quinta-feira, 31 de agosto de 2017

Coletiva de Imprensa anuncia novidades da Festa da Padroeira 2017

O Santuário de Aparecida recebeu nesta quarta-feira (30), os representantes de diversos veículos de comunicação na primeira coletiva de imprensa da Festa da Padroeira, comemoração dos 300 anos de Nossa Senhora Aparecida.

O reitor do Santuário de Aparecida, padre João Batista de Almeida, o ecônomo do Santuário, padre Daniel Antônio e o arcebispo de Aparecida, Dom Orlando Brandes receberam a imprensa e apresentaram detalhes das celebrações do tricentenário.

Dom Orlando Brandes iniciou a coletiva saudando a presença dos jornalistas e ressaltando a missão evangelizadora da imprensa, em fazer ecoar a voz de Aparecida para o mundo. “Vamos nos sentir também evangelizadores, não somente funcionários, vamos nos sentir missionários, porque vocês vão fazer ecoar a voz de Aparecida para o mundo inteiro”.

Durante sua explanação Dom Orlando anunciou que está preparando um livro, voltado para o romeiro de Aparecida, com informações sobre a espiritualidade da Imagem de Nossa Senhora Aparecida. “Eu trabalho a imagem de Nossa Senhora Aparecida, sob o ponto de vista espiritual e pastoral”.

Na sequencia o reitor do Santuário, padre João Batista destacou a importância da Festa da Padroeira desse ano, em virtude dos 300 anos, justificando a alteração na programação que terá inicio no dia primeiro de outubro com a novena, se estendendo até o dia 9. E nos dias 10, 11 e 12 de outubro será celebrado cada um dos centenários de Nossa Senhora Aparecida, evidenciando detalhes dessa história na programação.

Outros pontos foram destacados pelo reitor, como:

*Presença do representante do papa Francisco, o cardeal italiano Giovanni Battista Re, Prefeito emérito da Congregação para os Bispos e Presidente emérito da Pontifícia Comissão para a América Latina. O cardeal irá celebrar a santa missa do dia 11 de outubro às 9h e no dia 12 de outubro às 7h30.

*Realização pelo 2º ano consecutivo da Semana da Criança, em parceria com o Tribunal Superior do Trabalho. As ações acontecerão de 9 a 16 de outubro com o objetivo de conscientizar sobre o combate ao trabalho infantil. A semana acontece no período da Festa da Festa da Padroeira, para chamar a atenção das pessoas para essa importante luta.

*Presença de diversos artistas das áreas da música, pintura, arquitetura, entre outros, que durante os dias da Novena e Festa da Padroeira irão fazer as suas homenagens a Nossa Senhora Aparecida.

*Novidades na tradicional Procissão Memória do dia 11 de outubro. Nesse ano a imagem de Nossa Senhora Aparecida seguirá para o Porto Itaguassú e lá ficará até o dia 12 de outubro, quando retornará para o Santuário de Aparecida em Procissão, passando pelos locais que fizeram parte da história desses 300 anos, encerrando com a santa missa no Santuário.

Um dos grandes destaques das celebrações desse ano, serão as duas missas campais preparadas especialmente para receber os devotos de Nossa Senhora Aparecida no dia 12 de outubro. Uma mega estrutura, com a que foi preparada para a abertura do ano jubilar e show do tenor Andrea Bocelli em outubro de 2016, está sendo organizada para as celebrações das 5h da manhã com a presença do Terço dos Homens e do Terço das Mulheres e às 9h30 para a missa solene. Nesse local também acontecerão os Shows do Festival da Padroeira.

O ecônomo do Santuário, padre Daniel Antônio falou sobre toda a preparação do Santuário nos últimos cinco anos, com a inauguração de diversas obras de acolhida dos romeiros e outras especiais, denominadas como presentes para Nossa Senhora Aparecida, entre elas está os monumentos inaugurados no Vaticano, na CNBB e no Santuário, além do Campanário, o baldaquino e a grande Cúpula que será inaugurada no dia 11 de outubro.

Na Programação, padre Daniel salienta também os shows que irão acontecer em homenagem a Mãe Aparecida, começando nos dias 6 e 7 de outubro com o Grupo Italiano Genrosso no Centro de Evento Padre Vítor Coelho de Almeida e no dia 8, os apresentadores do Terra da Padroeira e Aparecida Sertaneja comandam a festa na Tribuna Dom Aloísio Lorscheider com seus convidados.

