quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Código de ética dos índios norte-americanos


Levante-se com o Sol para orar. Ore sozinho. Ore com frequência. O GRANDE ESPÍRITO o escutará, se você ao menos, falar!

Seja TOLERANTE com aqueles que estão perdidos no caminho. A ignorância, o convencimento, a raiva, o ciúme e a avareza, originam-se de uma alma perdida. Ore para que eles reencontrem o caminho do Grande Espírito.

Procure conhecer-se, por si mesmo. Não permita que outros façam seu caminho por você. É sua estrada, e somente sua! Outros podem andar ao seu lado, mas ninguém pode andar por você! Trate os convidados em seu lar com muita consideração. Sirva-os com o melhor alimento, a melhor cama e trate-os com respeito e honra.

Não tome o que não é seu. Seja de uma pessoa, da comunidade, da natureza, ou da cultura. Se não lhe foi dado, não é seu! Respeite todas as coisas que foram colocadas sobre a Terra. Sejam elas pessoas, plantas ou animais.

RESPEITE os pensamentos, desejos e palavras das pessoas. Nunca interrompa os outros nem os ridicularize, nem rudemente os imite. Permita a cada pessoa o direito da expressão pessoal. Nunca fale dos outros de uma maneira má. A energia negativa que você colocar para fora no Universo, voltará multiplicada PARA VOCÊ!

Todas as pessoas cometem erros. E todos os erros podem ser perdoados! Pensamentos maus causam doenças da mente, do corpo e do espírito. Pratique o OTIMISMO!

A NATUREZA não é para nós, ela é uma parte de nós. Toda a natureza faz parte da nossa FAMÍLIA TERRENAL. As CRIANÇAS são as sementes do nosso futuro. Plante amor nos seus corações e regue com sabedoria e lições da vida. Quando forem crescidos, dê-lhes espaço para que continuem CRESCENDO!

Evite machucar os corações das pessoas. O veneno da dor causada a outros, retornará à você. Seja sincero e verdadeiro em todas as situações. A honestidade é o grande teste para a nossa herança do Universo.

Mantenha-se equilibrado. Seu corpo Espiritual, seu corpo Mental, seu corpo Emocional e seu corpo Físico, todos necessitam ser fortes, puros e saudáveis. Trabalhe o seu corpo Físico para fortalecer o seu corpo Mental. Enriqueça o seu corpo Espiritual para curar o seu corpo Emocional.

Tome decisões conscientes de como você será e como reagirá. Seja responsável por suas próprias ações. Respeite a privacidade e o espaço pessoal dos outros. Não toque as propriedades pessoais de outras pessoas, especialmente objetos religiosos e sagrados. Isto é proibido.

Comece sendo verdadeiro consigo mesmo. Se você não puder nutrir e ajudar a si mesmo, você não poderá nutrir e ajudar os outros. Respeite outras crenças religiosas. Não force as suas crenças sobre os outros.

Compartilhe sua boa fortuna com os outros. Participe com caridade.

CONSELHO INDÍGENA INTER-TRIBAL NORTE AMERICANO
Deste conselho participam as tribos : Cherokee Blackfoot, Cherokee, Lumbee Tribe, Comanche, Mohawk, Willow Cree, Plains Cree, Tuscarora, Sicangu Lakota Sioux, Crow (Montana), Northern Cheyenne (Montana)

E os HOMENS BRANCOS julgam-se mais civilizados e evoluídos que... os ÍNDIOS !!!

Autor desconhecido

UM QUINTO DAS PLANTAS DO PLANETA EM RISCO DE EXTINÇÃO


Um quinto das plantas do planeta em risco de extinção, alerta estudo

LONDRES, 28 setembro 2010 (AFP) - Mais de um quinto das espécies de plantas do mundo corre o risco de se extinguir, uma tendência com efeitos potencialmente catastróficos para a vida na Terra, revela um estudo publicado esta quarta-feira.

Uma pesquisa em separado alertou que a extinção dos mamíferos havia sido superestimada e sugeriu que algumas espécies que se acreditavam extintas ainda poderão ser redescobertas.

Stephen Hopper, diretor do Royal Botanic Gardens em Kew, Londres, disse que o relatório sobre a perda de plantas foi o mapeamento mais preciso já feito sobre a ameaça para as estimadas 380 mil espécies de plantas do planeta.

"Este estudo confirma o que nós já suspeitávamos: que plantas estão sob ameaça e que a principal causa é a perda de hábitat pelas mãos do homem", disse Hopper no lançamento da chamada Sampled Red List Index.

O estudo, realizado por Kew, em conjunto com o Museu de História Natural, em Londres, e com a União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN), estabelece as "linhas gerais" dos futuros esforços de preservação, afirmou.

"Não podemos nos sentar o observar o desaparecimento das espécies de plantas. As plantas são a base de toda a vida na Terra, fornecendo ar limpo, água, comida e combustível. Toda a vida animal depende dela, assim como nós", acrescentou Hopper.

O estudo é publicado antes de uma reunião, em Nagoia, no Japão, entre 18 e 29 de outubro, quando membros da Convenção da Biodiversidade, das Nações Unidas, estabelecerá novas metas para salvar as espécies ameaçadas.

Craig Hilton-Taylor, da IUCN, disse esperar que o encontro de Nagoia estabeleça uma meta para se evitar a extinção de quaisquer espécies ameaçadas até 2020.

"Queremos nos assegurar de que as plantas não serão esquecidas", afirmou.
Em seu estudo, os pesquisadores avaliaram cerca de quatro mil espécies, das quais 22% foram classificadas em risco, especialmente nas florestas tropicais.

As plantas estão mais ameaçadas do que as aves, tão ameaçadas quanto os mamíferos e menos do que os anfíbios e os corais, destacou a pesquisa. Os gimnospermas, grupo de plantas que inclui os pinheiros, estão entre os mais ameaçados.

O maior perigo é representado pela perda de hábitat provocada pelo homem, a maioria a conversão de hábitats naturais para cultivo e criação de gado. A atividade humana responde por 81% das ameaças, disse o pesquisador do Kew, Neil Brummitt.

Enquanto isso, um estudo realizado por dois autores australianos demonstrou que menos espécies de mamíferos do que o que se pensava podem se extinguir, especialmente aquelas ameaçadas por perda de hábitat.

Diana Fisher e Simon Blomberg, da Universidade de Queensland, disseram ter identificado 187 mamíferos que estiveram "perdidos" desde 1500, 67 espécies das quais foram reencontradas. Seu artigo foi publicado no periódico Proceedings of the Royal Society B: Biological Sciences, revista da Academia de Ciências britânica.

"A extinção é difícil de detectar", ressaltou o estudo. "Espécies com grandes vácuos em seus registros de avistamento, o que as torna passíveis de ser consideradas extintas, frequentemente são redescobertas".

Os mamíferos afetados por perda de hábitat eram "muito mais propensos a ser desclassificados como extintos" do que aqueles afetados por predadores ou enfermidades introduzidos ou por sobrecaça. Consequentemente, impactos de perda de hábitat ou extinção provavelmente foram superestimados, especialmente no que diz respeito a espécies introduzidas", acrescentou.

Os autores disseram que esforços para caçar mamíferos extintos devem ser desviados das tentativas frequentemente infrutíferas para redescobrir espécies "carismáticas", como o lobo-da-austrália, um marsupial carnívoro, considerado o último exemplar morreu em 1936 na Tasmânia.

Na semana passada, os conservacionistas anunciaram que duas espécies de um sapo africano e de uma salamandra mexicana, que se temia estarem extintos no século passado, foram reencontrados por equipes de cientistas que exploravam lugares remotos, às vezes colocando-se em grande risco.

Fonte: UOL

terça-feira, 28 de setembro de 2010

EDUCAÇÃO - O BRASIL NO RUMO CERTO




O manifesto abaixo foi redigido e assinado por 36 Reitores de Universidades Federais do Brasil.


EDUCAÇÃO - O BRASIL NO RUMO CERTO

(Manifesto de Reitores das Universidades Federais à Nação Brasileira)

Da pré-escola ao pós-doutoramento - ciclo completo educacional e acadêmico de formação das pessoas na busca pelo crescimento pessoal e profissional - consideramos que o Brasil encontrou o rumo nos últimos anos, graças a políticas, aumento orçamentário, ações e programas implementados pelo Governo Lula com a participação decisiva e direta de seus ministros, os quais reconhecemos, destacando o nome do Ministro Fernando Haddad.

Aliás, de forma mais ampla, assistimos a um crescimento muito significativo do país em vários domínios: ocorreu a redução marcante da miséria e da pobreza; promoveu-se a inclusão social de milhões de brasileiros, com a geração de empregos e renda; cresceu a autoestima da população, a confiança e a credibilidade internacional, num claro reconhecimento de que este é um País sério, solidário, de paz e de povo trabalhador. Caminhamos a passos largos para alcançar patamares mais elevados no cenário global, como uma Nação livre e soberana que não se submete aos ditames e aos interesses de países ou organizações estrangeiras.

Este período do Governo Lula ficará registrado na história como aquele em que mais se investiu em educação pública: foram criadas e consolidadas 14 novas universidades federais; institui-se a Universidade Aberta do Brasil; foram construídos mais de 100 campi universitários pelo interior do País; e ocorreu a criação e a ampliação, sem precedentes históricos, de Escolas Técnicas e Institutos Federais. Através do PROUNI, possibilitou-se o acesso ao ensino superior a mais de 700.000 jovens. Com a implantação do REUNI, estamos recuperando nossas Universidades Federais, de norte a sul e de leste a oeste. No geral, estamos dobrando de tamanho nossas Instituições e criando milhares de novos cursos, com investimentos crescentes em infraestrutura e contratação, por concurso público, de profissionais qualificados. Essas políticas devem continuar para consolidar os programas atuais e, inclusive, serem ampliadas no plano Federal, exigindo-se que os Estados e Municípios também cumpram com as suas responsabilidades sociais e constitucionais, colocando a educação como uma prioridade central de seus governos.

Por tudo isso e na dimensão de nossas responsabilidades enquanto educadores, dirigentes universitários e cidadãos que desejam ver o País continuar avançando sem retrocessos, dirigimo-nos à sociedade brasileira para afirmar, com convicção, que estamos no rumo certo e que devemos continuar lutando e exigindo dos próximos governantes a continuidade das políticas e investimentos na educação em todos os níveis, assim como na ciência, na tecnologia e na inovação, de que o Brasil tanto precisa para se inserir, de uma forma ainda mais decisiva, neste mundo contemporâneo em constantes transformações.

Finalizamos este manifesto prestando o nosso reconhecimento e a nossa gratidão ao Presidente Lula por tudo que fez pelo País, em especial, no que se refere às políticas para educação, ciência e tecnologia. Ele também foi incansável em afirmar, sempre, que recurso aplicado em educação não é gasto, mas sim investimento no futuro do País. Foi exemplo, ainda, ao receber em reunião anual, durante os seus 8 anos de mandato, os Reitores das Universidades Federais para debater políticas e ações para o setor, encaminhando soluções concretas, inclusive, relativas à Autonomia Universitária.

