique atividades físicas todos os dias.
Mantenha o peso ideal, evite a obesidade.
Adote alimentação saudável: pouco sal, sem frituras e mais frutas, verduras e legumes.
Reduza o consumo de álcool. Se possível , não beba.
Abandone o cigarro.
Nunca pare o tratamento, é para a vida toda
Siga as orientações do seu médico ou profissional da saúde.
Evite o estresse. Tenha tempo para a família, os amigos e o lazer.
Ame e seja amado.

NÍVEIS DE PRESSÃO ARTERIAL
A pressão arterial é medida através de aparelhos como o tensiômetro ou esfigmomanômetro e pode ter uma variação relativamente grande sem sair dos níveis de normalidade. Para algumas pessoas ter uma pressão abaixo de 12/8, como, por exemplo, 10/6, é normal. Já valores iguais ou superiores a 14 (máxima) e/ou 9 (mínima) são considerados como hipertensão para todo mundo.

Fonte: portal.saude.gov.br

O que se aprende com a educação física


Educação Física não é só recreação e jogo de bola. Conheça as lições que é possível tirar da disciplina.

Além dos benefícios físicos da prática esportiva, a Educação Física pode desenvolver competências e habilidades sociais.

Pelé, Romário, Ronaldo, Zico, Hortência, Oscar, César Cielo, Bernardinho, Marta, Guga... Quem não sonha em ser um atleta peso-pesado? Ou em ter um campeão desses na família? Mas não é apenas de medalhas de ouro e prata que o esporte é feito. Pesquisas mostram que apenas 0,26% da população tem aptidão para se tornar esportista de renome. Mas nem por isso a Educação Física deve ficar de escanteio. As aulas aplicadas na vida escolar das crianças e jovens brasileiros podem não fazer ídolos esportivos, mas desenvolvem muitas habilidades importantes.

Desde o Ensino Infantil até o fim do Ensino Médio as aulas de Educação Física fazem parte do cotidiano dos alunos das escolas públicas e privadas do Brasil. Para a maioria das pessoas, o tal senso comum, a finalidade única da disciplina é fazer exercícios e ensinar regras de diferentes modalidades de esportes. Mas é muito mais do que isso. Além dos benefícios físicos da prática esportiva, a Educação Física pode desenvolver competências e habilidades sociais, psicológicas, motoras e cognitivas!

Na Escola da Vila, em São Paulo, por exemplo, faz parte do plano pedagógico de Educação Física transmitir por meio das atividades valores éticos. "Nosso trabalho é voltado para práticas que, além de melhorar funções metabólicas, e de conscientizar os alunos da importância do cuidado com o corpo, procuram desenvolver um senso de coletividade buscando uma convivência solidária e positiva", diz Washington Nunes, Coordenador de Esportes.

Essa concepção do ensino de Educação Física parte de um conceito que entende o ser humano como um animal estruturado por corpo, razão e emoção. Em consonância com essa filosofia, a UNESCO – organização de cultura, Educação e ciência das Nações Unidas – estabeleceu quatro pilares que devem fundamentar a Educação: aprender a conhecer, aprender a fazer, aprender a conviver e aprender a ser. "Uma boa Educação deve ensinar o aluno a aprender, a agir e a se relacionar. Precisa englobar esses 4 pilares da UNESCO. E isso vale para qualquer disciplina, inclusive a Educação Física", diz Alcir Ferrer, professor de Educação Física e treinador de basquete juvenil do Club Athletico Paulistano, de São Paulo.

Conheça melhor algumas competências que crianças e jovens podem desenvolver com a Educação Física:
1) Desenvolver habilidades cognitivas
2) Respeitar o corpo
3) Aumentar a autoestima
4) Trabalhar o equilíbrio emocional
5) Reconhecer o outro e saber compartilhar
6) Trabalhar em grupo
7) Desenvolver a autonomia
8) Estimular a criatividade

Fonte: Revista Nova Escola

segunda-feira, 14 de junho de 2010

A hora de apoiar quem quer ensinar


Para garantir que a escola tenha qualidade, é preciso valorizar quem quer ser professor com apoio cultural e concessão de bolsas de estudo.