Na Tribuna Bento XVI, o Festival da Padroeira vai reunir no dia 10 de outubro, diversos padres cantores, como pe. Fábio de Melo, pe. Antonio Maria, Pe. Reginaldo Manzotti, Pe. Juarez, Pe. Omar, Pe. Zezinho, Pe. Joãzinho, Pe. Marcos e Pe. Periquito.

No dia 12, é a vez de 12 grandes nomes da música popular brasileira também homenagear a Padroeira do Brasil com músicas dedicadas a Maria. Participarão dessa grande festa o cantor Daniel, Fafá de Belém, Agnaldo Rayol, Joana, Renato Teixeira, Elma Ramalho, Chitãozinho e Xororó, Alcione, Michel Teló, Paula Fernandes, Pe. Fábio de Melo e Preta Gil.

Nos dois dias do Festival da Padroeira (10 e 12), as atrações terão início às 20h30, com entrada gratuita.


Futebol perde espaço como atividade física no Brasil

A paixão dos brasileiros pelo futebol pode ser grande, mas o número de pessoas que faz do esporte uma atividade física de lazer caiu.

De 2006 a 2012, o percentual foi de 9,1% para 7,2%, uma redução de 20% em sete anos.

O futebol foi ultrapassado pela musculação/ginástica (aumento de 7,9% para 11,2%) e se tornou a terceira atividade física mais praticada nas horas de folga dos brasileiros.

Em primeiro lugar está a caminhada (em torno de 18% entre 2006 e 2012).

De acordo com os pesquisadores, o estudo é descritivo e, portanto, não foram investigadas as possíveis causas da variação dos praticantes de futebol.

"Não podemos ser taxativos de que está havendo uma substituição. O fato de o futebol estar caindo e da musculação/ginástica estarem subindo em termos populacionais, não quer dizer que as pessoas estão trocando uma coisa pela outra, pode ser que as pessoas que deixam de jogar futebol não sejam as mesmas que passaram a frequentar mais a academia", ressalta Thiago Hérick de Sá, que realizou o estudo em conjunto com seus colegas Leandro Martin Garcia e Rafael Moreira Claro na Faculdade de Saúde Pública da USP.

Entretanto, eles formularam algumas hipóteses para explicar a queda na prática de futebol.

"No Brasil, jogar futebol sempre foi muito dependente de campos públicos e muitos deles estão em terrenos baldios. Mas esses espaços têm diminuído muito por causa do mercado imobiliário, para a construção de novos prédios, novos empreendimentos, o que se dá tanto em regiões mais centrais como na periferia das cidades", afirma o pesquisador.

Ele sugere que a diminuição dos praticantes de futebol também esteja ligada à dificuldade em se encontrar tempo e pessoas. "É preciso tempo para se fazer uma prática dessa ou mesmo para se organizar uma partida, porque jogar futebol envolve no mínimo 10 pessoas. A organização dessa atividade toma tempo e hoje vivemos em um contexto social que torna isso um pouco mais difícil."

O trabalho foi publicado em julho no International Journal of Public Health.


quarta-feira, 30 de agosto de 2017

7 coisas que casais felizes fazem antes de dormir

Em meio a tanta correria, pode parecer difícil encontrar um tempo para se conectar com o parceiro. Veja estas dicas de hábitos que ajudam a fortalecer o relacionamento

Nós vivemos em um mundo acelerado e estamos sempre correndo por causa do trabalho, dos estudos, dos filhos e das contas que precisamos pagar.

No meio disso tudo, às vezes acabamos deixando nosso relacionamento em segundo plano – afinal, somos apenas humanas!

Porém, com o passar do tempo, um relacionamento que não é devidamente alimentado pode acabar se tornando uma fonte de frustração para os dois.

Se vocês não têm muito tempo disponível durante o dia, que tal aproveitar os poucos minutinhos antes de dormir para colocar em prática alguns hábitos que os casais felizes adotam com frequência?

É claro que esses hábitos não são regras e não se aplicam a todos os casais, pois cada relacionamento tem um funcionamento diferente, mas adotar alguns deles pode ajudar a reforçar os sentimentos que existem entre vocês.

1. Eles relembram o quanto se amam
Mesmo que o dia tenha sido cansativo e cheio de estresse e que vocês saibam que o dia seguinte não vai ser menos puxado, é importante lembrar ao parceiro que você o ama e vice-versa.
Vocês não precisam fazer grandes declarações de amor: um “eu te amo” clássico, mas cheio de sentimento, já vai proporcionar uma noite melhor para vocês dois.