Alan Barbiero Universidade Federal do Tocantins (UFT)
Aloisio Teixeira Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)
Amaro Henrique Pessoa Lins Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)
Ana Dayse Rezende Dórea Universidade Federal de Alagoas (UFAL)
Antonio César Gonçalves Borges Universidade Federal de Pelotas (UFPel)
Carlos Alexandre Netto Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)
Carlos Eduardo Cantarelli Univ. Tec. Federal do Paraná (UTFPR)
Célia Maria da Silva Oliveira Univ. Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS)
Damião Duque de Farias Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD)
Felipe .Martins Müller Universidade Federal da Santa Maria (UFSM).
Hélio Waldman Universidade Federal do ABC (UFABC)
Henrique Duque Chaves Filho Univ. Federal de Juiz de Fora (UFJF)
Jesualdo Pereira Farias Universidade Federal do Ceará (UFC)
João Carlos Brahm Cousin Universidade Federal do Rio Grande (FURG)
José Carlos Tavares Carvalho Universidade Federal do Amapá (UNIFAP)
José Geraldo de Sousa Júnior Universidade Federal de Brasília (UNB)
José Seixas Lourenço Universidade Federal do Oeste do Pará (UFOPA)
José Weber Freire Macedo Univ. Fed. do Vale do São Francisco (UNIVASF)
Josivan Barbosa Menezes Universidade Federal Rural do Semi?árido (UFERSA)
Malvina Tânia Tuttman Univ. Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO)
Maria Beatriz Luce Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA)
Maria Lúcia Cavalli Neder Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT)
Miguel Badenes P. Filho Centro Fed. de Ed. Tec. (CEFET RJ)
Miriam da Costa Oliveira Univ.. Fed. de Ciênc. da Saúde de POA (UFCSPA)
Natalino Salgado Filho Universidade Federal do Maranhão (UFMA)
Paulo Gabriel S. Nacif Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB)
Pedro Angelo A. Abreu Univ. Fed. do Vale do Jequetinhonha e Mucuri (UFVJM)
Ricardo Motta Miranda Univ. Fed. Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ)
Roberto de Souza Salles Universidade Federal Fluminense (UFF)
Romulo Soares Polari Universidade Federal da Paraíba (UFPB)
Sueo Numazawa Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA)
Thompson F. Mariz Universidade Federal de Campina Grande (UFCG)
Valmar C. de Andrade Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE)
Virmondes Rodrigues Júnior Univ. Federal do Triângulo Mineiro (UFTM)
Walter Manna Albertoni Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)

Dr. João Carlos Coimbra
UFRGS/IGEO/DPE

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

No dia da eleição, não esqueça o principal


“Conta à lenda que certa mulher com uma criança no colo, passando diante de uma caverna escutou uma voz misteriosa que lá dentro lhe dizia:
- Entre e apanhe tudo que você desejar, mas não se esqueça do principal. Lembre-se, porém de uma coisa; depois que você sair, a porta se fechará para sempre. Portanto, aproveite da oportunidade, mas não se esqueça do principal.
A mulher entrou na caverna e encontrou muitas riquezas. Fascinada pelo ouro e pelas jóias, colocou a criança no chão e começou a juntar ansiosamente tudo o que podia no seu avental.
A voz misteriosa falou novamente:
- Você só tem oito minutos. Esgotando os oito minutos, a mulher carregada de ouro e pedras preciosas, correu para fora da caverna e a porta se fechou. Lembrou-se, então da criança que ficara lá dentro e a porta estava fechada para sempre.
A riqueza durou pouco e o desespero para sempre.”

No dia 3 de outubro você será chamado para votar nas eleições e terá alguns minutos para decidir o seu futuro e de todos os brasileiros, votando com consciência e cidadania, escolhendo os futuros representantes no poder executivo e legislativo, mas antes de votar não esqueça o principal, pense em primeiro lugar no seu bem estar e de sua família, porque o destino de todos está em suas mãos na hora de digitar o voto.

Procure antes conhecer os candidatos e suas propostas para o desenvolvimento do seu município, do Estado e do Brasil; e a história de vida e o comportamento ético de cada um.

A sua decisão será uma tarefa difícil, já que a classe política está desacreditada e desgastada, mas é possível fazer uma escolha criteriosa e acertada dentre os candidatos.

Não vote em candidato que: corrompe o eleitor através da compra de votos; trabalha para o seu próprio proveito em prejuízo do bem comum; seja corrupto com o dinheiro público; faz promessas e não as cumpre depois de eleito; gasta os recursos públicos para a sua autopromoção; está comprometido com os grandes grupos econômicos; não tem propostas; somente lembra do povo na época das eleições; não tem a Educação como prioridade; que não faz a defesa da vida, da família e da dignidade humana.

O voto, exercido de forma cidadã e consciente, tem o poder de mudar o que estar de errado na política, banindo os maus políticos e elegendo os poucos que ainda tem compromisso com o desenvolvimento do município, do estado e do país.

No dia 3 de outubro, não esqueça o mais importante, que através do seu voto, a felicidade e o bem-estar de sua família pode durar por muito tempo, porque se você tomar a decisão errada, sofrerá para sempre; como aquela mulher, que esqueceu a sua maior riqueza, o seu filho, e o desespero foi por toda a vida.

Pense e reflita!

Por Professor José Costa

Como melhorar a educação no Brasil


DICAS PARA MELHORAR A EDUCAÇÃO

Todos na escola

97,8% das crianças e jovens brasileiros estão na escola. Mas ainda temos mais de 610 mil crianças de 7 a 14 anos fora das salas de aula. Por isso, se você souber de alguma criança e adolescente que não frequenta a escola, faça a sua parte. Converse com os pais ou leve o caso ao conselho tutelar mais próximo e ajude garantir o direito de aprender de cada um de nossos meninos e meninas.

Conselho escolar

Toda escola tem, ou deveria ter, um Conselho Escolar. Dele participam o diretor, professores, pais, alunos e outras pessoas da comunidade. A função do conselho é acompanhar a vida da escola e dos alunos, fiscalizar as contas, cuidar para que os alunos aprendam e não abandonem os estudos. Descubra se na escola do seu filho tem Conselho Escolar e participe.

Eleições - Educação e promessas

Estamos em plena época de eleições para presidente e governadores. Nos comícios, no horário eleitoral os candidatos falam das suas promessas para melhorar as cidades e a vida dos eleitores. Que tal você procurar saber o que o seu candidato pretende fazer pela Educação? Porque a Educação sozinha não resolve os problemas do desemprego, da saúde, da violência, mas nada disso se resolve de verdade sem que a gente melhore a Educação. Educação de qualidade é o que as nossas crianças precisam para ter mais oportunidades na vida, para ter salários melhores quando forem para o mercado de trabalho. Educação de qualidade é criança na escola, aprendendo. É criança lendo e entendendo o que está lendo. E se a Educação não é prioridade para o seu candidato, mude de candidato.

Parceria entre pais e professores

Você que é pai ou mãe, que tal ir à escola conversar com o professor? Saber se o seu filho está aprendendo, se ele presta atenção na aula, se tem alguma dificuldade para acompanhar as matérias, se ele respeita e é respeitado pelos professores, pelos funcionários e pelos próprios colegas. Que tal ir lá conversar com o professor para saber se a escola está bem equipada, se tem biblioteca, se tem livros suficientes, se o laboratório funciona bem e se a qualidade da merenda é boa? Quando o assunto é Educação, pais e professores têm que dar as mãos e jogar juntos, ou quem perde são as nossas crianças e jovens. São atitudes simples assim que vão ajudar a melhorar muito a qualidade da Educação.

Valorização do professor

Professor é um dos principais profissionais que existem. Depende dos professores o sucesso da maioria dos outros profissionais. Quanto melhor o professor, melhor a aprendizagem dos alunos que ele ajudará a formar. E o que é um bom professor? É aquele que acredita que todos os alunos têm capacidade de aprender e se esforça para que eles aprendam a cada dia uma coisa nova, que prepara as aulas com antecedência, e que não falta por qualquer motivo. Professor bom é aquele que tem disposição, calma e paciência, que dá atenção e que é próximo dos alunos. Os professores merecem ser valorizados, merecem ser respeitados. Respeite o professor, pois ele é muito importante para o futuro de todos os brasileiros, fazendo do Brasil um país com mais oportunidades e menos desigualdade.

Participação na vida escolar

Uma dica para você, que é pai ou mãe: além de ajudar e estimular seu filho em casa, você pode e deve participar do dia-a-dia da escola, conhecer o calendário escolar, saber o que seu filho deve aprender durante este ano letivo e também o que deve aprender durante as férias. Afinal, não basta mandar a criança para a escola, é fundamental saber se ela está aprendendo o que está sendo ensinado. Participe diariamente da vida escolar do seu filho.

Direito a ensino de qualidade

Você que é pai ou mãe tem o direito de cobrar um ensino de qualidade para seus filhos. Ou seja, professores qualificados e comprometidos em fazer as crianças aprenderem de fato, escolas bem cuidadas, instalações seguras, laboratório de ciências, biblioteca, equipamentos de informática. Por isso, é importante que você participe das reuniões com os professores e a direção da escola.

Educação Infantil

A Educação Infantil é a primeira etapa da vida escolar das crianças, é a porta de entrada para o mundo do aprendizado. Mas nem a creche nem a pré-escola substituem o papel da família na Educação dos filhos. Dar amor, carinho, atenção, ensinar valores, incentivar e acompanhar de perto o dia-a-dia escolar são tarefas dos pais. Participar, desde os primeiros dias, da vida escolar da criança é muito importante para que ela cresça segura e aprenda cada vez mais.

Escola e comunidade

A escola pública, como o próprio nome diz, é pública, ou seja, é sua. Você que é pai ou mãe, participe da escola dos seus filhos, vá às reuniões, dê sua opinião, converse com os professores, participe das decisões que mexem com a vida dos seus filhos: material escolar, melhorias na infra-estrutura, mudanças nas aulas, qualidade da merenda. Quando escola e comunidade trabalham juntas, quem ganha é o aluno.

Escola pública é de todos

Escola pública significa que ela é de todos e de cada um de nós. E já que ela é sua, participe! Uma boa escola é aquela que tem apoio e a participação da comunidade: ajude a promover eventos de esportes, música, teatro, cinema, dança, artes na escola, e incentive outras pessoas da comunidade a fazerem o mesmo. Escola pública é para ficar aberta para a comunidade, não fechada.

Educação é responsabilidade de todos

Muita gente tem o costume de por a culpa de tudo no professor. O ensino está ruim, a culpa é do professor. O filho foi reprovado, a culpa é do professor. A escola está mal conservada, a culpa é do professor. Mas não é bem assim. O professor é fundamental na Educação das nossas crianças e jovens, mas ele não é o único responsável. Os pais têm que participar da vida escolar dos filhos, cobrar dedicação nos estudos, acompanhar, não deixar que faltem às aulas. O governo deve investir em Educação de qualidade, na capacitação dos professores e cuidar das suas escolas. O diretor deve organizar o planejamento da escola com participação da comunidade escolar e os pais devem participar do dia-a-dia da escola. Ou seja, Educação é responsabilidade de todos e não só do professor. Só assim o Brasil e a Educação vão melhorar.