A escolarização no Brasil cresceu tanto que, ao longo de algumas décadas, o número de professores saltou de centenas de milhares para quase 2 milhões. Essa expansão deve prosseguir para dar continuidade a nosso desenvolvimento social, mas é preciso que ela ocorra juntamente com a valorização do trabalho docente. Caso contrário, se aprofundará um impasse que já é sentido no desenvolvimento da economia e no combate às desigualdades.

Estudos recentes, como um realizado pela Fundação Carlos Chagas (FCC), encomendado pela Fundação Victor Civita (FVC), e outro da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), dão razões para nos preocuparmos. Mesmo diante do enorme déficit de educadores bem preparados, esses estudos, assim como as estatísticas oficiais, revelam que é alto o índice de abandono em cursos de formação - em que a maioria das vagas fica ociosa - e que a perda de prestígio da docência não atrai quem tem maior nível cultural. O primeiro passo é compreender o processo que nos trouxe até aqui e ver quando e como superar essa condição.

No tempo em que só uma pequena parcela de nossa população ia além dos quatro anos de escolaridade, quem completava a Educação Básica tinha professores vindos de uma elite cultural. A industrialização e a urbanização levaram a uma ampliação do acesso à escola, que não foi acompanhada da correspondente formação e valorização da profissão docente, cujo status social declinou na proporção de seu crescimento.

A atual conjuntura de crescimento econômico tem aumentado o repasse de recursos públicos para objetivos sociais, que poderiam ser destinados à melhoria das condições de trabalho e de formação dos profissionais da Educação, o que por si só fortaleceria o ensino e favoreceria a inclusão de setores marginalizados. Aliás, sabe-se que o crescimento não se sustenta sem profissionais qualificados ingressando no mundo do trabalho, o que igualmente depende do aperfeiçoamento da escola. Por várias razões, portanto, vivemos um momento crucial para a reversão desse processo. Vejamos medidas para isso, algumas delas já sinalizadas nos estudos citados:

- Estimular a escolha pelo Magistério, com concessão de bolsas para os licenciandos atuarem em escolas públicas e para professores que os orientem.

- Dar mais ênfase ao ensino de práticas e didáticas específicas nas universidades e avaliá-las levando em conta não só a pesquisa mas também sua contribuição para a Educação Básica.

- Reformular a jornada de trabalho, garantindo aos professores a maior permanência em cada escola.

- Financiar a formação em serviço e produção cultural nas escolas, divulgando os programas de excelência.

- Estabelecer planos de carreira com piso digno e progressão não burocrática, baseada no desempenho do docente e nos desafios do contexto em que trabalha.

- Garantir mais acesso nas escolas a recursos didáticos, sistemas de informação e de atualização cultural, assim como de segurança e de saúde.

- Dar à escola condições para envolver a comunidade e seus colegiados em suas oportunidades formativas e culturais.

Algumas dessas propostas já são iniciativas oficiais, mas em escala limitada e sem recursos suficientes. Algumas são mantidas com um enorme esforço local. Muitas são bandeiras de movimentos pela melhoria da Educação. Porém nenhuma se transformou em política de Estado. No entanto, todas são realidade em nações mais avançadas e justas do que a nossa. É claro que países desenvolvidos dão melhores condições a seus educadores. Sem isso, não teriam evoluído. Eis uma ideia para quem disputar qualquer cargo nas próximas eleições - e para quem (como eu e você) vai votar.

Luis Carlos de Menezes - físico e educador da Universidade de São Paulo (USP).

Como ser um campeão


O ESPORTE:

1 – DESENVOLVE HABILIDADES COGNITIVAS – Ou seja, ajuda a raciocinar, a planejar, a exercitar a memória, a compreender situações, linguagens e estratégias e a resolver problemas.

2 – ENSINA A RESPEITAR O CORPO – Os alunos conhecem os perigos do sedentarismo, bem como os danos que o exercício sem supervisão pode causar.

3 – AUMENTA A AUTOESTIMA – O exercício faz o corpo liberar hormônios que causam bem-estar. Além disso, melhora a confiança e diminui a timidez.

4 – TRABALHA O EQUILÍBRIO EMOCIONAL – Ganhar, perder, errar, jogar com a incerteza....são coisas comuns. A boa Educação Física deve desenvolver o controle psicológico dos alunos em situações desafiadoras.

