segunda-feira, 30 de novembro de 2015

Como perder gordura abdominal

Confira a melhor alimentação, exercícios, tratamentos estéticos e cirurgias para perder a gordura abdominal

Veja as estratégias para queimar gordura abdominal

Como perder gordura abdominal? Esta é uma das dúvidas mais frequentes e para a qual existem as mais diferentes respostas. O fato é que a perda de gordura abdominal costuma ocorrer por uma combinação de fatores.

Por isso, entrevistamos uma nutricionista, uma educadora física, uma médica especialista em estética e um cirurgião plástico para apontar quais os principais métodos para perder a gordura abdominal em suas áreas de atuação. Confira:

Alimentação para perder gordura abdominal
A alimentação é um fator essencial para a perda de gordura abdominal. Primeiro, algumas mudanças simples nos hábitos alimentares já fazem toda a diferença. Procure fracionar suas refeições, consumindo café-da-manhã, almoço, jantar e lanches da manhã, tarde e noite. "Quando o indivíduo fraciona mais as refeições, ele deixa de comer em grandes quantidades e acelera o metabolismo, auxiliando assim na queima de gordura abdominal", explica a nutricionista Karina Valentim, da Patricia Bertolucci Consultoria.
Outra mudança importante envolve beber água com maior frequência. A ingestão de água auxilia na regulação do organismo uma vez que é essencial para o funcionamento diário do intestino, eliminação de toxinas e excesso de eletrólitos pela urina e transpiração. "Esse balanço diário pode auxiliar na perda de peso do indivíduo", destaca Karina Valentim.
Busque sempre ter uma alimentação balanceada. "É essencial não só para a queima de gordura abdominal, mas também fornece energia ao indivíduo, principalmente para aqueles que vivem reclamando de cansaço, fadiga ao final do dia e não conseguem realizar exercícios físicos", observa Karina Valentim.

Alimentos que ajudam na perda de gordura abdominal
Ter uma alimentação saudável, rica em frutas, legumes, verduras, carnes magras e grãos integrais, já contribui imensamente para a perda de gordura abdominal. Porém, alguns alimentos são especialmente eficazes na queima de gordura, veja quais são eles:
Alimentos ricos em ômega 3: Alimentos ricos em Ômega 3 atuam indiretamente na queima de gordura. Sardinha, atum, salmão e arenque são os peixes mais ricos em ômega-3. "Esta gordura insaturada é responsável por diminuir as citocinas inflamatórias, presente em casos de excesso de peso e gordura abdominal localizada. Então podemos dizer que ômega 3 é responsável pelo efeito anti-inflamatório e isso auxiliaria na redução de gordura abdominal", conta Karina Valentim.
Além disso, alguns estudos sugerem que o ômega-3, quando consumido por pessoas acima do peso teria um efeito positivo na saciedade. Recomenda-se a ingestão destes tipos de peixes de 2 a 3 vezes na semana de preferência assados, cozidos ou grelhados em pouca gordura.
Chás verde: O chá verde possui ação termogênica, ou seja, contribui para uma queima de calorias mais intensa. Isto ocorre porque ele é rico em cafeína. "Estudos comprovam a ação lipolítica do chá verde, uma vez que seu consumo associado a prática de atividade física aumentaria a oxidação de gorduras", diz Karina Valentim. A orientação é ingerir cerca de 3 xicaras de chá verde. "Porém, sua indicação e utilização deve ser avaliada, uma vez que indivíduos com problemas gástricos e sensíveis a cafeína, podem ter problemas", alerta Karina Valentim.
Chá de hibisco: Uma pesquisa publicada no Journal of Ethnopharmacology da Sociedade Internacional de Etnofarmacologia concluiu que o chá de hibisco é capaz de reduzir a adipogênese, processo em que as células amadurecem e se tornam capazes de acumular gordura. Ao diminuir este processo, o chá de hibisco contribui para que menos gordura fique acumulada na região do abdômen e nos quadris. Ainda não está claro qual é a substância presente na bebida que é responsável pelo benefício. Porém, acredita-se que a ação antioxidantes dos flavonoides antocianina e quercetina contribuem para reduzir o depósito de gordura.
Pimentas: As pimentas contém um composto chamado capsaicina. "Este ativo age na liberação de endorfinas, substâncias que promovem o bem-estar, além de liberarem catecolaminas, neurotransmissores responsáveis pela diminuição do apetite, podendo ser utilizada por quem quer perder gordura localizada e reduzir a fome intensa", orienta Karina Valentim.
Estudos mostram que administração de capsaicina estimula a atividade do sistema nervoso simpático, aumentando a mobilização de lipídios do tecido adiposo. E incluir 0,9g de pimenta vermelha nas principais refeições já apresenta benefícios para a saúde. O alimento pode pode ser consumido cru ou em pratos quentes.
Gengibre: Pesquisas mostram que o gengibre também está ligado ao aumento da termogênese. "O gingerol, composto principal, exerce funções antioxidantes, antifúngicas, anti-inflamatórias, inibe a agregação das plaquetas evitando o aparecimento de trombos", observa Karina Valentim.
O consumo deste condimento é indicado também em processos de inflamação, como no caso da obesidade e gordura localizada. Contudo, é importante ter cautela no seu uso, altas concentrações de gengibre podem provocar efeitos indesejáveis como aumento do fluxo sanguíneo, aborto em gestantes, gastrites, úlceras e pirose.
A quantidade indicada de gengibre são duas fatias pequenas por dia. Isto é o suficiente para se ter o efeito termogênico durante o dia. Pode ser consumido cru ou refogado, usando-o em saladas, molhos, refogados com legumes, batido com sucos e até suchás.
Canela: A canela possui ação termogênica quando introduzida na alimentação aumentando o gasto calórico do organismo durante a digestão e o processo metabólico, além disso possui ação anti-inflamatória, importante para indivíduos que apresentam excesso de peso (inflamação crônica). A canela ainda possui boas quantidades de cromo, nutriente responsável pela melhora da sensibilidade à insulina e no controle da glicemia sanguínea. Pode ser usada em frutas (banana assada), vitaminas e também em preparações quentes, pois seus componentes não são destruídos pelo calor. Também ajuda na compulsão por doces (porção indicada: 1 a 2 colheres de chá ao dia).