Direito de aprender

Você sabia que seu filho tem direito a, no mínimo, 4 horas de aula por dia? E que é obrigação da escola garantir a presença de professores nas salas de aula e atividades todos os dias? E mais: professor bom é o que ensina, que apóia e incentiva seu filho a aprender! Por isso, cobre da escola, dos professores e dos diretores uma Educação de qualidade para seus filhos. E se isso não funcionar, procure a Secretaria de Educação de sua cidade e faça valer os seus direitos.

Educação é como Novela

Uma coisa que os brasileiros adoram é novela. Podem perguntar por aí: todos sabem o que aconteceu no capítulo de ontem. Se os pais tivessem o mesmo interesse pela Educação dos seus filhos como tem pelas novelas, o Brasil seria outro. Você que é pai ou mãe, você sabe o que seu filho estudou na escola ontem? Sabe se ele fez a lição de casa? Se o professor estava lá para dar aula ou faltou? Se você não sabe, deveria saber. Educação é como novela, tem que acompanhar todo dia. Ver se a escola está bem cuidada, se o professor está lá dando aula, ver se seu filho está aprendendo mesmo. E isso tem que ser todo dia, para ter um final feliz, como nas novelas. E estas recomendações servem também para os avós, tios, padrinhos e amigos, porque para melhorar a Educação, todo tem que fazer a sua parte.

Mais escolas boas

Na verdade, além de mais escolas, precisamos de mais escolas boas. E Escola boa é aquela em que o aluno aprende. Escola boa é aquela em que o professor não falta. Precisamos cobrar qualidade na Educação e não só quantidade de escolas. Não basta o aluno estar na escola, precisa estar aprendendo português, matemática, geografia, história. Pegar um livro e entender o que está lendo.É a qualidade da Educação oferecida pelas escolas que vai mudar para melhor ou pior o futuro de cada uma das crianças e jovens do nosso Brasil.

A importância da Educação Infantil

Imagine um grande prédio! Para ele ser resistente, seguro, a sua base precisa ser construída com muito cuidado e atenção. A Educação Infantil é como se fosse a base desse prédio, é a primeira etapa da Educação das nossas crianças. É a primeira base, que vai ajudar o aluno a crescer, aprender e se desenvolver. Uma base sólida é o primeiro passo para o sucesso escolar. Não deixe que nenhuma criança fique fora da pré-escola.

Leitura

Uma ótima maneira de ajudar a alfabetização dos filhos é incentivar a leitura. Quanto mais a criança convive com os livros, mais ela gosta de ler, mais palavras ela aprende e melhor se sai na escola. Desde cedo, conte histórias, leia com seus filhos e peça que eles leiam para você. Pode ser um livro, um jornal, uma revista, o importante é ler, quanto mais, melhor. A leitura pode ser uma maneira gostosa e divertida de aprender.

Investimentos em Educação

Para garantir Educação de qualidade precisamos de todas as crianças na escola, sendo alfabetizadas até os 8 anos, aprendendo o que é adequado a cada série e concluindo o Ensino Médio até os 19 anos. E para isso as verbas destinadas à Educação devem ser ampliadas e muito bem administradas. Os Secretários de Educação são os principais responsáveis pela boa gestão e pela qualidade da Educação. Fique de olho, acompanhe o trabalho deles e cobre resultados.

Vagas para a Educação infantil

Nem todos sabem, mas as crianças têm direito, por lei, a vagas na creche e na pré-escola. É obrigação dos prefeitos oferecer vagas a todas as crianças. É responsabilidade do prefeito e do secretário de Educação garantir Educação Infantil de qualidade nesta fase tão importante da vida escolar das crianças. Cobre e ajude a efetivar este direito de todas as nossas crianças.

Respeito ao Professor

Todos os profissionais merecem respeito, mas tem um que é muito especial: o professor. O professor é aquela pessoa que abre as portas para a gente. As portas do conhecimento, da sabedoria, as portas de um futuro melhor. Por isso é que você estudante, precisa respeitar e valorizar os seus professores. É com a ajuda deles que você vai conseguir vencer nos estudos e vencer na vida.

Leitura nas férias

Educação é um tema que deve fazer parte do dia-a-dia dos seus filhos sempre. Aproveite quando eles estão de férias e incentive a leitura. Vá com eles a uma biblioteca ou a uma livraria, mostre as estantes infantis e deixe que escolham um livro. Em casa, aproveite para ler livros para os menores ou para orientar a leitura dos maiores e explique, se eles não entenderem bem a história.

Participação nas atividades

Eu, você, todos podemos e devemos contribuir para a melhoria da Educação de nossas crianças e jovens. Existem diversas maneiras simples de você que é pai ou mãe apoiar e participar da vida escolar de seus filhos. Você pode ajudar a promover eventos de esportes, música, teatro, cinema, dança, artes na escola, além de incentivar outros pais e mães ou outras pessoas da comunidade a fazerem o mesmo.

Tempo para Educação

A vida da gente anda sempre corrida, não dá tempo para nada. Mas para uma coisa você que é pai ou mãe precisa arranjar um tempinho: acompanhar a Educação dos seus filhos. Sempre que possível, vá às reuniões, converse com os professores, dê a sua opinião sobre as melhorias na escola, na qualidade da merenda. Quando escola e comunidade trabalham juntas, quem ganha é o aluno.

Direito a transporte

Para quem mora na zona rural ou numa localidade que não tem escola, é obrigação do governo oferecer aos alunos transporte para a escola mais próxima. Ninguém deve desistir de estudar porque não há escolas no local onde mora. Ninguém deve abrir mão do direito de aprender. Ter transporte e Educação de qualidade não são favores, são direitos de todos.

Dinheiro bem usado na Educação

Você sabe quanto da verba do seu município vai para a Educação? Deve ser, no mínimo, 25%. É o município – portanto o prefeito - que decide como usar esse dinheiro. E a gente precisa ficar de olho porque a verba precisa ser usada para melhorar a qualidade da Educação, para que as crianças aprendam. Para garantir que as crianças não estejam apenas indo à escola, mas aprendendo de verdade. Uma criança aprendendo, é sabendo ler, escrever, entender o que está lendo, sabendo fazer contas de somar, diminuir, dividir e multiplicar. Porque se a criança não aprende desde cedo essas coisas tão simples e tão importantes, lá na frente vai ter muitas dificuldades nos estudos. Por isso, acompanhe o que é feito com o dinheiro destinado à Educação.

Cobrando as promessas dos governantes

Quando passam as eleições, você se lembra o que o seu candidato disse que ia fazer pela Educação? Geralmente esquecemos de acompanhar e de cobrar as promessas. E não deve ser assim, os governantes, os deputados e vereadores foram eleitos por nós, são nossos representantes, e devem fazer o que é melhor para todos nós. Precisamos cobrar, ver o que não foi feito e que precisa ser feito. Nossas crianças e jovens precisam de uma Educação de qualidade. Da próxima vez que for decidir em quem votar, pense nisso.

Creche e pré-escola

Nem todo mundo sabe, mas toda criança de 0 a 5 anos tem direito a uma vaga na creche ou na pré-escola. A prefeitura tem obrigação de oferecer vagas a todas as crianças que precisarem, e não é qualquer creche ou pré-escola, tem que ter qualidade. Uma boa Educação infantil é muito importante na vida escolar das crianças. Por isso, você que é pai, você que é mãe e tem filhos pequenos, exija o direito deles a uma Educação Infantil de qualidade. Educação não é favor nenhum, é direito.

Fonte: www.todospelaeducacao.org.br

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Envelhecer bem


Novo caminho para envelhecer bem

Descoberta de uma enzima que afeta a produção de placas no cérebro pode indicar um caminho para tratar o mal de Alzheimer, que afeta milhões de pessoas no mundo.

A doença de Alzheimer é uma das principais ameaças a uma velhice saudável. Ela provoca a perda de memória e da capacidade de cognição e afeta principalmente pessoas a partir dos 60 anos de idade.

Há mais de um século o mal de Alzheimer desafia a ciência. Sua primeira descrição foi feita em 1906 pelo alemão Alois Alzheimer (1864-1915), a partir do grave quadro de demência que encontrou na paciente Auguste Deter, em 1901, e acompanhou até sua morte, aos 56 anos, em 1906.

Hoje, estima-se que mais de 20 milhões de pessoas sejam vitimadas pelo mal, que afeta sobretudo indivíduos com mais de 60 anos - um universo cada vez maior de pessoas, num mundo em que a expectativa de é vida crescente. A Organização Mundial de Saúde (OMS) prevê aumento de 66% na ocorrência de Alzheimer e outras formas demência até 2030, em comparação aos números de 2005.

Pesquisadores descobriram proteína ligada à produção do beta-amiloide no cérebro, elemento-chave para o mal de Alzheimer.
Pesquisas incansáveis buscam entender a doença, que ataca a capacidade cognitiva e causa a degeneração progressiva da memória. Agora, uma pesquisa publicada pela Nature nesta semana aponta um caminho promissor para se chegar a uma saída.

Pesquisadores norte-americanos descobriram uma nova proteína que está diretamente ligada à produção nociva do beta-amiloide no cérebro, um elemento-chave para o mal de Alzheimer.

O acúmulo do beta-amiloide, um segmento de proteína, é considerado um dos principais fatores associados à doença, compondo as placas senis que se formam no cérebro das vítimas da doença.

Um dos líderes da pesquisa, Paul Greengard, do Laboratório de Neurociência Molecular e Celular na Universidade Rockefeller, em Nova York, conta que já foram feitas muitas tentativas para reduzir a sua formação no passado. Mas a tarefa não é simples:

"Geralmente se procura conter sua produção a partir da inibição da gama-secretase, que é a enzima responsável pela produção do beta-amiloide", explica ele à CH On-line. "Porém, essas tentativas tiveram pouco sucesso, em parte porque a inibição de gama-secretase pode levar a efeitos colaterais graves, incluindo sangramento gastrointestinal e câncer de pele."

Inibição parcial

Explica-se: o beta-amiloide é um segmento proteico formado a partir da quebra (ou clivagem) de uma proteína transmembrana conhecida como APP. A quebra é feita por uma enzima - gama-secretase. Inibir esta enzima, assim, poderia impedir a produção indesejável do segmento proteico. Porém, a mesma enzima é indispensável para o desenvolvimento e equilíbrio do organismo, explica Greengard.

"A gama-secretase converte muitas proteínas precursoras em moléculas ativas que têm papel fundamental para manter o nosso sistema imunológico, o trato digestivo e para inibir o desenvolvimento do câncer", diz o neurocientista, um dos vencedores do Nobel de Medicina ou Fisiologia em 2000.

Índices do beta-amiloide e desenvolvimento de placas ligadas ao Alzheimer diminuíram no cérebro de camundongos
E se fosse possível inibir a gama-secretase de forma seletiva, mirando apenas na formação do beta-amiloide? Foi mais ou menos esse efeito que os pesquisadores conseguiram obter a partir da nova enzima que descobriram, a GSAP - sigla em inglês para 'proteína ativadora de gama-secretase'.

A inibição da GSAP foi testada em camundongos, que tiveram o gene para a enzima silenciado. Passados seis meses, os pesquisadores verificaram que os índices do beta-amiloide no cérebro dos animais haviam diminuído significativamente (em torno de 40%), assim como o desenvolvimento das placas ligadas ao Alzheimer.