5 - ENSINA A TRABALHAR EM GRUPO – Tanto no esporte quanto na vida é preciso aprender a dividir as tarefas e responsabilidades. Quanto maior a comunicação do grupo, melhor o resultado.

Fonte: Revista Nova Escola

domingo, 13 de junho de 2010

ENEM 2010; Tire suas dúvidas sobre o exame


O Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) recebe inscrições desde segunda-feira, 21 de junho, às 10h. Os pedidos devem ser feitos exclusivamente pela internet, no site http://sistemasenem2.inep.gov.br/inscricao .

As provas serão aplicadas nos dias 6 e 7 de novembro de 2010. Tire suas dúvidas sobre o exame consultando o questionário abaixo, baseado em informações fornecidas pelo Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), organizador da prova.

O exame é voltado a estudantes que vão concluir o ensino médio em 2010 e pode servir como um certificado de conclusão desta etapa.

A avaliação é obrigatória para quem quer participar do Sisu (Sistema de Seleção Unificada), do Prouni (Programa Universidade para Todos) e, a partir de 2011, do Fies (Financiamento Estudantil). Além disso, diversas faculdades utilizam a nota do Enem em seus processos seletivos de forma total ou parcial.
Diferente dos anos anteriores, nesta edição os candidatos terão questões de língua estrangeira. Na inscrição, é preciso optar pelos idiomas inglês ou espanhol. Veja o edital do Enem 2010.

Como se inscrever no Enem
O período de inscrição vai das 10h do dia 21 de junho até às 23h59 de 9 de julho, observado o horário oficial de Brasília (DF), somente pelo http://sistemasenem2.inep.gov.br/inscricao. Para se inscrever, o interessado deve preencher o formulário disponível na web, adotando os seguintes procedimentos:
• informar os dados pessoais;
• solicitar, quando necessário, atendimento especial ou diferenciado especificados em campo próprio do formulário;
• definir o idioma da sua prova de língua estrangeira (inglês ou espanhol);
• selecionar o estado e o município onde deseja realizar as provas;
• indicar a pretensão de utilizar os resultados do Enem para fins de certificação de nível médio (no caso de uso do Enem para certificação, o inscrito deverá ainda indicar a Secretaria de Estado de Educação ou Instituição da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica para o qual deseja enviar seus dados e notas para pleitear certificação);
• preencher o questionário socioeconômico, obrigatório para a conclusão da inscrição;
• verificar se o envio dos dados da inscrição foi concluído com sucesso, conferindo as informações prestadas e o número de inscrição fornecido pelo sistema de inscrição;
• preencher declaração de carência, para pleitear isenção de taxa de inscrição, ou imprimir Guia de Recolhimento da União – GRU Simples e efetuar o pagamento no valor de R$ 35 em qualquer agência do Banco do Brasil, até a data de vencimento nela apresentada. O pagamento após a data de vencimento implica o cancelamento da inscrição. O Banco do Brasil confirmará o pagamento junto ao Inep.
A inscrição só será válida após a confirmação do pagamento.

Quais documentos são obrigatórios para realizar a inscrição?
Para efetuar a inscrição são imprescindíveis o número de CPF (Cadastro de Pessoa Física) e o número do documento de identidade. No ato da inscrição, ao digitar o número do documento, o sistema buscará informações do titular na base de dados da Receita Federal. A medida impede que a inscrição seja efetuada com o CPF de outra pessoa.
Os estudantes que não tiverem o documento podem retirá-lo em qualquer agência dos Correios, Banco do Brasil ou da Caixa Econômica Federal. No caso dos menores de 16 anos, é preciso que esse pedido seja feito pelos pais ou pelo responsável legal.
Considera-se como documento de identidade a cédula de identidade expedida por Secretarias de Segurança Pública, pelas Forças Armadas, Polícia Militar, Polícia Federal, a identidade expedida pelo Ministério das Relações Exteriores para estrangeiros, a identificação fornecida por ordens ou conselhos de classes que por Lei valham como documento de identidade, a Carteira de Trabalho e Previdência Social, o Passaporte e a Carteira Nacional de Habilitação com fotografia, na forma da Lei nº 9.503, de 1997.
Não serão aceitos como documentos de identificação protocolos, Certidão de Nascimento, Certidão de Casamento, Título Eleitoral, Carteira Nacional de Habilitação em modelo anterior à Lei nº 9.503/97, Carteira de Estudante, crachás e identidade funcional de natureza pública ou privada que não possua fé pública, validade em todo o território nacional e fotografia.