Alimentos que favorecem o acúmulo de gordura
Alimentos com gordura trans: Este tipo de gordura pode ser encontrada em alguns biscoitos, sorvetes, bolos industrializados, entre outros. A indústria utiliza a gordura trans para dar mais palatabilidade e duração de prateleira aos alimentos. Apesar da recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS) de que o consumo máximo de gordura trans não ultrapasse 1% do valor energético total diário, na dieta ocidental estes valores representam 2,6%. "Esse tipo de gordura aumenta o LDL colesterol (considerado em excesso ruim para o organismo) e diminui o HDL (?colesterol bom?). Além disso, agem também aumentando os triglicerídeos (gordura localizada) que pode ser armazenado no tecido adiposo", diz Karina Valentim.
Carboidratos simples: Os alimentos ricos em carboidratos simples possuem alto índice glicêmico, como aqueles ricos em açúcares, refrigerantes, doces e outros, e os que contam com muita farinha branca, como pão francês, massas e outros. "A digestão desses alimentos acontece rapidamente elevando os níveis do hormônio anabólico, insulina, que por consequência acaba transformando o excesso de glicose sanguínea em triacilglicerol e armazenando no tecido adiposo", diz Karina Valentim.
Alimentos ricos em gorduras saturadas: O consumo de gorduras saturadas também pode estar relacionado ao acumulo de gordura abdominal, risco de excesso de peso e doenças cardíacas. A ingestão de gorduras suturadas na dieta não deve ultrapassar 10% do valor energético total do dia, devendo dar preferência ao consumo de gorduras insaturadas, presente em peixes, oleaginosas (nozes, castanhas) e no azeite de oliva. Os alimentos com grandes quantidades de gorduras saturadas são: carnes vermelhas, leite integral, manteiga e queijos.
Bebidas alcoólicas: O álcool é uma substância tóxica para o organismo e o fígado dá preferência para metaboliza-lo primeiro. Essa mudança no metabolismo do fígado favorece o acúmulo de gordura no organismo. Além do que o excesso de álcool poder causar outros prejuízos à saúde.

Exercícios que queimam a gordura abdominal
Para conseguir queimar gordura abdominal a recomendação é praticar atividades aeróbicas, mesclando diferentes intensidades. "Exemplos bons são os treinos em circuito, caminhar e correr na mesma sessão de treino, nadar com intensidades diferentes e pedalar em terrenos diferentes com aclives e declives", orienta a educadora física Fernanda Andrade.
Para a melhor definição do abdômen, uma boa combinação é entre exercícios aeróbicos e abdominais. Os exercícios de musculação não devem ser deixados para trás."Todos os exercícios de musculação são ótimos. Os treinos em circuito na musculação ajudam muito", orienta Fernanda Andrade.

Tratamentos estéticos
Alguns tratamentos estéticos contribuem para a queima de gordura abdominal. Porém, antes de realizá-los é essencial ter alguns cuidados. "Todos os tratamentos devem ter indicação médica, pois o histórico clinico de cada pessoa pode contraindicar uma ou outra técnica", explica a cirurgiã-geral Joana d'Arc Diniz, pós-graduada em Medicina Estética e tricologia e diretora científica da Sociedade Brasileira de Medicina Estética (Regional Rio).
A quantidade de gordura também é fundamental para indicarmos o tratamento mais adequado. Para algumas técnicas pode ser contraindicada a exposição solar imediatamente após o tratamento. A atividade física é sempre bem-vinda após qualquer tratamento que vise diminuir teor de gordura. "Porém, em alguns tratamentos preferimos deixá-la para o dia seguinte a sessão. A ingestão de líquidos, água principalmente, está recomendada a fim de melhorar a drenagem", afirma Joana d'Arc Diniz. A seguir confira quais os principais tratamentos estéticos:
Criolipíolise: A criolipólise é um tratamento para gordura localizada que utiliza baixas temperaturas sobre a área de gordura, causando um congelamento das células gordurosas e assim o corpo entende que as células resfriadas não fazem mais parte do organismo e as elimina. "O aparelho é colocado na superfície da pele, fazendo as células de gordura serem congeladas", explica Joana d'Arc Diniz.
Ultrassom: O ultrassom são ondas que promovem um efeito vibracional sobre as células gordurosas, fazendo com a parede do adipócito se desestabilize e sofra rupturas, com consequente extravasamento do conteúdo, para que ele seja eliminado. "A esse fenômeno chamamos cavitação. O ultrassom para auxiliar no tratamento da gordura necessita de frequência especifica para atingir o tecido gorduroso", explica Joana d'Arc Diniz.
Carboxiterapia: A injeção de gás carbônico medicinal promove um aumento da acidez no meio ( pH ) e isso desestabiliza as membranas das células gordurosas facilitando a mobilização de gordura e consequente eliminação. "Outro meio de ação é através da vasodilatação que o gás promove e isso faz com que aumente o aporte de nutrientes para os tecidos, além de melhorar a drenagem da gordura, já que melhora a microcirculação no local", conta Joana d'Arc Diniz.
Lipocavitação: Este tratamento é realizado através de um aparelho que promove aquecimento intenso do tecido gorduroso, fazendo com que as células gordurosas se desestabilizem e sofram ruptura de suas membranas. "Com isso, o conteúdo é extravasado e drenado do local", afirma Joana d'Arc Diniz.
Infiltração: Envolve colocar nos tecidos medicamentos que promovem a queima de gorduras, os lipolíticos. "Temos no mercado uma gama de medicamentos para esse fim que ajudam no tratamento da gordura localizada, sendo indicados em sessões semanais ou quinzenais, após avaliação médica", observa Joana d'Arc Diniz.