2. Sempre que possível, eles vão para a cama juntos
Nesse caso, quando falamos em “ir para a cama juntos”, realmente estamos falando da hora de dormir. Infelizmente, devido à rotina atribulada, muitos casais se deitam em horários diferentes, perdendo importantes momentos de conexão um com o outro.
Os casais felizes, por outro lado, sempre que possível, buscam compartilhar o momento de se recolher, aproveitando para ficarem mais íntimos ao escovar os dentes e entrar embaixo das cobertas ao mesmo tempo.

3. Eles são capazes de deixar o celular de lado
Nós sabemos que muitas pessoas dependem do celular para trabalhar ou mesmo para se comunicar com seus parceiros durante o dia. Porém, ao chegar em casa, infelizmente muitos casais acabam dando mais atenção aos aplicativos e às redes sociais do que um ao outro.
Se você sente que a tecnologia está afastando vocês, experimente estabelecer uma regra do casal como “não vamos usar o celular depois das 23 horas” ou “não vamos levar o celular para a cama”.

4. Eles reservam alguns momentos para demonstrar gratidão
Assim como dizer “eu te amo” faz um bem danado para a felicidade do casal, separar uns minutinhos antes de dormir para demonstrar gratidão também ajuda vocês a se sentirem mais próximos e mais fortalecidos para enfrentar o dia a dia.
Nesse caso, a dica é, todas as noites, encontrar algo específico que você tenha a agradecer ao seu parceiro, e ele deve fazer o mesmo em relação a você. Vocês também podem variar falando sobre algo bom que aconteceu durante o dia, pelo qual vocês se sentiram igualmente gratos.

5. Eles não iniciam discussões difíceis de resolver na hora de dormir
Sabe aquela história de não ir dormir sem ter resolvido todos os problemas? Então, ela não é totalmente verdadeira. Se um de vocês tem um assunto para resolver e já imagina que a conversa pode ser meio tensa e vai levar longas horas, é melhor deixar a discussão para o outro dia.
O motivo para isso é que vocês dois estarão cansados e sem muita disposição, então a conversa poderá acabar em uma briga feia que não precisava ocorrer dessa forma. Não se trata de varrer os problemas para baixo do tapete, mas esperar até o momento adequado para falar sobre eles.

6. Eles conversam sobre suas rotinas e seus sentimentos
Pessoas que estão em um relacionamento feliz costumam dizer que podem contar com seu parceiro para tudo, inclusive vendo nele uma grande fonte de amizade e suporte. Por isso, casais felizes costumam conversar sobre como foi o dia, os problemas no trabalho, as dificuldades com as crianças etc.
Não se trata de descarregar toda a sua frustração no parceiro, mas sim sentir que ele representa um porto-seguro, uma pessoa com quem você pode dividir suas dúvidas e inseguranças. Ao mesmo tempo, o parceiro se mostra receptivo para ouvir o que você tem a dizer, sem se sentir pressionado a dar uma solução para o problema.

7. Eles mantêm as crianças fora do quarto
Calma, não estamos dizendo que você não pode fazer cama compartilhada nem que você deva deixar seu bebê de dois dias de vida sozinho no quarto ao lado. O que nós queremos dizer é que os casais felizes, em geral, costumam ver o quarto como uma espécie de santuário para os dois, um local onde eles podem se conectar e alimentar a intimidade.
É claro que as crianças serão bem-vindas caso estejam meio doentinhas ou tenham um pesadelo. O importante é que o casal busque separar um espaço apenas para os dois, mesmo que esse espaço seja mais emocional do que físico.


terça-feira, 29 de agosto de 2017

7 alimentos gostosos que fazem maravilhas pelo seu cabelo

A máxima da alimentação saudável "você é o que você come" cai como uma luva quando o assunto é saúde capilar. Saiba o que deve entrar no seu menu

Seu sonho é um cabelo forte e brilhante como o da modelo Gisele Bündchen, mas você se joga no junk food dia sim, outro também? De nada adianta gastar rios de dinheiro com tratamentos high tech e produtos caros se o seu prato costuma ser preenchido com calorias vazias. “A saúde dos fios está diretamente relacionada ao que se come. Assim como qualquer parte do corpo, eles precisam de vitaminas e nutrientes essenciais”, esclarece Helena Costa, dermatologista do Rio de Janeiro.