Quem pode participar do Enem?
A participação no Enem é voluntária, destinada aos concluintes, egressos do ensino médio em anos anteriores e àqueles que não tenham concluído o ensino médio e pretendam se certificar.

É recomendável a quem não concluiu vai concluir o ensino médio neste ano fazer o Enem 2010 para “treino”?
Não. Segundo informações do MEC (Ministério da Educação), alunos interessados nos futuros processos seletivos devem prestar o exame no período mais adequado, que é o ano de conclusão do ensino médio. Alunos de outras séries sempre terão oportunidade de se preparar para a prova analisando as edições anteriores do exame, que ficarão disponíveis na página do Inep/MEC imediatamente após sua aplicação.

Quem não foi bem no Enem 2009 terá a chance de fazer outro exame agora?
Sim, o candidato pode fazer o Enem quantas vezes quiser, mesmo que tenha concluído o ensino médio há alguns anos.

Quem pode pedir atendimento diferenciado no Enem 2010?
Está previsto o atendimento diferenciado para pessoas com deficiência e para sabatistas e mulheres que estiverem amamentando. Inscritos nessas condições deverão adotar os seguintes procedimentos:
• informar, no ato da inscrição, a deficiência reconhecida em laudo médico ou o elemento que motiva o atendimento diferenciado;
• indicar, em campo específico do formulário eletrônico de inscrição, de acordo com as opções apresentadas, o atendimento diferenciado solicitado e o auxílio necessário;
• dispor dos documentos comprobatórios da situação da deficiência ou da situação declarada para atendimento diferenciado;
• estar ciente de que as informações prestadas devem ser exatas e fidedignas, caso contrário poderá responder por crime contra a fé pública, o que acarretará sua eliminação do Enem 2010.
A entidade contratada pelo Inep para realizar o exame deve entrar em contato com o participante para verificar a viabilidade de atendimento da solicitação até o dia 9 de agosto.
Após essa data, o inscrito deverá verificar na página de acompanhamento da inscrição, em http://sistemasenem2.inep.gov.br/inscricao, se sua solicitação será atendida. O Inep se reserva o direito de exigir do participante, a qualquer tempo, documento(s) comprobatório(s) da deficiência ou da necessidade de atendimento diferenciado informados no ato da inscrição. Não será aceita solicitação de atendimento à pessoa com deficiência ou de atendimento diferenciado via postal, fax ou correio eletrônico.

Como fazer o acompanhamento da inscrição?
No momento da inscrição, o participante receberá um número de inscrição e deverá cadastrar a senha de acesso ao sistema. O número de inscrição e a senha deverão ser mantidos sob guarda do inscrito e serão indispensáveis para o acompanhamento do processo de inscrição, para a obtenção dos resultados individuais via internet e para a inscrição em programas de acesso ao ensino superior (Sisu), de bolsa de estudos (Prouni), de financiamento estudantil (Fies), entre outros programas governamentais.

Qual o valor da taxa de inscrição?
Para quem não é isento, o valor da taxa é de R$35 (trinta e cinco reais). O inscrito deverá imprimir a GRU simples (Guia de Recolhimento da União) e efetuar o pagamento da taxa de Inscrição do Enem em qualquer agência do Banco do Brasil, até a data de vencimento nela apresentada. O pagamento após a data de vencimento implica o cancelamento da inscrição. O Banco do Brasil confirmará o pagamento junto ao Inep.
A inscrição só será válida após a confirmação do pagamento feito por meio da GRU. O valor referente à taxa de inscrição não será devolvido, mesmo com mudança de data de realização do exame ou em razão de pagamento efetuado em duplicidade, exceto no caso de cancelamento da prova.