Procedimentos cirúrgicos
Lipoaspiração: A lipoaspiração é indicada quando a pessoa se encontra no seu peso ideal, ou próximo à ele, e cuja gordura localizada, no caso a abdominal, não consegue ser eliminada através de atividades físicas ou por meio de uma dieta alimentar balanceada. "O objetivo da cirurgia é remodelar o contorno corporal, isto é, aspirar à gordura localizada de determinada região. É importante salientar que a lipoaspiração não trata obesidade e, sim gordura localizada", destaca o cirurgião plástico André Eyler, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e da American Society of Plastic Surgeons.
Saiba que segundo o Conselho Federal de Medicina a quantidade de gordura que será lipoaspirada não deve ultrapassar 7% do peso corpóreo do paciente. Em uma pessoa de 70 quilos, isto seria cerca de 5 litros de gordura. "No entanto, na prática, geralmente se retira um pouco mais de três litros de gordura. O exagero na remoção pode debilitar o organismo porque junto com a gordura há também sucção de sangue", alerta André Eyler.
HLPA: Esta técnica associa dois métodos já consagrados no mercado, que são a lipoaspiração com micro-cânulas e a hidrolipoclasia ultrassônica. Este último procedimento também é chamado de hidrolipoclasia aspirativa ou lipoaspiração sob anestesia local. "A HLPA é uma opção bastante segura de tratamento para gordura localizada, por combinar a técnica infiltrativa e a utilização de ultrassom estético. Sua principal recomendação é a retirada de pequenos volumes de distintas regiões do corpo, inclusive, o abdômen", afirma André Eyler. A média de remoção de gordura e de até 1500 ml por região do corpo.


domingo, 29 de novembro de 2015

Felicidade: 7 dicas da ciência para ser mais feliz

Felicidade é a maior busca humana. Todos nós experimentamos picos emocionais ao longo de nossas vidas – com uma promoção no trabalho, no dia do nosso casamento, com o nascimento de um filho etc. Mas esses momentos produzem sentimentos temporários de euforia, e especialistas dizem que não são suficientes para alcançar a verdadeira felicidade.

A felicidade não é apenas um estado emocional. Décadas de pesquisa provam que é algo muito mais profundo. Na verdade, a ciência mostra que as pessoas felizes vivem vidas mais longas e saudáveis.

A boa notícia é que possível ser feliz tomando pequenas atitudes, independentemente do nosso meio ambiente ou genética.

Confira sete maneiras de aumentar felicidade e sua satisfação com a vida:

Seja positivo
Um estudo da Universidade de Harvard (EUA) descobriu que os otimistas não só são mais felizes, como são 50% menos propensos a ter doença cardíaca, um ataque cardíaco ou um acidente vascular cerebral.
A conclusão é que manter uma perspectiva positiva oferece proteção contra doenças cardiovasculares. Já os pessimistas têm níveis mais baixos de felicidade em comparação com os otimistas e têm três vezes mais chances de desenvolver problemas de saúde à medida que envelhecem.

Aprenda com as pessoas que já são felizes
A Dinamarca vira e mexe ganha o primeiro lugar em qualquer índice que mede o bem-estar e a felicidade dos países de todo o mundo. O que faz dessa a nação a mais feliz do mundo?
Claro, coisas como a expectativa de vida, produto interno bruto e baixa corrupção ajudam – e muito. Mas o nível geral de felicidade na Dinamarca tem mais a ver com a generosidade que é comum entre os cidadãos, a liberdade que eles têm para fazer escolhas de vida e um sistema de apoio social forte, de acordo com a Organização das Nações Unidas.

Trabalhe menos
Os dinamarqueses parecem ter um grande equilíbrio entre vida e trabalho, o que aumenta seu nível de felicidade. Simplificando: eles não trabalham em excesso. Na verdade, a semana de trabalho média na Dinamarca é de 33 horas – apenas 2% dos dinamarqueses trabalham mais de 40 horas por semana.
Quase 80% das mães na Dinamarca voltam ao trabalho depois de ter um filho, mas equilibram o seu tempo livre entre a família, amigos e programas na sua comunidade.

Concentre-se em experiências
Dinamarqueses também dão menos atenção a dispositivos eletrônicos e coisas, e mais atenção para a construção de memórias. Estudos mostram que pessoas que se concentram em experiências ao invés de se focar em “ter coisas” têm níveis mais elevados de satisfação, mesmo muito tempo depois que a experiência passou.
Comprar muitas vezes leva a dívidas, para não mencionar o tempo e o estresse associado com a manutenção de todos os dispositivos, carros, propriedades, roupas, etc.
Os pesquisadores dizem que quando as pessoas se concentram em experiências, elas sentem uma maior sensação de vitalidade ou “de estar vivo” tanto durante o momento quanto depois.
As experiências também unem mais as pessoas, o que pode contribuir para a sua felicidade.

Construa uma rede social
Ao simplesmente ser social, você poderia viver mais tempo. A pesquisa mostra que um sistema de apoio social forte pode aumentar nossa expectativa de vida.
Os telômeros são as pequenas tampas em nossos cromossomos do DNA que indicam a nossa idade celular. De acordo com especialistas, não ter amigos pode ser igual a telômeros mais curtos e, por sua vez, uma vida mais curta.
Outros estudos mostraram que a solidão leva a maiores taxas de depressão, problemas de saúde e estresse. Ou seja, vale a pena ter pelo menos um amigo próximo para aumentar seu nível de felicidade e saúde.

Trabalho voluntário
Pessoas que se voluntariam são mais felizes, concluíram dezenas de estudos. A ONU credita o voluntariado como uma das razões para a Dinamarca ser o país mais feliz do mundo – 43% dos dinamarqueses regularmente doam seu tempo para boas ações em sua comunidade.
A alegria de ajudar os outros começa cedo. Um estudo de 2012 descobriu que crianças preferem dar do que receber. Os pesquisadores deram a dois grupos de crianças lanches e, em seguida, pediram que um dos grupos oferecesse esses lanches a outras pessoas. As crianças que entregaram os seus lanches mostraram maior felicidade sobre a partilha de seus bens, o que sugere que o ato de sacrifício pessoal é emocionalmente gratificante.
O sacrifício não tem que ser grande – pesquisas já sugeriram que doar tão pouco quanto US$ 5 gera benefícios emocionais.
Realizar atos de bondade, se voluntariar e doar dinheiro aumentam a felicidade, melhorando o seu senso de comunidade, propósito e autoimagem.