E como cabelo saudável é sinônimo de cabelo bonito, está mais do que na hora de incrementar sua dieta com porções diárias de ingredientes que dão força, brilho e maciez em tempo recorde! Os indicados da especialista:

1. Cenoura
“Rica em betacaroteno, é responsável por controlar a produção sebácea e a oleosidade excessiva do couro cabeludo.”

2. Abacate
“Com ômega-3, antioxidantes, ácido fólico e vitaminas B e E, muito importantes para manter o cabelo forte e prevenir eventual queda.”

3. Grãos integrais
“O zinco presente na linhaça, na quinua, na aveia e na chia estimulam a multiplicação das células, favorecendo o crescimento e o fortalecimento dos fios.”

4. Espinafre
“O complexo B presente no espinafre é fundamental para quem deseja que os fios cresçam rápido e de forma saudável, já que esse nutriente atua na multiplicação celular.”

5. Peixe
“Comer uma porção de peixe três vezes por semana fornece vitamina B3, que aumenta a circulação no couro cabeludo, facilitando a entrega de nutrientes.”

6. Gengibre
“Tem atividade anti-inflamatória, importante para evitar a queda de cabelo, e biotina, que ajuda na prevenção do aparecimento de fios brancos, além de ser essencial para o desenvolvimento do folículo piloso.”

7. Morango
“Repleto de vitamina C, essencial no fortalecimento dos vasos sanguíneos (que nutrem o bulbo) e com ação antioxidante, ele previne o envelhecimento dos fios.”


Fonte: http://boaforma.abril.com.br/beleza/7-alimentos-gostosos-que-fazem-maravilhas-pelo-seu-cabelo/ - Por Camila Neves (colaboradora) - anilakkus/Thinkstock/Getty Images

segunda-feira, 28 de agosto de 2017

5 dicas práticas para quem quer cuidar do cabelo em casa

Lavar da maneira certa, usar creme para pentear e hidratar bem são alguns segredinhos infalíveis para tratar dos fios no estilo vapt-vupt

Você não precisa bater ponto no salão de beleza para manter a aparência e a saúde dos fios em dia. Bastam alguns cuidados simples – mas muito eficientes – para que eles estejam sempre macios e brilhantes. E as regrinhas valem para qualquer tipo de cabelo, sabia? Confira algumas sugestões valiosas (e que dão certo, mesmo!) de garotas que levam uma vida corrida, mas mesmo assim conseguem dedicar um tempinho para desfilar cabelos incríveis por aí.

Faça uma lavagem cuidadosa
Se você acha que o resultado da lavagem no salão é bem melhor do que a de casa, talvez esteja fazendo algo errado, como abusando da temperatura da ducha ou enxaguando às presas. Dona de fios bem longos, Liana Cristina Marques Siqueira, 19 anos, sabe bem o quanto são importantes os cuidados sob o chuveiro. “Dou preferência à água fria ou morna, nunca quente. Caso contrário, o cabelo fica com muito frizz”, comenta. Além do efeito arrepiado, a água quente provoca ressecamento e ainda ajuda a desbotar a tintura com mais facilidade. Outra medida essencial é enxaguar bem, retirando todo o excesso de produtos.

Use creme para pentear
O produto é um ótimo aliado para quem deseja mechas brilhantes e com movimento. “Depois de lavar, uso pente em vez de escova, para ajeitar os fios sem puxá-los demais ou quebrá-los. Após secar, aplico um creme nas pontas”, relata Thais Junqueira Trevisan, 24 anos. Além disso, o creme para pentear também ajuda a finalizar penteados, eliminando o frizz e conferindo maciez às mechas.

Não abra mão da hidratação
Produtos com propriedades hidratantes são itens obrigatórios na prateleira das garotas que gostam de cuidar dos fios em casa, no dia a dia. Isso porque ajudam a coloração a durar mais, mantêm o brilho e a maciez e protegem contra a ação dos raios solares, da poluição, do vento e do uso frequente de aparelhos como o secador. “Sou recém-platinada e sei que, quando uma mulher decide ficar loira, deve tratar do cabelo como um filho”, brinca Raphaela Maia, 27 anos, que não abre mão da hidratação caseira.

Opte por um corte prático
Se a sua rotina é agitada, nada melhor do que investir em um corte fácil de cuidar, que permita que você mesma o arrume para ficar bonito e jeitoso. O ideal é conversar com o seu cabeleireiro, mas, via de regra, fuja de looks com muitas camadas ou que exijam uma finalização bem elaborada para sair de casa. Para moças ocupadérrimas, acertar o visual das pontinhas já faz toda a diferença!