"Como a GSAP se mostrou muito seletiva em relação à formação do beta-amiloide sem influenciar outras funções da gama-secretase, ela oferece, potencialmente, uma abordagem muito mais segura para tratar a doença", considera Greengard. "Ainda há muito a fazer antes de testar seu efeito em humanos, mas estamos otimistas em função de seu mecanismo seletivo."

Remédio contra câncer

Os pesquisadores chegaram à nova enzima ao estudar os efeitos de um medicamento usado contra determinados tipos de câncer, o imatinib (conhecido como Gleevec, seu nome comercial). Em 2003, eles descobriram que o fármaco reduzia significativamente a produção do beta-amiloide, mas o mecanismo para tal era desconhecido.

"Agora, demonstramos que a GSAP é a proteína sobre a qual o medicamento influi para reduzir o beta-amiloide e a formação de placas. Assim, a enzima oferece um alvo terapêutico novo e imediato para o tratamento do mal de Alzheimer", ressalta.

"Estamos confiantes de que este novo caminho pode levar a tratamentos bem-sucedidos para essa doença intratável e importante"
Há, porém, uma barreira imposta pelo próprio organismo a se superar: o medicamento não consegue ultrapassar a barreira hematoencefálica, a fronteira que 'filtra' as substâncias químicas presentes no sangue antes de chegarem ao sistema nervoso central.

Segundo Greengard, a equipe está procurando desenvolver derivados relacionados à droga que possam entrar no cérebro e reduzir a formação do beta-amiloide com eficácia. Outra opção, aponta, será silenciar o gene da GSAP para prevenir a produção de placas do beta-amiloide no cérebro.

Antes disso, porém, é preciso conhecer melhor os papeis desta enzima, sobre a qual pouco se sabe. "Temos que avaliar a fundo suas funções fisiológicas antes de adotar uma solução como esta", diz Greengard. "Ainda há um longo caminho para que as nossas descobertas se traduzam em práticas clínicas. Porém, estamos confiantes de que este novo caminho pode levar a tratamentos bem-sucedidos para essa doença intratável e importante", destaca.

Júlia Dias Carneiro
Ciência Hoje On-line

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Eleições: frases para reflexão


“A corrupção é como uma bola de neve: uma vez posta a rolar, fatalmente cresce.” Charles Caleb Colton

“Roubou, mas fez........fome. Contra a corrupção use esta arma: o voto.” Organização Transparência Internacional

"O que mais preocupa não é nem o grito dos violentos, dos corruptos, dos desonestos, dos sem-caráter, dos sem-ética. O que mais preocupa é o silêncio dos bons." Luther King

“Onde se acham em ação forças morais, é nosso dever fortalecê-las.” Stefan Zweig

“Todas as virtudes estão compreendidas na justiça: se és justo, és um homem de bem.” Teognis de Megara

"O melhor livro de moral é a nossa consciência. Temos que consultá-lo muito frequentemente." Blaise Pascal

“A coisa que mais odeio é a hipocrisia. É a mentira da mentira.” Tim Maia

“Nada pode ser politicamente certo se for moralmente errado.” Daniel O’Connel

“A cidadania não é atitude passiva, mas ação permanente, em favor da comunidade.” Tancredo Neves.

“O papel da Igreja, nas eleições, é ensinar o povo a pensar.” Dom Jayme Chemello

“O único progresso verdadeiro é o progresso moral.” José Saramago.

“Há duas liberdades: a falsa, em que o homem é livre para fazer o quiser; e a verdadeira, em que é livre para fazer o que deve.” Autor desconhecido

“Três coisas precisam os homens: prudência no ânimo, silêncio na língua e vergonha na cara.” Sócrates

“Perdoando demais a quem falhou, faz-se injustiça a quem não falha.” Baldassare Castiglione

“De todas as doenças do espírito humano, a fúria de dominar é a mais terrível.” Voltaire

“Devia existir uma lei que obrigasse político e família de político a só estudar em escola pública e só se tratar em hospital público. Eu não dava um ano pra estar tudo uma maravilha.” Taxista Anônimo.

"Todos aqueles, cuja alma é sufocada pela soberba e a arrogância, sempre estão fazendo se identificar também pela ingratidão, um dos mais baixos sentimentos que assolam a humanidade' Ivan Teorilang.

“Considero a honestidade e a integridade valores muito importantes e que devem ser mantidos e promovidos. Lembro que, para o meu pai, que completou apenas a quinta série, um aperto de mão era tão importante quanto um contrato assinado”. Irmã Annella, freira da Ordem Beneditina.

"O esquecimento é o adubo que nutre a impunidade”. Wesley E. Hayas.

“Eu espero que eu sempre possua firmeza e virtude suficientes para manter o que eu considero o mais invejável de todos os títulos, o caráter de um homem honesto”. George Washington.

"Quando dava pão aos pobres era chamado de Santo, quando perguntei por que os pobres não tinham pão, fui chamado de comunista" (Dom Helder Câmara)

“O ilícito não adquire legitimidade graças ao simples decurso de tempo.” Miguel Reale

“A omissão de quem pode e não auxilia o povo, é comparável a um crime que se pratica contra a comunidade inteira. Tenho visto muitos espíritos dos que foram homens públicos na terra em lastimável situação na vida Espiritual.” Chico Xavier

“A corrupção tem efeitos destrutivos. Abala as instituições, corrói a ética, desvirtua a justiça, impede o desenvolvimento econômico/social sustentável e enfraquece a vigência da lei.” Carlos Steger

“O que se promete sem cumprir é recebido como afronta pelo superior, injustiça pelo igual e tirania pelo inferior; que a língua não ofereça o que não se sabe se pode ser cumprido.” Diego de Saavedra Fajardo.

“Voto não tem preço, tem consequência, não venda sua consciência.” Autor desconhecido

“Uma sociedade só é democrática quando ninguém for tão rico que possa comprar alguém e ninguém seja tão pobre que tenha de se vender a alguém.” Jacques Rousseau
“O maior inimigo de um governo é um povo culto.” Jô Soares

“No dia em que o povo acordar os governantes não conseguirão dormir.” Autor desconhecido

“Um povo consciente é o maior medo de um governo mal intencionado.” Autor desconhecido

“Você tem a responsabilidade e uma missão importante, colocar na urna não só o voto pessoal, mas a consciência de que ele tem consequências para a sua vida e o futuro da cidade.” Autor desconhecido

“Um povo que elege corruptos não é vítima, é cúmplice.” Autor desconhecido

‎"Nada mais cretino e mais cretinizante do que a paixão política. É a única paixão sem grandeza, a única que é capaz de imbecilizar o homem." Nelson Rodrigues

"A maioria dos políticos e partidos são farinha do mesmo saco, eles não não têm compromisso com a população." José Costa

“Dê uma cara nova para o futuro do seu município. Vote limpo.” TSE

Por Professor José Costa

Como o cérebro mede o Tempo?


O cérebro humano mede o tempo por meio da observação dos movimentos.

Se alguém colocar você dentro de uma sala branca vazia, sem nenhuma mobília, sem portas ou janelas, sem relógio... você começará a perder a noção do tempo.

Por alguns dias, sua mente detectará a passagem do tempo sentindo as reações internas do seu corpo, incluindo os batimentos cardíacos, ciclos de sono, fome, sede e pressão sanguínea.

Isso acontece porque nossa noção de passagem do tempo deriva do movimento dos objetos, pessoas, sinais naturais e da repetição de eventos cíclicos, como o nascer e o pôr do sol.

Compreendido este ponto, há outra coisa que você tem que considerar:

Nosso cérebro é extremamente otimizado.

Ele evita fazer duas vezes o mesmo trabalho.

Um adulto médio tem entre 40 e 60 mil pensamentos por dia.

Qualquer um de nós ficaria louco se o cérebro tivesse que processar conscientemente tal quantidade.

Por isso, a maior parte destes pensamentos é automatizada e não aparece no índice de eventos do dia e portanto, quando você vive uma experiência pela primeira vez, ele dedica muitos recursos para compreender o que está acontecendo.

É quando você se sente mais vivo.

Conforme a mesma experiência vai se repetindo, ele vai simplesmente colocando suas reações no modo automático e 'apagando' as experiências duplicadas.

Se você entendeu estes dois pontos, já vai compreender porque parece que o tempo acelera, quando ficamos mais velhos e porque os Natais chegam cada vez mais rapidamente.

Quando começamos a dirigir automóveis, tudo parece muito complicado, nossa atenção parece ser requisitada ao máximo.

Então, um dia dirigimos trocando de marcha, olhando os semáforos, lendo os sinais ou até falando ao celular ao mesmo tempo.

Como acontece?

Simples: o cérebro já sabe o que está escrito nas placas (você não lê com os olhos, mas com a imagem anterior, na mente); O cérebro já sabe qual marcha trocar (ele simplesmente pega suas experiências passadas e usa, no lugar de repetir realmente a experiência).

Em outras palavras, você não vivenciou aquela experiência, pelo menos para a mente. Aqueles críticos segundos de troca de marcha, leitura de placa...
São apagados de sua noção de passagem do tempo...

Quando você começa a repetir algo exatamente igual, a mente apaga a experiência repetida.

Conforme envelhecemos, as coisas começam a se repetir - as mesmas ruas, pessoas, problemas, desafios, programas de televisão, reclamações... enfim... as experiências novas (aquelas que fazem a mente parar e pensar de verdade, fazendo com que seu dia pareça ter sido longo e cheio de novidades), vão diminuindo.

Até que tanta coisa se repete que fica difícil dizer o que tivemos de novidade na semana, no ano ou, para algumas pessoas, na década.

Em outras palavras, o que faz o tempo parecer que acelera é a...

ROTINA

Não me entenda mal.

A rotina é essencial para a vida e otimiza muita coisa, mas a maioria das pessoas ama tanto a rotina que, ao longo da vida, seu diário acaba sendo um livro de um só capítulo, repetido todos os anos.

Felizmente há um antídoto para a aceleração do tempo: M & M (Mude e Marque).

Mude, fazendo algo diferente e marque, fazendo um ritual, uma festa ou registros com fotos..

Mude de paisagem, tire férias com a família (sugiro que você tire férias sempre e, preferencialmente, para um lugar quente, um ano, e frio no seguinte) e marque com fotos, cartões postais e cartas.

Tenha filhos (eles destroem a rotina) e sempre faça festas de aniversário para eles, e para você (marcando o evento e diferenciando o dia).

Use e abuse dos rituais para tornar momentos especiais diferentes de momentos usuais.

Faça festas de noivado, casamento, 15 anos, bodas disso ou daquilo, bota-foras, participe do aniversário de formatura de sua turma, visite parentes distantes, entre na universidade com 60 anos, troque a cor do cabelo, deixe a barba, tire a barba, compre enfeites diferentes no Natal, vá a shows, cozinhe uma receita nova, tirada de um livro novo.

Escolha roupas diferentes, não pinte a casa da mesma cor, faça diferente.

Beije diferente sua paixão e viva com ela momentos diferentes.

Vá a mercados diferentes, leia livros diferentes, busque experiências diferentes.

Seja diferente.