Comece a rir
Estudos mostram que rir não apenas sinaliza felicidade, mas sim a produz. Quando rimos, nossos hormônios do estresse diminuem e nossas endorfinas aumentam. Endorfinas são as mesmas substâncias químicas que o cérebro associa com aquele “impulso” que as pessoas recebem do exercício físico.
Rir também faz bem para o coração. Um estudo descobriu que apenas 8% dos pacientes cardíacos que riram diariamente tiveram um segundo ataque cardíaco dentro de um ano, em comparação com 42% dos que não riram.
Estudos ainda mostram que nosso corpo não consegue diferenciar entre o riso falso e o real – as pessoas recebem benefícios de saúde de qualquer maneira. Sendo assim, você pode forçar-se a rir mais, pelo menos um pouco todos os dias, até que você tenha verdadeiros motivos para sorrir. [CNN]


Parabéns ao Colégio Estadual Murilo Braga pelo 66º aniversário

O Colégio Estadual Murilo Braga está um ano mais velho neste domingo, 29 de novembro, completando 66 anos de existência, uma criança ainda pelo que tem a oferecer na educação dos estudantes de Itabaiana e da região do agreste. CEMB, uma história de compromisso, tradição e referência na educação de Sergipe. Uma história vitoriosa no esporte, na música e nas aprovações de vestibulares.

     Que esta grandiosa instituição de ensino continue contribuindo na formação integral de milhares de crianças e jovens de Itabaiana e do agreste sergipano como faz há 66 anos, com a competência e dedicação de seus professores, funcionários e equipe diretiva.

     Parabéns ao Colégio Estadual Murilo Braga, orgulho de todos os itabaianenses, por mais um aniversário, e também aos alunos, professores e funcionários que estudaram ou trabalharam nos seus 66 anos de existência.

     Tenho orgulho de afirmar que destes 66 anos de existência do Murilo Braga, faço parte desta história por 43 anos, 7 como aluno, do 6º ano do ensino fundamental ao 3º ano do ensino médio, e 36 como professor de educação física. Atualmente estou de licença prêmio e continuo no quadro de funcionários da instituição até julho de 2016, quando me aposentarei com as graças de Deus.
    

Professor José Costa

sábado, 28 de novembro de 2015

7 alimentos que podem prejudicar a saúde da sua boca

Nossa saúde bucal pode revelar muito de nossos hábitos e vícios. Não se trata só de escovar os dentes após uma sobremesa açucarada ou antes de uma entrevista de emprego pela manhã. Nossa boca pode nos manter saudáveis ou doentes, pois as bactérias bucais não ficam restritas somente aos dentes e gengivas. Transitam por todo o organismo e, dependendo do seu sistema imunológico, podem produzir doença em várias outras partes do nosso organismo.

Alimentos açucarados como as frutas secas deixam o pH da boca mais ácido, propício ao desenvolvimento de bactérias que provocam as cáries.

Café não só contribui para um sorriso amarelado e manchado, como deixa os dentes mais pegajosos facilitando o acúmulo de resíduos de comida nas superfícies.

Sucos e molhos industrializados possuem corantes que, assim como o café, podem provocar manchas e desmineralização dos dentes. Além do alto teor de açúcar na composição.

O ácido dos refrigerantes corrói os dentes, deixando-os ainda mais vulneráveis à ação dos açúcares.

O álcool diminui a produção de saliva, responsável por remover partículas de alimentos e proporcionar uma proteção contra o ácido dos doces. A pele da boca é muito delicada e o álcool é corrosivo para as gengivas, bochechas e pele.

Os carboidratos refinados tendem a causar fermentação, produzindo ácido lático, que também desmineraliza os dentes.

Frutas cítricas, como limão, laranja e mexerica devem ser consumidas com moderação por conta da acidez. O truque de usar canudo para tomar seus sucos pode reduzir um pouco o contato da bebida com o esmalte do dente.


sexta-feira, 27 de novembro de 2015

O Blog Professor José Costa alcança a marca de 3 milhões de acessos


     Mais uma vez, o Blog Professor José Costa está comemorando uma marca histórica, a de 3 milhões de acessos. Ao longo de 6 anos e meio, o blog vem sendo feito com trabalho, responsabilidade e compromisso. Já são quase três mil postagens publicadas, destas, mais de trezentas foram escritas por mim, às demais foram extraídas de sites da internet e sempre com a citação da fonte. Com fé em Deus, um pouco de paciência e muita humildade, esperamos comemorar até o final de 2016, a marca espetacular de 4 milhões de acessos, que será alcançada graças ao seu acesso diário.

     O Blog Professor José Costa oferece sites de notícias, revistas, jornais, jogos, esportes, curiosidades, música, televisão, rádio e postagens diárias com conteúdos variados.

     Quero agradecer primeiramente a Deus, por me dar força, perseverança e determinação em construir um blog com qualidade de conteúdos para os leitores através de artigos sobre educação, esporte, saúde, cultura e cidadania. Sempre oferecendo o que há de melhor na internet sem apelar para postagens relacionadas a sexo, sensacionalismo, politicagem ou fofocas da vida alheia.

     Agradeço aos visitantes espalhados pelo Brasil e no exterior que passaram para ler um post através de pesquisa no google; aos amigos do facebook, twitter; aos leitores cativos; os que acessam de vez em quando e até aqueles que passaram por curiosidade e não mais voltaram; e aos que comentaram ou criticaram alguma postagem de maneira construtiva e contribuíram para o engrandecimento do blog.