Quem é isento da taxa de inscrição?
São isentos de pagamento os alunos concluintes do ensino médio na rede pública, em qualquer modalidade de ensino, e aqueles que declararem carência, isto é, declararem ser membros de família de baixa renda ou estar em situação de vulnerabilidade socioeconômica, nos termos do Decreto nº 6.135, de 26 de junho de 2007.

Como solicitar isenção de taxa por meio de declaração de carência?
Para declarar carência, o participante deverá:
• no ato da inscrição, declarar carência e concordar com os termos da declaração apresentada;
• dispor dos documentos comprobatórios da situação de carência declarada;
• estar ciente de que as informações prestadas na declaração de carência devem ser exatas e fidedignas; caso contrário, poderá responder por crime contra a fé pública, o que acarretará sua eliminação do exame.
O Inep se reserva o direito de exigir, a qualquer tempo, documentos comprobatórios da situação de carência declarada. Não será aceita solicitação de isenção do pagamento da taxa de inscrição via postal, via fax ou via correio eletrônico.

Como obter a confirmação de inscrição?
Após a confirmação do pagamento da inscrição, o comprovante de confirmação da inscrição estará disponível no http://sistemasenem2.inep.gov.br/inscricao.
O cartão de confirmação da inscrição, contendo o número de inscrição, data, hora e local onde será realizado o Exame e a indicação de atendimento diferenciado, quando for o caso, será enviado, por via postal, pela Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, para o endereço informado pelo interessado no ato da inscrição e estará disponível na página de acompanhamento da inscrição do Enem 2010.

O inscrito irá receber em casa o questionário socioeconômico?
Não. Neste ano, o questionário socioeconômico estará disponível somente no sistema de inscrição online e o preenchimento é obrigatório para a conclusão da inscrição. As informações dos inscritos são indispensáveis, pois permitirão ao Inep traçar um perfil mais preciso dos concluintes do ensino médio, dos egressos e dos demais participantes do Enem 2010.

Como será feita a inscrição de detentos e internos?
O Inep fará uma edição específica do exame para os adultos submetidos a penas privativas de liberdade e adolescentes sob medida socioeducativa, que inclua privação de liberdade, com prazos de inscrição e datas de aplicação diferentes, regulamentado por edital próprio a ser publicado futuramente pelo Inep.

Quando serão aplicadas as provas do Enem 2010?
O Enem 2010 será realizado nos dias 6 e 7 de novembro de 2010, nas 27 unidades da Federação. As provas terão início às 13h, de acordo com o horário oficial de Brasília (DF).
Será observado o seguinte calendário de provas:
• no dia 6/11/2010 (sábado), das 13h às 17h30 - Ciências Humanas e suas Tecnologias e Ciências da Natureza e suas Tecnologias;
• no dia 7/11/2010 (domingo), das 13h às 18h30 - Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, além de Redação, e Matemática e suas Tecnologias
Onde as provas serão aplicadas?
As provas serão aplicadas nas 27 unidades da Federação, nos municípios indicados nos Anexo I do Edital do Enem 2010 e nos locais informados nos Cartões de Confirmação das Inscrições.

Qual o horário para início das provas?
Nos dias de realização do exame, os portões de acesso aos locais de prova serão abertos às 12h e fechados às 12h55, de acordo com o horário de Brasília (DF), não sendo permitida a entrada do inscrito que se apresentar após o horário estipulado.
O inscrito deverá comparecer ao local de realização da prova com antecedência de uma hora do horário fixado para seu início.

O que levar nos dias de prova?
O inscrito deve se dirigir ao local de prova indicado no Cartão de Confirmação da Inscrição, portando:
• documento de identificação original;
• Cartão de confirmação da inscrição, enviado via postal pelos Correios, e disponibilizado na página de acompanhamento do inscrito;
• caneta esferográfica de tinta preta.
A não apresentação de documento de identificação original impossibilita o inscrito de adentrar o ambiente de provas e resulta na sua eliminação do Enem 2010.
Os inscritos cujo documento de identificação original apresentado não permita a completa identificação dos seus caracteres essenciais ou de sua assinatura, em razão do estado de conservação ou da distância temporal da expedição do documento, não poderão adentrar o ambiente de provas e serão eliminados do Enem 2010.