Aposte em produtos poderosos
Para garantir um visual nota 10 em todos os momentos, é importante combinar produtos específicos que restaurem os fios dos danos, sejam eles térmicos ou químicos. A linha Neutrox S.O.S., por exemplo, é uma sugestão eficaz para a rotina diária de cuidados. São quatro itens – shampoo, condicionador, creme para pentear e creme de tratamento instantâneo – com fórmula à base de duo complexo de proteína, que restaura a saúde e a beleza natural do cabelo. Eles promovem uma hidratação poderosa, sendo ideais para quem quer garantir um cabelo recuperado e bonito. A fórmula ainda ajuda na restauração dos sinais de agressão térmica e recupera os fios fragilizados por processos químicos. Ah! Vale lembrar que produtos de uma mesma linha funcionam melhor quando usados em conjunto.


domingo, 27 de agosto de 2017

Os primeiros sinais físicos da depressão

Dor de barriga, nas têmporas, nas costas... Esses podem ser os primeiríssimos sinais de que alguém está prestes a mergulhar em um quadro depressivo

Há boas chances de um sintoma físico aparecer muito antes de a tristeza profunda ficar estampada na cara da vítima de depressão e ela não conseguir mais esconder sua perda de interesse pelo mundo exterior. Hoje os cientistas sabem: o quadro depressivo tende a emergir na forma dos mais diversos tipos de dor no corpo. E não confunda isso com um processo de somatização, em que distúrbios emocionais produzem mal-estar orgânico.

“Os circuitos que a depressão ativa são íntimos de regiões do sistema nervoso, inclusive o autônomo, que comanda o funcionamento dos órgãos”, explica Renato Sabbatini, neurofisiologista da Universidade Estadual de Campinas, a Unicamp, que fica no interior paulista. Ricardo Alberto Moreno, do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas de São Paulo, emenda: “Cerca de 60% dos casos da doença são associados a males orgânicos, a maioria deles acompanhada de dor”.

Como isso acontece
Os cientistas apontam o causador: o mau funcionamento da serotonina, da noradrenalina e da dopamina. O trio de neurotransmissores, fundamental na regulação do humor, circularia com menos eficiência entre os neurônios de um deprimido e isso dificultaria a transmissão de milhares de mensagens químicas. E aí, em um efeito dominó, outras falhas de comunicação apareceriam. “A ausência dessas substâncias prejudica diversas áreas, inclusive as responsáveis por inibir dores”, explica Telma Gonçalves de Andrade, especialista em psicofisiologia da Universidade Estadual Paulista, a Unesp, em Assis, também no interior de São Paulo.
O sistema imunológico é outro afetado. “Os deprimidos correm um risco três ou quatro vezes maior de adoecer”, conta Sabbatini. Também pode acontecer de uma série de doenças aproveitar a brecha criada pelos neurotransmissores. Ou seja, quem de repente passa a ficar doente com muita frequência não deve se conformar com a velha explicação: de que isso é estresse. É preciso refletir se não existe algo mais profundo (e tristonho) por trás.
O sono é mais um que acusa prejuízos quando o cérebro está deprimido. Sabe-se que a ausência de serotonina atrapalha o adormecer, mas esse não é o único ponto. O desbalanceamento químico por trás do transtorno emocional afeta todo o ciclo circadiano, ou seja, o relógio que regula o funcionamento do organismo ao longo das 24 horas. Assim, a pessoa perde a sincronia com o meio ambiente, afetando a quantidade e, principalmente, a qualidade das horas dormidas.

Não confunda melancolia com depressão
Os médicos querem divulgar cada vez mais aos leigos e aos próprios colegas que nem sempre melancolia é depressão. “Tristezas fazem parte da vida”, lembra Sabbatini. Ao mesmo tempo, nem sempre a depressão se enquadra no retrato da pessoa arrasada, trancafiada no quarto, muda… Ela pode estar por trás dos tais sintomas físicos – em casos raros, a angústia nem chega a brotar, só as dores do corpo é que afloram e ficam sem alívio até a cabeça ser tratada. Com antidepressivos ou tratamento clínico.