     Um obrigado especial aos parceiros do blog por acreditar no meu trabalho: Colégio O Saber, Colégio Graccho, Tuchê Fitness, Ilognet, Churrascaria Recanto da Serra, Drogaria Preferencial, Credimóveis, Serrana Tintas, Auto Escola Itabaiana, Lok Car, Galeria Jandrade, Visótica By Brasil, Supermercado Nunes Peixoto, Casa Barbosa-Barbosa Man, Bichos & Cia, PASP, Jamsoft Informática, Joalheria O Garimpo, Modinha Calçados e Format Gráfica. Todos vocês contribuem para a história e engrandecimento deste modesto blog. Nossa parceria é mesmo fundamental, sigamos adiante!

     Um agradecimento especial aos agregadores que permitem o aumento de acessos do blog através de nossas postagens em seus sites como: Geralinks, Meus links, Linkirado, Clic Mais, Aglomerando, Fudas, Tedioso, Dihitt e Diretório do Brasil.

     Muito obrigado a todos os leitores, parceiros e agregadores por fazerem parte desta história de sucesso do blog, sem os quais não chegaríamos a incrível marca de 3 milhões de acessos, pois vocês acreditam e confiam no nosso trabalho.

     Continue nos visitando, salve em favoritos, compartilhe com os amigos nas redes sociais e recomende aos familiares, pois eles também merecem ler um blog de qualidade!

     Acesse: http://professorjosecosta.blogspot.com.br e volte sempre!

     Professor José Costa

quinta-feira, 26 de novembro de 2015

Napoli é campeã da 4ª Copa O Saber de futsal masculino 2015

A equipe  Napoli sagrou-se campeã da 4ª copa de futsal do Colégio O Saber ao vencer a equipe Confiança por 6 a 3. O jogo foi bastante emocionante, equilibrado e de bom nível técnico com ambas as equipes revezando-se a frente do placar.

A equipe Napoli chegou a grande final após ter vencido o 2º turno da copa, com a seguinte campanha: disputou 15 jogos obtendo 9 vitórias, 2 empates e quatro derrotas, marcando 63 e recebendo 25 gols.

A equipe campeã é formada por: Silas Daniel, Claudiomark Passos, Adam Vieira, João Víctor, José Emerson, Kevenny Santos e Nalbert Oliveira.

Confiança foi  a equipe vice-campeã da copa com a seguinte formação:  Bruno Santos, Wendell Santana, Carlos Júnio, Anthony Víctor, Igor Luiz, Marco Antônio, João Henrique e Reinan Lima.

A equipe Barcelona ficou em 3º lugar na competição e tem na sua formação os seguintes atletas:  Vinícius Oliveira, Gustavo Filho, Mikael Oliveira, Edmarques Nunes, Jhonata Silva, Marcos Vinícius, Jonnas Ramos e Kauã Cunha.

O atleta Vinícius Oliveira da equipe Barcelona foi o artilheiro da copa com 37 gols. Mikael Oliveira, da equipe Barcelona, foi eleito o melhor goleiro de toda a competição.

Parabéns aos alunos participantes e que outras copas de futsal sejam realizadas em Itabaiana para estimular a garotada à prática esportiva.

A escola que promove o esporte está oferecendo meios ao aluno de adquirir não apenas saúde, desenvolvimento físico e intelectual, mas também a aquisição de valores que serão úteis por toda a vida.


Por Professor José Costa

10 doenças que podem matar qualquer pessoa em um dia

A ciência sempre busca o progresso, o que significa que perseguimos constantemente melhores tratamentos e curas para doenças que afligem a humanidade. No entanto, existem vírus, bactérias e condições maléficas lá fora, que até agora passaram a perna nas nossas mentes mais brilhantes.
Temos que tomar muito cuidado com essas doenças, pois elas podem derrubar qualquer um em menos de 24 horas. Como:

10. Dengue
A dengue é uma doença que ameaça 40% da população mundial. Se você é brasileiro, já deve ter se deparado com instruções para prevenir a condição muitas vezes, uma vez que o mosquito transmissor do vírus é comum em climas tropicais.
O maior perigo é a versão hemorrágica da doença. Como o próprio nome sugere, com um dia da picada, a pessoa pode sofrer com febre alta, dores musculares e hemorragia interna. Sem tratamento imediato, a dengue hemorrágica pode destruir rapidamente as plaquetas da vítima, causando insuficiência circulatória em menos de 24 horas.
O pior: não há cura para a doença, e os cientistas ainda estão trabalhando em uma vacina que seja eficaz.

9. Ebola
Mais de 28.000 pessoas no oeste da África contraíram ebola desde 2014. O vírus não possui cura atualmente, e estima-se que 70% dos infectados acabam morrendo.
Horas após a contaminação, a doença causa a ruptura de células brancas do sangue, impedindo a coagulação. Isso faz com que as pessoas sangrem internamente, bem como através dos olhos, nariz, reto, boca e orelhas. Eventualmente, seus órgãos param de funcionar.

8. Peste bubônica
No século 14, a peste bubônica matou 50 milhões de pessoas. Mas isso não significa que a doença seja coisa do passado. Na última década, 20.000 casos da condição foram reportados em diferentes lugares do mundo, incluindo o continente americano.
A doença é transmitida através da mordida de uma pulga. A bactéria entra na corrente sanguínea e se multiplica nos linfonodos, causando bubões – bolhas inflamadas que produzem dor agonizante. Pacientes infectados vomitam sangue e têm convulsões, mas um dos piores sintomas é a necrose – os membros da pessoa começam a apodrecer enquanto ela ainda está viva.
Sem tratamento, 60% das pessoas com a doença vão morrer, frequentemente no mesmo dia em que são infectadas.

7. Enterovírus D68
O D68 é um vírus respiratório mortal, uma espécie de versão agressiva da poliomielite. É transmitido via saliva, ou por superfícies como toalhas e maçanetas que tiveram contato com fluidos corporais.
A doença pode matar da noite para o dia, atacando a função motora e respiratória do infectado. Não há tratamento específico para a condição, considerada rara. Ainda assim, um surto recente nos EUA, em 2014, registrou 691 casos e 5 mortes.