O que fazer em caso de perda do documento de identificação original no dia da prova?
O inscrito impossibilitado de apresentar o documento de identificação original no dia da realização das provas, por motivo de extravio, perda, furto ou roubo, poderá realizar a prova, desde que:
• apresente Boletim de Ocorrência expedido por órgão policial, emitido há no máximo 90 (noventa) dias;
• submeta-se à identificação especial, que compreende a coleta de dados e assinatura em formulário próprio.
Quais as restrições para os dias de prova, por motivo de segurança?
Durante a realização da prova não será admitida qualquer espécie de consulta ou comunicação entre os inscritos, nem a utilização de lápis, borracha, apontador, lapiseira, grafite, livros, manuais, impressos, anotações, máquinas calculadoras e agendas eletrônicas ou similares, telefones celulares, pagers, bip, walkman, gravador, mp3 ou similar, relógio, ou qualquer receptor ou transmissor de dados e mensagens.
Também não serão fornecidas informações referentes ao conteúdo das provas, por qualquer membro da equipe de aplicação do exame.

Qual o tempo mínimo de permanência na sala de prova?
O tempo mínimo de permanência na sala de provas é de duas horas, a partir do início do exame. Ao final das provas, os três últimos candidatos na sala só serão liberados quando todos tiverem concluído o exame ou o tempo de prova tiver sido encerrado.

Quando será permitido deixar a sala de prova levando o caderno de questões?
Os candidatos só poderão levar o caderno de questões se deixarem a sala depois de decorridas quatro horas desde o início da aplicação, nas provas do sábado, 6/11/2010, e decorridas cinco horas do início das provas do domingo, 7/11/2010.

Como proceder na marcação dos cartões-resposta e da folha de redação?
As respostas das provas objetivas e a redação do candidato devem ser transcritas nos respectivos cartões-resposta e folha de redação, que deverão ser entregues ao fiscal da sua sala de aplicação. O candidato deverá, impreterivelmente, marcar a cor da capa do caderno de questões no seu cartão-resposta para proceder a correção das provas. Caso contrário sua prova será anulada, não será corrigida e não haverá atribuição de nota.
Durante a realização das provas, é de responsabilidade única do candidato a leitura e conferência de todos os dados registrados no caderno de questões, no cartão-resposta, na folha de redação, na lista de presença e demais documentos do exame.

Quais as situações que podem excluir o inscrito do exame?
Será excluído do exame, por ato da entidade contratada pelo Inep para a realização do Enem 2010, o inscrito que:
• prestar, em qualquer documento, declaração falsa ou inexata, sob as penas da Lei;
• agir com incorreção ou descortesia para com qualquer participante do processo de aplicação das provas;
• ausentar-se da sala de prova sem o acompanhamento de um fiscal, ou antes de decorridas duas horas do início da prova;
• for surpreendido, durante as provas, em comunicação com outro participante, verbalmente, por escrito ou por qualquer outra forma, bem como utilizando livros, notas ou impressos, portando ou fazendo uso de qualquer tipo de equipamento eletrônico de comunicação ou, ainda, for responsável por falsa identificação pessoal;
• utilizar ou tentar utilizar meio fraudulento para obter aprovação própria ou de terceiros, em qualquer etapa do exame;
• não devolver o Cartão-Resposta e o Caderno de Questões.
• não atender às orientações regulamentares da entidade contratada para aplicação do Enem 2010.
Como é o exame?
O Enem 2010 será estruturado na mesma Matriz de Referência do Enem 2009. O exame será composto por quatro provas objetivas, contendo cada uma 45 (quarenta e cinco) questões de múltipla escolha, e por uma proposta para redação.
As quatro provas objetivas avaliarão as seguintes áreas de conhecimento do ensino médio e respectivos componentes curriculares:
• Prova I - Linguagens, Códigos e suas Tecnologias e Redação: Língua Portuguesa, Língua Estrangeira (Inglês ou Espanhol), Artes e Educação Física;
• Prova II - Matemática e suas Tecnologias: Matemática;
• Prova III - Ciências Humanas e suas Tecnologias: História, Geografia, Filosofia e Sociologia;
• Prova IV - Ciências da Natureza e suas Tecnologias: Química, Física e Biologia.
O Enem 2010 terá questões de língua estrangeira?
Sim, inglês ou espanhol, idioma a ser escolhido pelo candidato no momento da inscrição, como já era previsto na matriz de habilidades e conteúdos associados do Enem 2009.