Tratamento
Além de remédios, os especialistas apostam na psicoterapia – seja a cognitiva comportamental, que estimula o deprimido a deixar de lado pensamentos destrutivos, seja a interpessoal, que identifica situações de conflito para aprimorar a capacidade de o paciente interagir e aliviar o abatimento. “Estudos de neuroimagem comprovam que a eficácia desses tratamentos é similar à dos remédios”, revela Helena Maria Calil, professora titular de psicofarmacologia da Universidade Federal de São Paulo e presidente da Abrata. Quando a depressão é tratada corretamente, diga-se, o ânimo volta e as dores, onde estiverem, esvaecem.


Fonte: https://saude.abril.com.br/bem-estar/os-primeiros-sinais-fisicos-da-depressao/ - reportagem: César Kurt | Foto: Flávio Demarchi

sábado, 26 de agosto de 2017

Dermatologista alerta: 8 coisas que você nunca deve usar na pele

O que não falta na internet é alguma dica de beleza que prometa deixar nossa pele linda e saudável, mas nem todas são confiáveis

Cuidar da pele é algo que merece atenção, afinal o maior órgão do corpo humano é também o mais visível. Felizmente, existem bons produtos disponíveis para quem quer cuidar da saúde e da aparência da pele.

Se a ideia é economizar um pouquinho, o que não falta é gente por aí nos dando dicas de produtos que não são necessariamente feitos para tratamentos de pele, mas que, ainda assim, parecem poder fazer esse papel.

O problema nesse sentido é que às vezes acabamos seguindo algumas dicas e receitas caseiras que não têm fundamento em pesquisas científicas ou estudos mais bem elaborados – quem é que paga o pato? A saúde da nossa pele, é claro!

Para evitar cair em truques que não têm fundamento, e também para não correr o risco de deixar a sua pele com uma aparência machucada, descascada ou queimada, é fundamental ter sempre em mente que produtos podem e quais não podem ser usados para tratamentos estéticos e relaxantes.

A seguir, confira uma lista de itens que são muitas vezes pensados como ótimas formas de tratamento, que aparecem em alguns tutoriais de beleza, inclusive, mas que você precisa manter o mais longe possível da sua cútis – pelo seu próprio bem. Todas as dicas foram dadas pela dermatologista Dra. Janet H. Prystowsy:

1. Bicabornato de sódio
Muitas receitas de máscaras de rosto para fazer em casa acabam levando o bicabornato de sódio entre seus ingredientes, certo? O problema é que, ainda que o produto possa parecer uma ótima alternativa de esfoliante, ele tem o poder de prejudicar a sua pele.
Infelizmente, esse tipo de produto acaba mudando algumas características químicas da pele, e aí você fica mais vulnerável a alguns tipos de infecção. Melhor evitá-lo, então!

2. Suco de limão
Nada de achar que o suco de limão vai diminuir a intensidade das manchas escuras da sua pele, hein! Na verdade, essa fruta pode provocar queimaduras, descamação e inflamações na pele – definitivamente não vale a pena pagar para ver.

3. Pasta de dente
Algumas pessoas acreditam que esse produto, que nunca foi feito para ser utilizado para outros fins além da higiene bucal, é uma forma rápida e barata de tratar e secar espinhas. Na verdade, esse produto é alcalino e, quando tem flúor, pode provocar sérias irritações na pele.

4. Spray de cabelo
Ainda que seja tentador usar algumas gotinhas de spray de cabelo para finalizar maquiagem, com a ideia de que o produto pode fazer com que a make dure mais tempo, na prática a coisa pode ser mais trágica do que prática.
Esses produtos têm componentes químicos que nos fazem mal quando os inalamos ou quando ficam próximos às regiões dos olhos ou do nariz. Nada de utilizá-lo para fins que não sejam deixar o penteado mais resistente!

5. Água quente
Alguns rituais de beleza sugerem que coloquemos ervas dentro de água quente para que o vapor seja direcionado ao rosto, certo? O problema aqui é que essa temperatura não é a ideal para a face, e o calor em excesso ainda pode prejudicar a nossa produção de óleos naturais. O ideal é usar a água morna do banho para esse tipo de limpeza, e não o vapor de água quente ou fervendo.

6. Álcool
Esse produto deve ser utilizado apenas em ocasiões específicas, e não aleatoriamente sobre a pele. No caso das espinhas, por exemplo, a realidade é que muitas pessoas acham que o álcool vai desinfetar o local, e ele até pode fazer isso. O problema é que a região ao redor da espinha pode ser afetada de forma negativa, aumentando ainda mais a inflamação.