6. Cólera
A cólera causa desidratação severa, vômito e diarreia. A bactéria ataca o intestino, atrapalhando a excreção fecal. As vítimas podem perder um litro de fluidos por hora, o que causa desiquilibro de sais e convulsões. Ao longo do tempo, o sangue dos infectados engrossa, e seus órgãos começam a falhar.
Em todo o mundo, estima-se que 5 milhões de pessoas sofram com a doença, por conta de água e comida contaminadas. Dessas, 120 mil morrem, apesar de existirem antibióticos e vacina.

5. SARM ou MRSA
MRSA é a sigla em inglês para “Staphylococcus aureus resistente à meticilina” (também conhecida como SARM). A doença é causada por uma bactéria que se tornou resistente a vários antibióticos – primeiro à penicilina, em 1947, e depois à meticilina.
Como consequência, nos infectados, a bactéria rapidamente destrói o pulmão e as células do sangue. A doença não possui tratamento e é predominante principalmente hospitais ocidentais. Ela se aproveita de feridas abertas, como cicatrizes de cirurgias.
Dentro de 24 horas da contaminação, uma forma gangrenosa de pneumonia pode asfixiar o paciente, causando falência de órgãos.

4. Doença cerebrovascular
Essa doença é terrível: corta oxigênio e nutrientes vitais no corpo. Como resultado, mata 6 milhões de pessoas por ano, deixando outras 5 milhões permanentemente incapacitadas.
Se as pessoas não procurarem tratamento dentro de três a seis horas do derrame, o ataque pode ser fatal. Ele destrói 32 mil células cerebrais por minuto, causando dormência no rosto e membros imediatamente.
Sobreviventes muitas vezes ficam cegos ou mudos. Nos piores casos, ficam mentalmente intactos, mas totalmente paralisados, dos pés à cabeça.

3. Doença de Chagas
Essa doença é causada por um parasita transmitido através de insetos como o barbeiro. É comum no continente americano.
Quando o parasita entra na corrente sanguínea de uma vítima, começa a destruir seu sistema circulatório. Muitos infectados são completamente inconscientes de que possuem a doença – 50.000 sucumbem à síndrome da morte súbita quando seus corações ficam fracos demais, e um ataque cardíaco inesperado ocorre. Se uma ressuscitação cardiorrespiratória não for ministrada imediatamente, não há esperança de sobrevivência.

2. Doença meningocócica
No mundo todo, estima-se que 1,2 milhões de pessoas sejam infectadas com essa perigosa bactéria. Uma vez na corrente sanguínea, ela ataca a membrana do cérebro. Vítimas apresentam dores de cabeça severas, erupções roxas e sensibilidade à luz.
O cérebro incha e toxinas da bactéria destroem vasos sanguíneos em órgãos vitais. Sem tratamento imediato com antibiótico, os pulmões se enchem de fluido, e sepsia causa gangrena pelo corpo todo.
Mesmo com os melhores cuidados, até um terço dos infectados morre. Além disso, 20% dos sobreviventes ficam surdos, mentalmente deficientes ou precisam amputar membros.

1. Fasciíte necrosante
Essa infecção é causada por uma bactéria conhecida como “devoradora de carne”, uma vez que ataca vigorosamente as camadas da pele. É mais comum em pacientes hospitalares com feridas abertas, mas pode ser transmitida até mesmo através de um corte feito com papel.
Quando entra na corrente sanguínea, as toxinas da bactéria rapidamente se espalham e apodrecem os tecidos do corpo. No mundo todo, cerca de 1.500 pessoas contraem a doença por ano. Em diversos casos, amputação de membros é a única forma de prevenir que a bactéria se espalhe por todo o indivíduo.
Mesmo com tratamento cirúrgico e antibióticos, um terço das vítimas morre.


Professor José Costa é homenageado nas comemorações do 66º aniversário do CEMB

Ontem a noite, 25 de Novembro de 2015, fui um dos homenageados, entre professores, ex-alunos e funcionários, nas comemorações do 66º aniversário do Colégio Estadual Murilo Braga, com uma placa, que diz: “Esta homenagem é conferida à José Costa em reconhecimento as suas importantes contribuições pelos serviços prestados a esta instituição de ensino. CEMB, 66 anos formando vencedores.” Agradeço a equipe diretiva do CEMB pela homenagem que foi entregue pelo Diretor Éder de Jesus Andrade.

    Gostaria de dividir esta homenagem com os milhares de alunos, meus familiares, colegas de profissão e funcionários que trabalharam comigo nesta grandiosa instituição de ensino.

     Dos 66 anos de existência do Colégio Estadual Murilo Braga, tenho orgulho em afirmar que há 43 anos faço parte desta história, 7 como aluno e 36 como professor, pois continuo no quadro de funcionários da instituição até Julho de 2016, quando me aposentarei.

Professor José Costa

quarta-feira, 25 de novembro de 2015

Encerrados os Torneios Esportivos dos 4º e 5º Anos do Colégio Dom Bosco 2015

No período de 09 a 25 de novembro  de 2015, o Colégio Dom Bosco realizou  Torneios Esportivos envolvendo os alunos e alunas dos 4º e 5º anos do Ensino Fundamental nas modalidades de basquete, futsal, handebol, queimado e voleibol.

As classificações finais dos torneios foram as seguintes:

Torneio masculino
Campeão – Manchester City com 46 pontos. A equipe foi campeã em basquete, futsal, handebol e queimado, e 3º lugar em voleibol. Os campeões são: Bruno, Gildásio, Diogo, Hugo, Maxwell, Gustavo, Gabriel, Natanael, Thiago, Eraldo, Robson, Ângelo e Ícaro.

Vice-campeão – Real Madrid com 40 pontos.

3º lugar – Barcelona – 32 pontos.

4º lugar – Bayer de Munique com 24 pontos.

Torneio feminino
Campeã – Asa Branca com 36 pontos. A equipe foi campeã em basquete e handebol,  3º lugar em queimado e voleibol, e 4º lugar em futsal. As campeãs são: Iasmin Sales, Andrielly, Íris, Yasmin Santos, Raíssa, Letícia, Eduarda, Graziela, Taísa e Rebeca.