Se você tiver dinheiro, especialmente se já estiver aposentado, vá com seu marido, esposa ou amigos para outras cidades ou países, veja outras culturas, visite museus estranhos, deguste pratos esquisitos..... em outras palavras.. V-I-V-A. !!!

Porque se você viver intensamente as diferenças, o tempo vai parecer mais longo.

E se tiver a sorte de estar casado(a) com alguém disposto(a) a viver e buscar coisas diferentes, seu livro será muito mais longo, muito mais interessante e muito mais v-i-v-o... do que a maioria dos livros da vida que existem por aí.

Cerque-se de amigos.

Amigos com gostos diferentes, vindos de lugares diferentes, com religiões diferentes e que gostam de comidas diferentes.

Enfim, acho que você já entendeu o recado, não é?

Boa sorte em suas experiências para expandir seu tempo, com qualidade, emoção, rituais e vida..

ESCREVA em tAmaNhos diFeRenTes e em CorES di f E rEn tEs!

CRIE, RECORTE, PINTE, RASGUE, MOLHE, DOBRE, PICOTE, INVENTE, REINVENTE.... VIVA!!!!!!!!

Fonte: UOL

Risco cardíaco é 60% maior para quem trabalha em excesso


O problema não é a carga horária, e sim o estresse, o sedentarismo e os maus hábitos

Quem trabalha de três a quatro horas a mais do que as oito regulamentares aumenta em 60% as chances de desenvolver doenças coronárias, em relação aos que batem o cartão na hora certa.

Esses profissionais estariam mais suscetíveis a sofrer de obstrução das artérias coronárias, desencadeando angina (dor no peito devido ao entupimento) e até infarto.
Os dados são de uma pesquisa publicada no "European Heart Journal", que seguiu 6.000 britânicos de meia-idade por 11 anos.

Segundo Luiz Antonio Machado Cesar, presidente da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo, o que está por trás do resultado não é o trabalho em si, mas os fatores de risco que cercam quem trabalha demais.

"Essas pessoas são mais estressadas e têm menos tempo para praticar atividades físicas, se alimentar melhor e dormir melhor."

O cardiologista Hélio Castello, do hospital Bandeirantes, comenta: "A pressão arterial de quem trabalha demais tende a ser mais elevada, já que a pressão é maior em situações de alerta".

PREVENÇÃO
Se não dá para reduzir as horas de trabalho, Roberto Kalil Filho, diretor do centro de cardiologia do Hospital Sírio-Libanês, recomenda uma dieta balanceada, uma hora diária de exercícios e exames periódicos.

"Há sempre um vácuo no dia em que as pessoas fazem coisas supérfluas e que poderia ser ocupado com exercícios", afirma. "O trabalho não mata ninguém. O que mata é não se cuidar."

Fonte: UOL - GUILHERME GENESTRETI

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Ter uma religião ajuda a reduzir a ansiedade e melhora a imunidade


Espiritualidade implica menor prevalência de depressão, abuso de drogas e suicídio, além de melhor qualidade de vida, maior capacidade de lidar com a doença, menor mortalidade e tempo de internação. Estudos comprovam benefícios de práticas como ioga e meditação à saúde.

A tradição diz que a fé move montanhas. E, além disso, ajuda a reduzir a ansiedade, segundo estudo publicado recentemente pela revista Psychological Science, dirigido por Michael Inzlicht, psicólogo da Universidade de Toronto, no Canadá.

O especialista aplicou um teste denominado Stroop, que utiliza eletrodos para controlar a cognição e avaliar respostas cerebrais a determinados estímulos num grupo de voluntários. E os resultados mostraram que quanto maior o nível de religiosidade, menor a atividade do córtex cingular anterior, vinculado ao controle inconsciente do perigo e dos problemas. O achado foi batizado de Marcador Neural de Convicções Religiosas.

O médico Mario Peres, pesquisador sênior do Instituto Israelita de Ensino e Pesquisa do Hospital Albert Einstein, afirma que existem muitos estudos epidemiológicos que evidenciam os benefícios da fé, da espiritualidade ou religiosidade para doenças mentais, menor prevalência de depressão, abuso de drogas e suicídio, melhor qualidade de vida, maior capacidade de lidar com a doença, menor mortalidade e tempo de internação, e ainda melhor função imunológica.

“Como os dados recentes para o Brasil indicam que 92,6% da população possui uma religião, falar sobre o sentido do sofrimento, no contexto de um tratamento médico, é um novo paradigma que, se não colabora para a cura do paciente, lhe garante melhora da qualidade de vida”, diz o especialista.

“A medicina integrativa é uma abordagem medica que visa a cura, abordando a pessoa em seu todo, corpo, mente e espírito, enfatizando as relações terapêuticas entre médico e paciente”, explica o médico Paulo de Tarso Lima, coordenador do Setor de medicina Integrativa e Complementar do Programa Integrado de Oncologia do Hospital Israelita Albert Einstein.

“Na prática, há um compromisso de comunicação entre o grupo de terapeutas envolvidos no tratamento, sem perder de vista a ideia de que a saúde do paciente não depende só desses profissionais”. “A meta comum deve ser estimular o autocuidado como valor para a vida, pois curar-se é também a capacidade de transcender a experiência do sofrimento”, conclui Lima.

Cristina Almeida - UOL Ciência e Saúde

terça-feira, 21 de setembro de 2010

Vote pela educação!


Este ano você vai escolher deputados, senadores, governador e presidente da República. Para descobrir se seu candidato está comprometido com a melhoria da Educação no Brasil:

Leia o passo a passo a seguir e descubra o que fazer antes de decidir em quem votar nessas eleições:

Informe-se

Saber o que os candidatos fazem pela Educação do Brasil é essencial para tomar uma decisão certa na hora de votar.

• Acompanhe o noticiário. Assista aos telejornais, leia revistas e jornais, acesse os sites de notícias.
• Se possível, varie os veículos em que busca informações (ex: assista cada dia a um telejornal diferente), para poder comparar as informações.
• Aproveite o tempo passado no transporte público para ler revistas e jornais. Falta de tempo não é desculpa para não se informar.

Pesquise na Internet

Vai ser difícil encontrar um candidato que não levante a bandeira da Educação. Mas é importante analisar se ele realmente está envolvido na melhoria da Educação do Brasil. Google neles!

• Digite o nome do candidato e a palavra Educação no site de pesquisa. Assim, você poderá verificar se há notícias ou artigos dele sobre o tema. Leia tudo o que puder. Em tese, quanto mais artigos sobre Educação ele tiver escrito, ou quanto mais tiver mencionado o tema em entrevistas, mais comprometido com a causa ele é.
• Repita a pesquisa combinando o nome do candidato com outros termos ligados à Educação (ex: escola pública, sala de aula, professores etc.) e veja o que ele pensa sobre esses assuntos.
. Acesse os sites da Câmara dos Deputados (www.camara.gov.br) e do Senado Federal (www.senado.gov.br). Você pode saber, por exemplo, quais projetos ele lançou.
. Siga o candidato em redes sociais como Orkut, Facebook e Twitter. Por meio dessas ferramentas, você descobre o que ele pensa sobre os mais diversos assuntos.
. Veja se o candidato já se envolveu em casos de corrupção e qual a frequência dele no trabalho, caso já participe da vida política brasileira. A ONG Transparência Brasil tem dois projetos que podem ajudá-lo nessa difícil tarefa: o Excelências (www.excelencias.org.br) e o Deu no Jornal (www.deunojornal.org.br).

Assista ao horário eleitoral

É no horário eleitoral que os candidatos apresentam as suas principais propostas para o futuro. Por isso, sempre que possível, é importante ouvir o que eles têm a dizer.

• Analise se o candidato aproveita o tempo na TV para apresentar projetos para a área de Educação ou se apenas ataca os adversários.
• Não se deixe levar pelo visual do programa. As propostas são o que realmente importam. A qualidade do programa é resultado da quantidade de dinheiro que o candidato dispõe.

Troque ideias

Conversar com parentes, amigos e colegas é uma maneira de conhecer opiniões diferentes e refletir sobre suas próprias posições.

• Deixe as paixões de lado e descubra por que nem todo mundo vai votar no mesmo candidato que você. Assim, descobrirá coisas interessantes sobre os outros concorrentes.
• Exponha a sua opinião para os outros. É uma forma de refletir sobre suas próprias escolhas.
Não se deixe manipular
• Nunca aceite doações ou presentes de candidatos, como cestas básicas e materiais de construções. Isso constitui compra de voto e é crime
• Se souber de algum candidato que esteja fazendo isso, denuncie-o. Descubra se o Tribunal Regional Eleitoral oferece o serviço de Disque-Eleitor. Se não for o caso, procure imediatamente o Ministério Público.

SABE POR QUE VOTAR EM CANDIDATOS COMPROMETIDOS COM A MELHORIA DA EDUCAÇÃO É IMPORTANTE?

• Porque Educação de qualidade para todos os cidadãos ajuda a reduzir a violência, a pobreza, a fome e a discriminação
• Porque cidadãos bem formados são mais bem remunerados e consomem mais, fazendo a economia girar.
• Porque a Educação brasileira ainda está em níveis muito abaixo da dos países desenvolvidos.
• Porque países que priorizaram o ensino de qualidade nas últimas décadas registraram um crescimento econômico acima da média (é o caso da Coreia do Sul e da Irlanda).
• Porque, quanto melhores forem as escolas de um país, mais qualificada será a mão de obra das empresas e melhores serão os produtos e serviços oferecidos ao consumidor.

VOTE BEM NAS ELEIÇÕES 2010

O Brasil só melhora com Educação de qualidade e você tem tudo a ver com isso

Embora a Educação do Brasil tenha melhorado nos últimos anos, falta muito para garantir ensino de qualidade a todos os brasileiros em idade escolar. Se não melhorarmos dramaticamente a qualidade do nosso ensino básico, não apenas tiraremos as chances para um futuro melhor de nossos filhos e netos. Liquidaremos de vez a esperança de criar um país próspero e desenvolvido em um mundo em que o grande diferencial está não nos recursos físicos, mas no conhecimento.

A Educação é uma das principais responsabilidades dos governos municipais, estaduais e federal — mas também depende de nosso envolvimento. E nós podemos ajudar a mudar o destino de nossa nação por meio do voto. Se selecionarmos candidatos comprometidos com a melhoria da Educação, podemos fazer a diferença. Veja os números abaixo:

• 39,5% dos jovens brasileiros de 16 anos não terminaram o Ensino Fundamental.
• Apenas 9,8% dos alunos do 3º ano do Ensino Médio sabem o conteúdo esperado de Matemática e 24,5%, o de Língua Portuguesa.
• 55,1% dos jovens brasileiros de 19 anos não conseguiram concluir o Ensino Médio.
• 74% da população brasileira não consegue entender um texto simples.

É por causa de números como esses que todos devemos nos mobilizar em prol da melhoria da Educação no Brasil. Votar bem no dia 3 de outubro é um grande passo, mas você pode começar agora, participando da campanha “Eu voto na Educação”. Com três cliques, você registra que a Educação é sua prioridade. Podem participar da campanha todos os que possuem conta em pelo menos uma destas três redes sociais: Orkut, Twitter ou Facebook. Não perca tempo!