7. Vaselina
Mesmo que esse produto pareça hidratante, e que, inclusive, já tenha sido recomendado como um substituto de loções e de hidratantes labiais, é preciso tomar cuidado com a vaselina.
Como é um unguento forte e pegajoso, o ideal é que seja usado somente quando há fortes rachaduras na pele ou nos lábios, mas não como hidratante frequente – isso acabaria bloqueando os poros e aumentando a oleosidade da pele.

8. Vinagre
Em algumas receitas disponíveis na internet, achamos o vinagre como ingrediente para tratamentos clareadores. Na verdade, esse produto vai prejudicar bastante a superfície da pele, aumentando as chances de infecções e inflamações. O bom mesmo é usar o vinagre para temperar salada, apenas.


sexta-feira, 25 de agosto de 2017

Infarto dá 4 sinais 1 mês antes de acontecer. Entenda como isso pode salvar sua vida

Ao contrário do que se pensa, um infarto nem sempre é súbito e inevitável. Manter-se atenta aos sinais que o problema dá é uma atitude eficiente para evitar que a alteração cardíaca seja fatal. Quem diz é um recente estudo, que também lista os sintomas que você não pode ignorar.

Sintomas de infarto: quando aparecem?
Um estudo norte-americano, publicado no periódico Annals of Internal Medicine, se propôs a estudar os sintomas do infarto em mais de 800 adultos com idade entre 35 e 65 anos.

Os pesquisadores descobriram que os sintomas aparecem muito antes de ocorrer o ataque cardíaco e chamam atenção para a necessidade de as pessoas não os ignorarem ou considerarem "procurar um serviço médico apenas se o problema piorar". O recomendado é procurar um serviço médico assim que aparecerem os sintomas descritos a seguir.

Sinais que antecedem
1 mês antes
Para surpresa dos responsáveis pelo estudo, os sintomas surgiram até 1 mês antes de ocorrer o infarto em metade dos participantes do estudo.
O principal sintoma identificado nesse período foi dor no peito. A ocorrência de dispneia, uma alteração do ritmo respiratório que causa falta de ar, também foi alta principalmente entre as mulheres.

24 horas antes
Quase todos os participantes (93%) tiveram sintomas recorrentes durante as 24 horas que precederam o infarto. Além de dispneia e dor no peito, os outros dois sinais identificados nesse período foram palpitação e desmaio.


Nutrição esportiva: 10 fatos indispensáveis para não errar

Alimentação é um dos principais pilares para quem pratica atividade física. Veja o que é necessário para uma nutrição esportiva adequada

Não importa qual o tipo de esporte que faz a sua cabeça: você precisa de energia extra e combustível de qualidade para bons resultados. Veja como tirar o máximo proveito da nutrição esportiva:

1. Hidrate-se. A água responde por mais ou menos 70% da nossa composição corporal. Todas as reações químicas que ocorrem no organismo possuem intervenção líquida, e os músculos não são exceção. Para se ter uma ideia, uma leve desidratação já implica em uma queda no desempenho esportivo. Além disso, um músculo desidratado tende a sofrer lesões. Por isso, beba sempre pequenos goles durante os treinos, mesmo que não tenha sede. Um treino longo de corrida, por exemplo, pode exigir isotônicos e outros tipos de bebida com a finalidade de repor os eletrólitos. (Foto: Reprodução/Pexels)

2. Aposte primeiro na qualidade dos alimentos que consome. De nada adianta investir parte do seu orçamento em suplementos, vitaminas e produtos que visam à potencialização de resultados: primeiro, você precisa pensar na qualidade nutricional do que você consome no dia a dia. Por isso... (Foto: Reprodução/Pixabay) 

3. Priorize alimentos in natura. Eles são mais baratos, muito mais nutritivos e sem conservantes. Os alimentos vindos da terra são ricos em macro e micronutrientes, ou seja, nutrientes dos quais precisamos em maior e menor quantidade, respectivamente. Prefira itens de origem orgânica, cultivados sem agrotóxicos e com suas características genéticas preservadas, oferecendo o máximo de nutrientes para o corpo. (Foto: Reprodução/Pixabay)

4. Aprenda a amar as frutas e os legumes. Este mandamento reitera o anterior: não há dieta saudável sem uma alimentação rica em frutas e verduras. São elas que nos fornecem um vasto conjunto de vitaminas, minerais, fibras, fitonutrientes e antioxidantes. Juntos, atuam como remédios naturais contra possíveis doenças. Consuma, pelo menos, três porções de frutas ao longo do dia e uma ou duas porções de legumes ou salada no almoço e no jantar.