Vice-campeã – Bola de Ouro com 36 pontos.

3º lugar – Rubro Negro  com 36 pontos.

4º lugar – Águia de Fogo com 32 pontos.

Os alunos foram premiados com medalhas de ouro, prata ou bronze, de acordo com a classificação da sua equipe.

A criança pode começar a iniciação esportiva desde cedo, caso ela não se transforme em um atleta de alto nível, com certeza vai se tornar um bom cidadão, pela aquisição de valores que são aprendidos com o esporte.

Boas férias!

Professores José Costa e Ismary Santos

Colágeno: 6 alimentos que deixam a pele mais firme

Conheça 6 alimentos importantes de consumir, que ajudam na sintetização do colágeno

Para que o colágeno possa ser sintetizado pelo organismo, é importante consumir alimentos que contenham vitamina C e vitamina E, além dos minerais cobre, selênio, zinco e silício.

Segundo a dermatologista Daniela Graff, o silício está presente no corpo humano (pele, cabelo, unhas, cartilagens, etc.) desde a fase fetal e vai diminuindo com a idade (principalmente após os 30 anos). “Ele é um oligoelemento que temos no organismo com a função de regenerar as células da pele e estimular as fibras de colágeno e elastina”, explica.

Além dele, existem outros alimentos que contêm os chamados “firmadores da pele”. Saiba quem são eles e as quantidades ideais de consumo, segundo a médica nutróloga e ortomolecular Liliane Oppermann (SP):

FRUTAS CÍTRICAS
São ricas em vitamina C, substância indispensável para a formação de colágeno. Coma de três a quatro porções ao dia.

LINHAÇA
Além de rica em fibras, contém ômega-3, nutriente importante para uma pele mais jovem. Consuma uma colher (chá) por dia, de preferência triturada.

ATUM E SALMÃO
Ricos em ômega-3 e DMAE. Oideal é comer uma posta ou um filé no mínimo três vezes por semana.

CASTANHA, NOZES E AMÊNDOAS
Contêm ácidos graxos poli-insaturados importantes para a vitalidade da pele e vitamina E. Consuma ⅓ de xícara dessas oleaginosas uma vez ao dia.

IOGURTE NATURAL
O cálcio ajuda na contração muscular. Tome um pote por dia com frutas ou mesmo puro.

ABÓBORA, CENOURA, MELÃO E PÊSSEGO
Eles contêm vitamina A, responsável pela regeneração da pele. Coma ½ xícara por dia, em saladas ou sucos.


terça-feira, 24 de novembro de 2015

Final da 4ª Copa O Saber de futsal masculino 2015


5 erros sobre a saúde dos olhos

Veja alguns dos erros mais comuns com a saúde dos olhos e fique atento!

1. DORMIR DE LENTE:
Durante o sono o nível de lubrificação ocular diminui e as lentes podem ressecar junto ao globo ocular.

2. COÇAR OS OLHOS:
Se a frequência for alta, aumentam as chances de romper vasos sanguíneos e provocar uma inflamação. As mãos têm germes e bactérias.

3. ABUSAR DO COLÍRIO:
O líquido serve para minimizar a irritação ocular. Se usado sem necessidade, pode levar ao uso de medicamentos mais fortes.

4. NÃO USAR ÓCULOS DE SOL:
As lentes escuras bloqueiam até 99% dos raios UVA e UVB, isso previne a formação precoce de catarata, degeneração macular e até tumores.

5. EXAGERAR NO CELULAR:
A radiação é tão prejudicial quanto à dos raios ultravioleta, além do risco de perda gradual da visão.O excesso do uso leva a lacrimejamento e irritação.


Fonte: http://revistavivasaude.uol.com.br/clinica-geral/5-erros-sobre-saude-dos-olhos/5713/  - Camila Quintino, fonoaudióloga da Starkey. Renato Neves, cirurgião oftamológico.

segunda-feira, 23 de novembro de 2015

Entenda as possíveis causas da microcefalia

O aumento alarmante dos casos de desproporção do volume e peso encefálico em algumas regiões do Brasil é considerado motivo de preocupação dos futuros pais. Entenda as possíveis causas da microcefalia

Casos nos quais a desproporção do volume e peso encefálico são muito menores que o normal, denominados como microcefalia, decorrentes da lesão cerebral, podem causar comprometimento motor e cognitivo, segundo Paulo Breinis, neuropediatra do Hospital São Luiz Jabaquara (SP).

A grande preocupação se dá por conta do aumento considerável dos registros em algumas regiões do Brasil, que vêm sendo investigadas, já que os dados deixam os futuros pais em estado de alerta.

Breinis comenta que a lesão cerebral pode ocorrer por fatores genéticos ou alguma interferência externa destrutiva que interfira no processo de desenvolvimento do feto. “O uso de álcool, drogas, radiação, ou doenças como rubéola, que ao ser transmitida durante a gestação, pode ocasionar abortos, danos ao feto e microcefalia”, conclui.

*Agradecimentos ao Paulo Breinis, neuropediatra do Hospital São Luiz Jabaquara (SP).


Fonte: http://revistavivasaude.uol.com.br/clinica-geral/entenda-as-possiveis-causas-da-microcefalia/5715/ - Por Kelly Miyazzato | Foto Pinterest | barefootblonde.com

domingo, 22 de novembro de 2015

Conheça os alimentos e hábitos que são os verdadeiros vilões da gastrite

O que você come, faz e até a forma de pensar podem colaborar ou piorar as crises de gastrite

A gastrite é uma inflamação, infecção ou erosão do revestimento do estômago, que pode durar pouco tempo ou progredir por meses e anos. Os principais sintomas são dores abdominais, principalmente na região do estômago, perda de apetite, náuseas, vômitos, queimação e azia, que causam extremo desconforto para quem está com o problema. Justamente por esta razão é importante conhecer o que pode estar desencadeando ou intensificando o quadro, para assim prevenir que as crises piorem ou voltem. Conheça 13 fatores que podem estar piorando a sua gastrite:

Ficar em jejum
Sabe quando você acorda com aquela dor no estômago que simplesmente não passa, que lembra um enjoo, ou quando no decorrer do dia ela surge, vai piorando e você decide não comer? Então, "o jejum prolongado pode desencadear a dor de estômago, que é o principal sintoma da gastrite", afirma Maira Marzinotto, gastroenterologista da Rede de Hospitais São Camilo de São Paulo. O ideal é comer alimentos saudáveis, com pouca gordura e de fácil digestão a cada três ou quatro horas, além de não pular refeições.