Fonte: www.educarparacrescer.com.br

domingo, 19 de setembro de 2010

ENEM 2010: SAIBA COMO AS UNIVERSIDADES FEDERAIS IRÃO UTILIZAR A NOTA DO EXAME


Enem 2010: confira o aproveitamento da nota do exame em todas as universidades federais


A UFG (Universidade Federal de Goiás), a Unifap (Universidade Federal do Amapá) e a Unifal (Universidade Federal de Alfenas) já decidiram como a nota do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) será utilizada nos vestibulares para ingresso em 2011. Com isso, já é possível saber como todas as 59 universidades federais aproveitarão a nota do Exame.
A Unifal, localizada em Minas Gerais, irá ofertar todas as vagas do processo seletivo 2011, para o primeiro e o segundo semestre, pelo Sisu (Sistema de Seleção Unificada) do MEC (Ministério da Educação).
Na Unifap, 50% das vagas serão preenchidas pela nota do Enem 2010 ou 2009. O candidato deve realizar a inscrição no vestibular, no período de 1 de outubro a 1 de novembro, e indicar que pretende concorrer pelo uso do Enem. Esses candidatos estarão isentos do pagamento da taxa de inscrição. Confira outras informações sobre este processo aqui.
Para o vestibular da UFG, o Enem poderá ser usado para compor a média final do estudante. O uso da nota é opcional e só será aceito quando beneficiar o candidato. Segundo a instituição, algumas vagas dos cursos que ficaram com 20% ou mais de vagas ociosas serão disponibilizadas pelo Sisu.
Confira no quadro a forma de utilização do Enem em todas as universidades federais:

Veja como as Universidades Federais irão utilizar a nota do Enem 2010

Norte

Ufam (Universidade Federal do Amazonas) Vai disponibilizar parte das vagas do vestibular 2011 pelo Sisu (50%)

Ufac (Universidade Federal do Acre) 100% das vagas de filosofia e 50% das vagas de música/licenciatura serão preenchidas pelo Enem 2010

UFPA (Universidade Federal do Pará) Vai substituir a primeira fase do vestibular 2011 pelo Enem 2010

Ufra (Universidade Federal Rural da Amazônia) Vai usar o Enem como parte da nota do vestibular 2011

Unir (Universidade Federal de Rondônia) Vai substituir a primeira fase do vestibular 2011 pelo Enem 2010

UFRR (Universidade Federal de Roraima) Vai disponibilizar parte das vagas do vestibular 2011 pelo Sisu (20%)

Unifap (Universidade Federal do Amapá) Vai preencher 50% das vagas do vestibular 2011 pela nota do Enem 2010 ou 2009

UFT (Universidade Federal do Tocantins) Vai disponibilizar parte das vagas do vestibular 2011 pelo Sisu (25%)

Ufopa (Universidade Federal do Oeste do Pará Vai usar exclusivamente a nota do Enem 2010

Nordeste

UFS (Universidade Federal de Sergipe) Vai usar o Enem 2010 somente para vagas remanescentes

UFPI (Universidade Federal do Piauí) Vai disponibilizar parte das vagas do vestibular 2011 pelo Sisu (50%)

UFMA (Universidade Federal do Maranhão) Vai disponibilizar todas as vagas do vestibular 2011 pelo Sisu

UFRN (Universidade Federal do Rio Grande do Norte) Vai disponibilizar 245 vagas do vestibular 2011 pelo Sisu

Ufal (Universidade Federal de Alagoas) Vai usar o Enem 2010 somente para vagas remanescentes

UFBA (Universidade Federal da Bahia) Seleção pela nota do Enem para 1.460 vagas dos bacharelados interdisciplinares e 95 dos cursos superiores de tecnologia

UFPB (Universidade Federal da Paraíba) Vai disponibilizar parte das vagas do vestibular 2011 pelo Sisu (10%)

UFPE (Universidade Federal de Pernambuco) Vai substituir a primeira fase do vestibular 2011 pelo Enem 2010

UFC (Universidade Federal do Ceará) Vai disponibilizar todas as vagas do vestibular 2011 pelo Sisu

UFRPE (Universidade Federal Rural de Pernambuco) Vai disponibilizar todas as vagas do vestibular 2011 pelo Sisu

Ufersa (Universidade Federal Rural do Semi-Árido) Vai disponibilizar todas as vagas do vestibular 2011 pelo Sisu

UFCG (Universidade Federal de Campina Grande) Vai usar exclusivamente a nota do Enem 2010

Univasf (Universidade Federal do Vale do São Francisco) Vai disponibilizar todas as vagas do vestibular 2011 pelo Sisu

UFRB (Universidade Federal do Recôncavo da Bahia) Vai disponibilizar todas as vagas do vestibular 2011 pelo Sisu

Unilab (Universidade Federal da Integração Luso-Afro-Brasileira) Vai usar exclusivamente a nota do Enem 2010

Centro-oeste

UFMT (Universidade Federal de Mato Grosso) Vai disponibilizar todas as vagas do vestibular 2011 pelo Sisu

UnB (Universidade de Brasília) Vai usar o Enem 2010 somente para vagas remanescentes

UFG (Universidade Federal de Goiás) Vai usar o Enem como parte da nota do vestibular 2011/Vai disponibilizar parte das vagas pelo Sisu

UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) Vai disponibilizar todas as vagas do vestibular 2011 pelo Sisu

UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados) Vai usar o Enem 2010 somente para vagas remanescentes

Sudeste

Ufop (Universidade Federal de Ouro Preto) Vai disponibilizar todas as vagas do vestibular 2011 pelo Sisu

UFSCar (Universidade Federal de São Carlos) Vai disponibilizar todas as vagas do vestibular 2011 pelo Sisu

UFV (Universidade Federal de Viçosa) Vai disponibilizar parte das vagas do vestibular 2011 pelo Sisu (20%)/Vai usar o Enem como parte da nota

UFU (Universidade Federal de Uberlândia) Vai substituir a primeira fase do vestibular 2011 pelo Enem 2010/Vai disponibilizar 332 vagas pelo Sisu

UFSJ (Universidade Federal de São João Del Rei) Vai disponibilizar parte das vagas do vestibular 2011 pelo Sisu/Vai usar o Enem como parte da nota do vestibular 2011

UFF (Universidade Federal Fluminense) Vai disponibilizar parte das vagas do vestibular 2011 pelo Sisu (20%)

Ufes (Universidade Federal do Espírito Santo) Vai substituir a primeira fase do vestibular 2011 pelo Enem 2010

UFRRJ (Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro) Vai disponibilizar todas as vagas do vestibular 2011 pelo Sisu

UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais) Vai substituir a primeira fase do vestibular 2011 pelo Enem 2010

UFJF (Universidade Federal de Juiz de Fora) Vai substituir a primeira fase do vestibular 2011 pelo Enem 2010

UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) Vai disponibilizar parte das vagas do vestibular 2011 pelo Sisu (20% sistema de cotas/40% sistema universal)

Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) Vai disponibilizar 628 vagas pelo sistema misto (Enem 1ª fase) e 1.720 vagas pelo Sisu

Ufla (Universidade Federal de Lavras) Vai disponibilizar parte das vagas do vestibular 2011 pelo Sisu (60%)

Unifal (Universidade Federal de Alfenas) Vai disponibilizar todas as vagas do vestibular 2011 pelo Sisu

UFVJM (Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri) Vai disponibilizar parte das vagas do vestibular 2011 pelo Sisu (50%)

UFTM (Universidade Federal do Triângulo Mineiro) Vai usar o Enem como parte da nota do vestibular 2011

Unifei (Universidade Federal de Itajubá) (4 engenharias terão o Enem como 1ª fase/25 cursos serão disponibilizados pelo Sisu

UFABC (Universidade Federal do ABC) Vai disponibilizar todas as vagas do vestibular 2011 pelo Sisu

Unirio (Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro) Vai disponibilizar todas as vagas do vestibular 2011 pelo Sisu

Sul

UFFS (Universidade Federal da Fronteira Sul) Vai disponibilizar todas as vagas do vestibular 2011 pelo Sisu

UFCSPA (Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre) Vai disponibilizar todas as vagas do vestibular 2011 pelo Sisu

UFPel (Universidade Federal de Pelotas) Vai disponibilizar todas as vagas do vestibular 2011 pelo Sisu

UTFPR (Universidade Tecnológica Federal do Paraná) Vai disponibilizar todas as vagas do vestibular 2011 pelo Sisu

UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina) Vai usar o Enem como parte da nota do vestibular 2011

UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul) Vai usar o Enem como parte da nota do vestibular 2011

UFSM (Universidade Federal de Santa Maria) Vai usar o Enem como parte da nota do vestibular 2011

UFPR (Universidade Federal do Paraná) Vai disponibilizar parte das vagas do vestibular 2011 pelo Sisu (10%)/Vai usar o Enem como parte da nota do vestibular 2011

Unipampa (Universidade Federal do Pampa) Vai disponibilizar todas as vagas do vestibular 2011 pelo Sisu

Unila (Universidade Federal da Integração Latino-Americana) Vai disponibilizar todas as vagas do vestibular 2011 pelo Sisu

Furg (Fundação Universidade Federal do Rio Grande) Vai disponibilizar todas as vagas do vestibular 2011 pelo Sisu

O que é o Enem

O Enem é organizado pelo Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira). Mais de 4,6 milhões de estudantes se inscreveram para participar do Enem 2010. Exatamente 4.611.441 candidatos são esperados para fazer as provas nos dias 6 e 7 de novembro.
As provas terão a mesma estrutura do ano passado. Vão abranger as áreas de linguagens e códigos, ciências da natureza, matemática e ciências humanas. O exame terá quatro provas objetivas de múltipla escolha, com 45 questões cada uma, e redação. A novidade este ano serão as questões de língua estrangeira (inglês ou espanhol) na área de linguagens e códigos.
No primeiro dia do exame, um sábado, serão aplicadas as questões de ciências da natureza e ciências humanas. A prova começa às 13h e vai até as 17h30. No domingo, das 13h às 18h30, será a vez de matemática, linguagens e códigos e da redação.

Fonte: UOL

sábado, 18 de setembro de 2010

Sobre o Alzheimer


Meu pai está com Alzheimer. Logo ele, que durante toda vida se dizia 'o Infalível'. Logo ele, que um dia, ao tentar me ensinar matemática, disse que as minhas orelhas eram tão grandes que batiam no teto. Logo ele que repetiu, ao longo desses 54 anos de convivência, o nome do músculo do pescoço que aprendeu quando tinha treze anos e que nunca mais esqueceu: esternocleidomastóideo.

O diagnóstico médico ainda não é conclusivo, mas, para mim, basta saber que ele esquece o meu nome, mal anda, toma líquidos de canudinho, não consegue terminar uma frase, nem controla mais suas funções fisiológicas, e tem os famosos delírios paranóicos comuns nas demências tipo Alzheimer.

Aliás, fico até mais tranquilo diante do 'eu não sei ao certo' dos médicos; prefiro isso ao 'estou absolutamente certo de que....', frase que me dá arrepios.

E o que fazer... para evitarmos essas drogas?

Como?