O Enem apresenta questões regionais na prova?
Não. Nenhum exame do Inep/MEC contempla questões regionais. Todas as avaliações têm caráter nacional e devem garantir iguais condições de participação entre estudantes de qualquer região do País.

Como será feita a leitura dos Cartões-Resposta?
A leitura do Cartão-Resposta dos candidatos é realizada por leitura óptica, para identificar a marcação de respostas das questões objetivas de cada uma das quatro provas
É imprescindível a marcação da cor da capa do Caderno de Questões no Cartão-Resposta para que seja realizada a correção das provas objetivas e divulgação de resultados. A não marcação da cor impossibilita a correção e implica na anulação das provas objetivas.
Não serão computadas questões não assinaladas, marcações não preenchidas completamente ou que contenham mais de uma resposta, emenda ou rasura, ainda que legível. Os rascunhos e as marcações assinaladas nos Cadernos de Questões não serão considerados para fins de pontuação.

Como é o cálculo das proficiências nas provas objetivas?
O cálculo das proficiências nas provas objetivas utiliza a metodologia da Teoria de Resposta ao Item (TRI).

Como é a correção da redação?
A redação é corrigida por dois corretores de forma independente, sem que um conheça a nota atribuída pelo outro. A nota final corresponde à média das notas atribuídas pelos dois corretores. Caso haja discrepância de cinco pontos ou mais entre as duas notas, a redação passará por uma terceira correção, realizada por um supervisor, sem que este conheça as notas dos demais. A nota atribuída pelo supervisor substitui a nota dos demais corretores.
A redação que não atender à proposta solicitada, no que diz respeito ao tema e tipologia textual, será desconsiderada. A Folha de Redação sem texto escrito e redação com até sete linhas, qualquer que seja o conteúdo, será considerada em branco. A Folha de Redação com texto fora do espaço delimitado, impropérios, desenhos, outras formas propositais de anulação e/ou rasuras será considerada anulada.

Quando serão publicados os gabaritos?
Os gabaritos das provas objetivas serão divulgados na página do Inep até o segundo dia útil seguinte ao de realização das últimas provas.

Como acessar os resultados de desempenho individuais?
Os candidatos poderão acessar os resultados individuais na página de acompanhamento do Enem 2010. Os resultados individuais não serão divulgados por meio de publicação ou instrumentos similares. O Inep manterá disponíveis os registros de todos os resultados individuais dos participantes do Enem 2010 para consulta por cinco anos.

Cada uma das provas do Enem tem peso diferenciado?
O Enem trará cinco notas diferentes, uma para cada área do conhecimento avaliada e uma para a redação. Não haverá diferenciação dos pesos. O que pode ocorrer é que, nos processos seletivos, as instituições podem utilizar pesos diferenciados entre as áreas para classificar os candidatos, de acordo com os cursos pleiteados.

Haverá divulgação dos resultados do Enem 2010 por escola e na forma de microdados para pesquisa?
Sim. A divulgação dos resultados por escola se fará somente para aquelas que declararam o Censo Escolar e cujos alunos participaram do exame. As escolas de ensino médio que tenham no mínimo dez alunos concluintes e participantes do exame poderão consultar na Internet as médias de desempenho obtidas pelo total de alunos.
Resguardado o sigilo dos resultados individuais e para subsidiar estudos e pesquisas educacionais, o Inep também divulgará os microdados do Enem 2010.

Como os resultados do Enem 2010 poderão ser utilizadas para o mundo do trabalho?
Os resultados individuais poderão ser disponibilizados pelo Inep a organizações interessadas em utilizá-los para recrutamento, seleção ou classificação, desde que haja autorização expressa do candidato que contenha a informação do número de inscrição e do CPF.