Cafeína
"Apesar de não haver comprovação científica de que a cafeína desencadeie crises de gastrite, ela é um agente irritativo do trato intestinal em qualquer quantidade, então ela deve ser evitada por pacientes com gastrite", diz a gastroenterologista do dr. consulta Paula Ferreira Lacerda. A cafeína está presente no café, chás, refrigerantes, chocolates e entre outros.

Bebidas alcoólicas e cigarro
Qualquer bebida alcóolica - fermentada, destilada e até o vinho - pode piorar os sintomas da gastrite. Logo, durante as crises o seu uso é completamente desaconselhado e, depois de passados os sintomas, se quiser beber, é bom que o faça com muita cautela. "Quanto ao cigarro, existem inúmeros componentes na formulação que são agressivos ao estômago, como a própria nicotina e o alcatrão. Caso se consiga parar de fumar e beber, a gastrite tende a melhorar muito", diz Maira.

Estresse, ansiedade e depressão
O estresse, a ansiedade e a depressão também podem estar relacionados ao aparecimento dos sintomas da gastrite, além da própria gastrite nervosa. "Os três problemas são grandes fatores desencadeadores de crises de gastrite, uma vez que todo o trato gastrintestinal é interligado com o sistema nervoso central, assim, reações de estresse, ansiedade e até depressão podem influenciar e agravar os sintomas", explica Paula. "Com certeza eles podem influenciar nos sintomas da gastrite, mas são mais relevantes causas como a alimentação, hábitos de vida, tendência genética e infecção bacteriana - que também podem estar presentes nos quadros de ansiedade, estresse e depressão", afirma o psiquiatra Ivan Mario Braun.

Evite alimentos ácidos
Alimentos ácidos também compõe a lista dos "vilões" para quem tem gastrite. Isso acontece porque "a gastrite pode ter relação com a quantidade de ácido dentro do estômago. No momento em que ingerimos algum alimento ácido, esse se junta ao suco gástrico, composto principalmente de ácido clorídrico, e pode agravar uma inflamação já existente", explica Maira. Dentre os alimentos ácidos estão as frutas cítricas, como o limão, a laranja e o abacaxi, mas um simples tomate também pode interferir.

Fuja de frituras e embutidos
Os alimentos gordurosos, como as frituras e os embutidos (linguiça e salsicha, por exemplo) podem piorar os sintomas e causar a sensação de estar "cheio", como se o alimento estivesse parado, um quadro de má digestão. "Os alimentos gordurosos demoram mais tempo para serem digeridos e também demandam mais enzimas para a digestão, o que causa estes sintomas. Os embutidos, além disto, têm muitos conservantes que irritam o estômago e alteram a sua motilidade, portanto devem ser evitados também", orienta Paula.

Temperos para evitar
Sim, um simples tempero ou condimento pode estar desencadeando os sintomas da sua gastrite. Se destacam entre estes temperos os apimentados, com excesso de alho ou de cebola, pimentão e os bastante ácidos, como os que contém limão. Isso porque "são alimentos que irritam a mucosa (parede) do estômago, potencializando a inflamação, mas atenção, geralmente eles não são os causadores da gastrite - que é a inflamação da mucosa gástrica -, mas podem piorar o quadro e os sintomas", afirma a gastroenterologista Maira.

Chicletes e balas
Pessoas que já têm predisposição a desenvolver gastrite podem ter esse sintoma agravado ou desencadeado quando mascam chicletes ou balas. Isso porque a digestão começa pela boca, na própria mastigação antes de engolir os alimentos, o que já prepara o trato gastrointestinal para receber a comida. "No caso do chiclete, a digestão é desencadeada mas não utilizada, portanto expõe a mucosa do estomago, esôfago e intestino à acidez e enzima, o que pode piorar os sintomas dispépticos", afirma Paula.


Como evitar a câimbra

Veja como é possível preveni-la e garanta exercícios físicos bem mais confortáveis

Dor intensa e contração muscular. Esses são dois dos sintomas da cãimbra. Não importa o momento, seja durante a madrugada, na prática de exercícios físicos ou até mesmo na rotina diária de trabalho, os espasmos frequentes e involuntários causam bastante incômodo ao corpo.

Mas afinal, o que elas são? As cãimbras se caracterizam por grandes contrações nos músculos e geralmente é causada em dias frios, falta de aquecimento do corpo antes da prática de exercícios físicos, ou até mesmo pela ausência de sódio e líquido no organismo.

“Essas dores musculares sinalizam que há com certeza um desajuste no corpo humano, como cansaço muscular e o desequilíbrio de componentes necessários ao nosso organismo, como o potássio, sódio e principalmente o cálcio”, comenta a terapeuta ocupacional Ana Lúcia Barbosa.

Mas é possível sim tomar algumas medidas para evitar que elas apareçam. Segundo a terapeuta é necessário sempre ter uma alimentação balanceada e não exagerar nos exercícios físicos.

Procurar um especialista antes de aderir a regimes e até mesmo para começar a praticar esportes também é uma boa opção.

“Tudo o que é em demasiado não faz bem ao corpo humano. Já vi pacientes que querem emagrecer e, mas não consultam médicos para ver qual o cardápio recomendado, o que faz com que os componentes necessários não sejam consumidos, resultando em vários problemas , como também no surgimento das indesejadas cãimbras”, afirma.

Por isso, é preciso se atentar a alguns tópicos diariamente. Antes de praticar algum esporte ou malhar na academia, é imprescindível fazer, pelo menos, uma série de alongamentos.