Lendo muito, escrevendo, buscando a clareza das idéias, criando novos circuitos neurais que venham a substituir os afetados pela idade e pela vida 'bandida'.

Meu conselho: é para vocês não serem infalíveis como o meu pobre pai; não cheguem ao topo, nunca, pois dali só há um caminho: descer. Inventem novos desafios, façam palavras cruzadas, forcem a memória, não só com drogas (não nego a sua eficácia, principalmente as nootrópicas), mas correndo atrás dos vazios e lapsos.

Eu não sossego enquanto não lembro do nome de algum velho conhecido, ou de uma localidade onde estive há trinta anos.. Leiam e se empenhem em entender o que está escrito, e aprendam outra língua, mesmo aos sessenta anos.

Coloquem a palavra FELICIDADE no topo da sua lista de prioridades: 7 de cada 10 doentes nunca ligaram para essas 'bobagens' e viveram vidas medíocres e infelizes - muitos nem mesmo tinham consciência disso.

Mantenha-se interessado no mundo, nas pessoas, no futuro. Invente novas receitas, experimente (não gosta de ir para a cozinha?
Hum... Preocupante). Lute, lute sempre, por uma causa, por um ideal, pela felicidade. Parodiando Maiakovski, que disse 'melhor morrer de vodca do que de tédio', eu digo: melhor morrer lutando o bom combate do que ter a personalidade roubada pelo Alzheimer.

Dicas para escapar do Alzheimer:

Uma descoberta dentro da Neurociência vem revelar que o cérebro mantém a capacidade extraordinária de crescer e mudar o padrão de suas conexões.

Os autores desta descoberta, Lawrence Katz e Manning Rubin (2000), revelam que NEURÓBICA, a 'aeróbica dos neurônios', é uma nova forma de exercício cerebral projetada para manter o cérebro ágil e saudável, criando novos e diferentes padrões de atividades dos neurônios em seu cérebro. Cerca de 80% do nosso dia-a-dia é ocupado por rotinas que, apesar de terem a vantagem de reduzir o esforço intelectual, escondem um efeito perverso; limitam o cérebro.

Para contrariar essa tendência, é necessário praticar exercícios 'cerebrais' que fazem as pessoas pensarem somente no que estão fazendo, concentrando-se na tarefa. O desafio da NEURÓBICA é fazer tudo aquilo que contraria as rotinas, obrigando o cérebro a um trabalho adicional. Tente fazer um teste:

- use o relógio de pulso no braço contrário;
- escove os dentes com a mão contrária da de costume;
- ande pela casa de trás para frente; (vi na China o pessoal treinando isso num parque);
- vista-se de olhos fechados;
- estimule o paladar, coma coisas diferentes;
- veja fotos de cabeça para baixo;
- veja as horas num espelho;
- faça um novo caminho para ir ao trabalho.

A proposta é mudar o comportamento rotineiro!
Tente, faça alguma coisa diferente com seu outro lado e estimule o seu cérebro. Vale a pena tentar!

Roberto Goldkorn é psicólogo e escritor

Viver ou juntar dinheiro?


Recebi uma mensagem muito interessante de um ouvinte da CBN e peço licença para lê-la na íntegra, porque ela nem precisa dos meus comentários. Lá vai:

"Prezado Max meu nome é Renato, tenho 61 anos, e pertenço a uma geração azarada. Quando eu era jovem as pessoas diziam em escutar os mais velhos, que eram mais sábios agora me dizem que tenho de escutar os jovens porque são mais inteligentes.Na semana passada eu li numa revista um artigo no qual jovens executivos davam receitas simples e práticas para qualquer um ficar rico. E eu aprendi muita coisa. Aprendi por exemplo, que se eu tivesse simplesmente deixado de tomar um cafezinho por dia, durante os últimos 40 anos, eu teria economizado R$ 30.000,00. Se eu tivesse deixado de comer uma pizza por mês teria economizado R$ 12.000,00 e assim por diante. Impressionado peguei um papel e comecei a fazer contas, e descobri para minha surpresa que hoje eu poderia estar milionário.Bastava eu não ter tomado as caipirinhas que eu tomei, não ter feito muitas das viagens que fiz, não ter comprado algumas das roupas caras que eu comprei, e principalmente não ter desperdiçado meu dinheiro, em itens supérfluos e descartáveis. Ao concluir os cálculos percebi que hoje eu poderia ter quase R$ 500.000,00 na conta bancária. É claro que eu não tenho este dinheiro. Mas se tivesse sabe o que este dinheiro me permitiria fazer?Viajar, comprar roupas caras, me esbaldar com itens supérfluos e descartáveis, comer todas as pizzas que eu quisesse e tomar cafezinhos à vontade. Por isso acho que me sinto feliz em ser pobre. Gastei meu dinheiro com prazer e por prazer.E recomendo aos jovens e brilhantes executivos, que façam a mesma coisa que eu fiz. Caso contrário eles chegarão aos 61 anos com um monte de dinheiro, mas sem ter vivido a vida".

Por Max Gehringer

DENUNCIE OS CRIMES ELEITORAIS



DENUNCIE OS CRIMES ELEITORAIS


Ouvidoria do TRE/SE: (79) 2106-8777. E-mail: ouvidoria@tre-se.gov.br ou ainda por correspondência preenchendo o formulário eletrônico no site www.tre-se.gov.br. O prazo para as respostas às consultas é de 03 (três) dias. Na Procuradoria Regional Eleitoral: Enviar, por correio, a documentação endereçada à Procuradoria da República em Sergipe, situada na Avenida Beira Mar, nº 1064, Praia Treze de Julho, Aracaju/SE, CEP 49020-010: Enviar para o e-mail denuncia@prse.mpf.gov.br ou preencher formulário site www.prse.mpf.gov.br

Dando continuidade às ações do Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral, a OAB/SE cria um Disk Denúncia específico para recepcionar denúncias de atos que possam caracterizar crimes eleitorais. As denúncias podem ser feitas pelo telefone 3301 – 9130 ou por e-mail eleicoes2010@oabse.org.br.O telefone ficará à disposição da comunidade durante a semana, de segunda a sexta-feira, em horário comercial, das 8h às 12h e das 14h às 18h.

As denúncias serão recepcionadas por Natália Carmelo, secretária da Presidência da OAB/SE, para que a entidade possa fazer os encaminhamentos necessários para apuração dos fatos denunciados e a punição dos envolvidos em atos ilícitos durante o processo eleitoral. Obrigatoriamente, conforme adverte o presidente da OAB/SE, Carlos Augusto Monteiro Nascimento, o denunciante identifica-se, narra os fatos, apresenta as eventuais provas e a OAB/SE tem o compromisso de manter o denunciante em absoluto sigilo. “O anonimato pode incentivar o trote e denúncias maquiadas, o que não é o propósito do Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral”, explica o presidente da OAB/SE.

Fonte: Blog Cláudio Nunes - Infonet

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

SEMANA NACIONAL DE TRÂNSITO 2010



SEMANA NACIONAL DE TRÂNSITO 2010
18 a 25 de setembro

TEMA: CINTO DE SEGURANÇA E CADEIRINHA

A redução das lesões e mortes no trânsito é um desafio mundial. Mais de um milhão de pessoas de todas as nações são vítimas fatais de acidentes de trânsito. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), há cinco fatores que causam o maior número de mortes e lesões no trânsito entre os quais está a não utilização do cinto de segurança.

No Brasil, em 2008, de acordo com pesquisa da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia (SBOT), 88% dos ocupantes dos bancos dianteiros de veículos automotores utilizam o cinto de segurança. Provavelmente, este comportamento reflete ações de educação e fiscalização de trânsito que mobilizaram os cidadãos de forma eficiente. Prática de notável relevância para segurança do trânsito brasileiro haja vista que o uso do cinto pelo condutor e pelo passageiro do banco dianteiro reduz em 50% o risco de morte em uma colisão de trânsito.

Apesar disso,o mesmo estudo realizado pela SBOT indica que apenas 11% dos passageiros utilizam o cinto no banco traseiro. O risco de morte de um condutor utilizando o cinto de segurança, como resultado de um passageiro do banco traseiro sem cinto, é cinco vezes maior do que seria se esse passageiro estivesse retido pelo cinto.

Os acidentes de trânsito representam a principal causa de morte de crianças de 1 a 14 anos no Brasil. Em 2008 foram registradas 22.472 vítimas não fatais de acidentes de trânsito, com idade entre 0 e 12 anos de idade e 802 vítimas fatais de mesma faixa etária (Dados Denatran).

Dentre estes acidentes de trânsito, estão os que vitimam a criança na condição de passageira de veículos. Neste caso é exatamente o uso do dispositivo de retenção, popularmente conhecido como bebê conforto, cadeirinha ou assento de elevação, que pode diminuir drasticamente as chances de lesões graves – e de morte – no caso de uma colisão.

O uso do cinto de segurança não é a forma mais segura para transporte de crianças em veículos, pois foi desenvolvido para pessoas com no mínimo 1,45 de altura. Por este motivo é necessário o uso de um dispositivo de retenção adequado às condições da criança.

O Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) realizou um levantamento de dados constituídos a partir da pesquisa “A balada, a carona e a Lei Seca”, realizado em 2009, em seis capitais brasileiras, onde registrou que apenas 2 em cada 10 jovens do ensino médio usam SEMPRE o cinto de segurança.

Nesse sentido, trabalhar pela utilização do cinto de segurança e dos dispositivos de retenção adequado às condições da criança é um desafio; um compromisso a ser assumido por todos os profissionais da área. Além de diminuir a taxa de mortalidade em acidentes, o cinto de segurança reduz a severidade das lesões sofridas pelos ocupantes do veículo em uma colisão. Acrescenta-se ainda que o cinto previne a ejeção de condutor e passageiros do veículo, comum em capotamentos. De acordo com o American College of Emergency Physicians, 44% dos passageiros que viajavam sem cinto e que morreram foram ejetados, parcial ou totalmente, do veículo.

Importante considerar que a prevenção de mortes e lesões no trânsito a partir da utilização do cinto de segurança impacta diretamente nos custos hospitalares e demandas de reabilitação.

O tema “CINTO DE SEGURANÇA E CADEIRINHA”, da Semana Nacional de Trânsito de 2010, possibilitará que os órgãos e entidades do Sistema Nacional de Trânsito promovam, à população em geral, ações de segurança a partir de um aspecto pontual. É uma oportunidade para suscitar reflexões, incentivar discussões e criar atividades que explorem com profundidade a real importância e necessidade do uso do cinto de segurança e dos dispositivos de retenção adequado às condições da criança.

ALFREDO PERES DA SILVA
Presidente do Contran e Diretor do Denatran

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Exercícios que evitam o ronco


Reduza a "sinfonia" noturna fazendo os movimentos certos com a língua três minutos todos os dias.

Como fazer os movimentos

1. Escove a língua
Passe a escova de dentes nas laterais da língua, sempre com movimentos da frente para o fundo.

2. Afile a língua
Coloque-a pra trás, até encosta-lá no céu (e no fundo) da boca.

3. Sugue
Erga a língua até o céu da boca e toque nos dentes da frente.

4. Contraia a "campainha"
Engula em seco e, logo em seguida, tente pronunciar "aaa".

5. Eleve o lábio
Erga o lábio de baixo (inferior) o mais próximo possível do nariz (fazendo careta). Segure e solte.

6. Force o maxilar
Force o maxilar para baixo enquanto o empurra, com a mão, para cima.

Tente evitar as causas do barulho

Álcool
Bebidas alcoólicas relaxam a musculatura do pescoço e fazem o ar entrar com dificuldade na garganta.