Para que servem os resultados do Enem?
Os resultados do Enem possibilitam:
• a constituição de parâmetros para auto-avaliação do participante, com vistas à continuidade de sua formação e à sua inserção no mercado de trabalho;
• a sua utilização como mecanismo único, alternativo ou complementar aos exames de acesso à educação superior (via Prouni, Sisu ou em vestibulares que utilizarem a nota do Enem para compor o resultado final) ou em processos de seleção nos diferentes setores do mundo do trabalho;
• para ingressantes no Fies (Financiamento Estudantil) a partir do primeiro semestre do ano letivo de 2011 será exigido que o candidato tenha prestado Enem;
• a certificação pelas Secretarias Estaduais de Educação e por Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica no nível de conclusão do ensino médio, de acordo com a legislação vigente;
• a criação de referência nacional para o aperfeiçoamento dos currículos do ensino médio;
• o estabelecimento de critérios de participação e acesso do examinando a programas governamentais;
• o desenvolvimento de estudos e indicadores sobre a educação brasileira.
Como proceder para obter a certificação no ensino médio pelo Enem?
Os resultados do Enem 2010 podem ser utilizados para fins de certificação em nível de conclusão de ensino médio, a critério das Secretarias de Educação e aos Institutos/Centros Federais de Educação, Ciência e Tecnologia. Compete às Secretarias de Educação e aos Institutos/Centros Federais de Educação, Ciência e Tecnologia definir os procedimentos para certificação no nível de conclusão com base nos resultados do Enem 2010.
Para obter essa certificação os candidatos devem:
• ter 18 (dezoito) anos completos até a data de realização da primeira prova do Enem 2010;
• ter concluído o ensino fundamental;
• ter atingido o mínimo de 400 pontos em cada uma das quatro provas áreas do Enem;
• ter atingido o mínimo de 500 pontos na redação.
O candidato, que pretenda obter a certificação em nível de conclusão do ensino médio deverá, ainda, no ato da inscrição indicar a Secretaria Estadual de Educação ou o Instituto/Centro Federal de Educação, Ciência e Tecnologia em que irá pleitear a certificação.
A escolha da referida Secretaria ou Instituto/Centro não está condicionada ao estado de residência do candidato, podendo esse escolher uma das opções apresentadas no ato da inscrição. A lista de Secretarias Estaduais de Educação ou de Institutos/ Centros Federais de Educação, Ciência e Tecnologia apresentadas no sistema de inscrição é respaldada por Acordo de Cooperação Técnica, firmado junto ao Inep e que estabelece as responsabilidades dos envolvidos no processo de certificação.
A marcação da opção de certificação no formulário de inscrição efetuada pelo candidato implica em concessão de autorização para o Inep enviar os dados e as notas obtidas no Enem 2010 para as Secretarias Estaduais de Educação e Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica. Para fins de certificação, o Inep fornecerá sistema específico de acesso aos resultados.

Como os resultados do Enem serão usados para seleção de ingresso em instituições de ensino superior?
Os resultados do Enem 2010 podem ser utilizados para seleção total ou parcial de vagas em IES (Instituições de Ensino Superior), públicas, estaduais, federais ou privadas.
O Inep encaminhará os dados e resultados dos candidatos do Enem 2010 à SESu/MEC (Secretaria de Educação Superior do Ministério da Educação) para utilização pelo Sisu de acordo com os critérios, diretrizes e procedimentos definidos em edital próprio da SESu/MEC e das instituições que aderirem ao Sisu.
As instituições que não aderirem ao Sisu e pretenderem utilizar os resultados individuais dos candidatos inscritos em seus respectivos processos seletivos deverão oferecer vagas de acordo com os critérios, diretrizes e procedimentos definidos em edital próprio e encaminhar ao Inep, formalmente, a sua solicitação para uso das notas do Enem 2010 até o dia 15 de dezembro de 2010. O Inep fornecerá às instituições demandantes sistema específico de acesso aos resultados individuais do Enem 2010.
A inscrição do candidato no Sisu ou em processo seletivo de Instituição de Ensino Superior pública ou privada que tenha solicitado ao Inep, formalmente, os resultados do Enem, caracterizará o formal consentimento do candidato para a utilização das informações e notas do Enem 2010.

O Enem continua sendo utilizado para a seleção no Prouni?
Sim, a nota obtida no exame continua sendo utilizada para fornecer bolsas de estudos parciais ou integrais, em instituições privadas de ensino, a candidatos que atendam as exigências socioeconômicas.

Fonte: UOL Educação