Barriga para cima
Dormir de barriga para cima deixa a língua caída, fechando a garganta. Uma boa alternativa é dormir de lado.

Gripes, alergias e resfriados
De nariz entupido, você respira pela boca - e isso é um passo para o ronco!

Obesidade
A obesidade provoca flacidez dos tecidos da garganta e também dificulta a passagem do ar.

Pescoço curto
Pessoas com pescoço grosso e curto têm mais dificuldade para respirar.

Verifique o resultado

. Os exercícios aqui apresentados são recomendados pelo pneumologista Geraldo Lerenzi Filho, diretor do Laboratório do Sono, do Instituto do Coração, de São Paulo.

. Esses movimentos diminuem o ronco quase pela metade, mas não curam o problema se o paciente não tratar as causas.

. A ocorrência de apneia durante o sono é reduzida em até 60%.

. A circunferência do pescoço costuma diminuir cerca de 1 cm após quatro meses de exercícios.

Fonte: Revista Ana Maria

Lei do Caminhão de Lixo


Um dia peguei um táxi para o aeroporto. Estávamos rodando na faixa certa quando de repente um carro preto saltou do estacionamento na nossa frente.
O taxista pisou no freio, deslizou e escapou do outro carro por um triz! O motorista do outro carro sacudiu a cabeça e começou a gritar para nós nervosamente. Mas o taxista apenas sorriu e acenou para o cara, fazendo um sinal de positivo. E ele o fez de maneira bastante amigável.
Indignado lhe perguntei: 'Porque você fez isto? Este cara quase arruína o seu carro e nos manda para o hospital!'
Foi quando o motorista do táxi me ensinou o que eu agora chamo de:

"A Lei do Caminhão de Lixo."

Ele explicou que muitas pessoas são como caminhões de lixo. Andam por ai carregadas de lixo, cheias de frustrações, cheias de raiva, traumas e de desapontamento. À medida que suas pilhas de lixo crescem, elas precisam de um lugar para descarregar, e às vezes descarregam sobre a gente. Não tome isso pessoalmente. Isto não é problema seu!

Apenas sorria, acene, deseje-lhes bem, e vá em frente. Não pegue o lixo de tais pessoas e nem o espalhe sobre outras pessoas no trabalho, em casa, ou nas ruas. Fique tranquilo... respire e deixe o lixeiro passar.

O princípio disso é que pessoas felizes não deixam os caminhões de lixo estragar o seu dia. A vida é muito curta, não leve lixo. Limpe os sentimentos ruins, aborrecimentos do trabalho, picuinhas pessoais, ódio e frustrações.
Ame as pessoas que te tratam bem. E trate bem as que não o fazem.
A vida é dez por cento do que você faz dela e noventa por cento a maneira como você a recebe!

Livre-se do lixo!

Autor desconhecido

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

HORÁRIO DE VERÃO 2010


Horário de verão 2010-2011 vai começar no dia 17 de outubro

Horário de Verão é a alteração do horário de uma região, designado apenas durante uma parte do ano, adiantando-se uma hora no fuso horário oficial local. O procedimento é adotado durante o verão, quando os dias são mais longos, em função da posição da Terra em relação ao Sol.

O horário de verão deste ano terá início no dia 17 de outubro e terminará no dia 20 de fevereiro de 2011. Neste período, os brasileiros que moram nas regiões Centro-Oeste, Sul e Sudeste terão que adiantar o relógio em uma hora.

Segundo o Ministério de Minas e Energia, nos últimos anos a redução média da demanda de energia elétrica tem sido em torno de 5%, nas regiões onde o horário de verão foi aplicado. A medida tem como objetivo reduzir os picos de demanda por energia, proporcionando uma utilização mais uniforme durante o dia.

O adiantamento do horário em uma hora diminui o carregamento nas linhas de transmissão, subestações e nos sistemas de distribuição, de forma que o atendimento em épocas de maior consumo ocorra com maior eficiência.

Sabrina Craide - Repórter da Agência Brasil

terça-feira, 14 de setembro de 2010

Quanto custa a destruição do meio ambiente?


De acordo com o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma), a destruição da natureza causa prejuízos anuais de até 8 trilhões de reais. E olha que o estrago pode ser até maior, já que o Pnuma não leva em conta todas as atividades destrutivas no planeta, pois nem sempre é possível convertê-las em valores monetários. O montante desperdiçado equivale a mais de 10% do valor do que a natureza gera para a humanidade. Ao todo, "serviços" como água potável, solos férteis e outros recursos naturais rendem 79 trilhões de reais por ano. Se o ritmo de devastação não diminuir, em 40 anos o preju anual pode chegar a 7% da riqueza produzida no planeta, ou seja, pouco mais de 31 trilhões de reais. Para fazer essas contas alarmantes, a ME usou relatórios do Pnuma publicados entre 2008 e 2010.

PREJUÍZO GLOBAL

Ações do homem e da própria natureza detonam o meio ambiente e custam caro para o planeta

DESMATAMENTO (44%)
PREJUÍZO ANUAL R$ 3,5 trilhões
A principal causa dos desmatamentos pelo mundo é a necessidade de criar mais espaço para agricultura. O resultado disso é a chamada conversão de habitat - destruição das florestas para fins comerciais. A América do Sul e a África foram os continentes que registraram maior perda líquida de florestas nos últimos dez anos. Vale lembrar que as florestas compõem 31% da superfície terrestre. O consolo é que o ritmo do desmatamento diminuiu cerca de 18% nesta década

- Entre 2001 e 2010, foram desmatados 130 mil km2 ao redor do mundo, contra 160 mil km2 na década de 1990. Ou seja, nos últimos dez anos, o mundo deixou de perder uma área florestal equivalente ao estado de Alagoas

- Considerando a média anual do desmatamento (13 mil km2), dá para dizer que cada metro quadrado desmatado equivale a uma perda de R$ 270. Nesta "cotação", o desmatamento da Amazônia ao longo da história equivale a R$ 231 trilhões

- O desmatamento na Amazônia diminui 74% entre 2003 e 2009

ESPÉCIES INVASORAS (31%)
PREJUÍZO ANUAL R$ 2,5 trilhões
Espécies animais e vegetais que invadem ecossistemas também causam muito prejuízo mundo afora. No reino animal, os invasores desequilibram a cadeia alimentar e entre os vegetais, competem com espécies cultivadas por recursos essenciais como água, luz e oxigênio, além de hospedar pragas. Isso aumenta o custo de produção dos alimentos e compromete a fertilidade do solo

- Na África Subsaariana, que inclui 47 países, como Quênia, Senegal e Uganda, a erva-bruxa invasora ocasionou cerca de R$ 12 bilhões por ano de prejuízos nas culturas de milho

- Os coelhos causam R$ 655 milhões de perdas à agricultura da Austrália todo ano

- O mexilhão zebra e a amêijoa-asiática, moluscos introduzidos por acidente no litoral dos EUA, dão um preju anual de R$ 8,8 bilhões

- A introdução do parasita Gyrodactylus salaris, fez com que a densidade de salmões nos rios da Noruega caísse em 86%, gerando um prejuízo estimado em R$ 35 milhões

- Entre 1995 e 2005, o capim-chorão (Eragrostis plana) causou R$ 51 milhões em prejuízos à agricultura gaúcha (linkar com o boxe PRAGAS BRASILIS)

OUTROS* (25%)
PREJUÍZO ANUAL R$ 2 trilhões
Aqui entram vários estragos "menores" ao meio ambiente, como desgaste dos solos, pesca excessiva e extinção de espécies. De acordo com a agrônoma Patrícia Monquero, da Ufscar, há três formas de degradação do solo: a química (queda de fertilidade), física (erosão, compactação) e biológica (perda de biodiversidade). A sobrepesca é um problema tão grave que já atinge 80% dos estoques pesqueiros mundiais

- Quase um quarto dos solos do planeta estão degradados (30% desta área é de florestas, 20% pertence a áreas agrícolas e 10% a pastos). A maior parte deste chão maltratado fica na África, centro-norte da Austrália, sudeste da Ásia e pampas sulamericanos

- Atualmente, os esforços de pesca são 5 vezes maiores do que na década de 1970. Ou seja, é preciso gastar 5 vezes mais tempo e dinheiro para pescar a mesma quantidade de 40 anos atrás

- Os países que mais sofrem com sobrepesca são os africanos Mauritânia, Gâmbia, Senegal e Serra Leoa

- Todo ano, há um prejuízo mundial de R$ 60 bilhões relativos ao que é pescado e não é consumido

Fonte: Revista Mundo Estranho - por Pedro Proença

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Eleições: o futuro é agora


No futuro não muito distante, um jovem ao completar 16 anos tirou seu título de eleitor, para votar pela primeira vez, mas antes que isto acontecesse, ele resolveu estudar sobre o processo eleitoral de algumas décadas atrás; então começou a pesquisar e a perguntar aos mais velhos como se comportavam os políticos e eleitores num dos momentos mais importantes de suas vidas como cidadão; a escolha daqueles que o representaria no poder executivo e legislativo.

Com o estudo, ficou perplexo e indignado com as atitudes de alguns eleitores que vendiam ou trocavam o voto por dinheiro, materiais de construção ou alimentos ao político corrupto; votavam em branco ou nulo perdendo o direito de escolher bons políticos; não gostavam de ouvir, falar e participar dos acontecimentos políticos, não sabendo ele que sua ignorância política só favorecia ao político corrupto; votavam no político profissional que há muito tempo estava no poder e quase nada fazia de concreto para o povo; elegia político de promessas que só lembrava do povo na época das eleições e os enganavam depois de eleito; não procuravam conhecer as propostas dos políticos para os interesses ao bem comum da população; deixavam ser enganados por cabos eleitorais ou propagandas enganosas a serviço de políticos sem escrúpulos; reclamavam dos políticos, mas na hora de votar não tinham coragem, determinação e cidadania para mudar e tirar os maus políticos da vida pública; achavam que era só votar e pronto, cumpriu com o dever e o direito de cidadão, não acompanhando as ações do seu candidato quando estivesse eleito; votavam na reeleição de políticos que não trabalhavam para o desenvolvimento da comunidade e bem estar de todos os cidadãos.

O jovem também encontrou relatos do político ideal, aquele que tinha proposta política viável, defendendo a vida, os direitos humanos e a luta pelo bem comum de todos; e do eleitor consciente, que valorizava o voto pensando, questionando e refletindo sobre a importância de sua decisão como cidadão.

Depois de muito pesquisar, o jovem concluiu que o eleitor precisa analisar e refletir melhor sobre o passado e o presente dos políticos e a importância do voto dele como cidadão consciente, porque se votar errado terá que esperar mais quatro anos para tomar a decisão certa.

Acredite no futuro, o futuro é agora, com consciência e cidadania na hora de escolher os futuros governantes.

Por Professor José Costa