5. Planeje suas refeições. É a melhor maneira de garantir que você está comendo como deveria em cada momento. Se deixar sua escolha para o momento em que está sentindo fome, é mais provável que você opte por aquilo que você mais quer no momento, e não pelo que é melhor para você. Planeje-se: compre e prepare suas refeições antes, já sabendo o que vai comer ao longo do dia.

6. Preste atenção ao timing dos nutrientes. Em outras palavras, coma antes, durante e após o exercício. Muitas mudanças metabólicas acontecem no músculo durante a atividade física. Para poder render ao máximo, otimizar as adaptações ao treinamento e acelerar a recuperação entre os treinos, é importante dar ao músculo todos os nutrientes de que ele precisa para exercer todo o seu potencial. Esse é um dos pontos-chave da nutrição esportiva.

7. Não despreze a gordura Faz parte da crença comum a gordura como vilã da saúde e do peso ideal. No entanto, a falta de gordura na dieta pode ser tão prejudicial quanto o seu excesso. Por exemplo, é importante o consumo de ômega-3, uma gordura benéfica que não é produzida pelo nosso corpo. Entre suas inúmeras funções está manter a saúde do coração. Suas principais fontes são peixes e oleaginosas como chia e nozes. Também tem sido observado que uma dieta muito pobre em gorduras saturadas pode levar a uma queda nos níveis de testosterona. Portanto, não se atente apenas na quantidade mas, sim, na qualidade.

8. Valorize o consumo de carboidratos Algumas dietas restringem o consumo de carboidratos, caso da famosa low-carb. Entretanto, isso pode não ser ideal para muitas pessoas, que não se adaptam a determinadas restrições. Os carboidratos são essenciais por serem fonte de energia primária para manter o corpo em funcionamento no dia a dia e nos treinos. Faça escolhas saudáveis de carboidratos: por exemplo, carboidratos refinados como o açúcar podem prejudicar a saúde, mas aveia, grãos integrais e tubérculos, entre outros, são fontes de primeira do nutriente.

9. Inclua fontes proteicas no cardápio Elas são essenciais para reparar e regenerar tecidos musculares que foram danificados no treino. Por isso, é importante incluir uma fonte de proteína de qualidade, animal ou vegetal, em cada uma das suas principais refeições. Para quem não é fã de proteína animal por algum motivo, experimente adicionar ao cardápio lentilha, grão-de-bico, feijão preto e spirulina.

10. Informe-se antes de comprar suplementos A oferta de produtos que prometem milhares de resultados é vasta. Antes de sair comprando todos os best-sellers, busque orientação de um nutricionista. Muitas vezes é desnecessária a aquisição de um determinado produto: você pode encontrar o que precisa apenas seguindo uma dieta saudável. Há também o risco de sofrer algum efeito colateral que comprometa a sua saúde.


Fonte: https://sportlife.com.br/nutricao-esportiva/ - Redação Sport Life - Foto: Getty Images

quinta-feira, 24 de agosto de 2017

O perfil de quem faz exercício

Com a ajuda de experts, SAÚDE aponta as lições que podemos tirar de um estudo inédito sobre a prática de atividade física no Brasil

Um levantamento do Abril Big Data (ABD), setor focado em análise de estatísticas da Editora Abril, investigou a vida de brasileiros ativos e sedentários. Os entrevistados responderam, pela internet, a perguntas sobre situação social e estilo de vida.

O projeto, chamado Perfil Premiado Abril, incluiu questões sobre atividade física, que foram cruzadas com outras tantas para gerar os dados abaixo. “É um trabalho que permite levantar hipóteses, mas não traçar uma relação de causa e efeito entre as associações”, adianta André Annunciato, consultor da ABD.








Fonte: https://saude.abril.com.br/fitness/o-perfil-de-quem-faz-exercicio/ - Por Theo Ruprecht - Foto: Yagi Studio / Getty Images//O perfil de quem faz exercício/SAÚDE é Vital

quarta-feira, 23 de agosto de 2017

Como clarear os dentes em casa: 7 métodos caseiros eficazes

Com ingredientes simples, você pode suavizar a aparência amarelada e remover as manchas, deixando seu sorriso ainda mais bonito

Um sorriso bonito é um excelente cartão de visitas, pois essa característica transmite confiança e facilita a aproximação com as outras pessoas.

Porém, com o passar dos anos, alguns hábitos do dia a dia acabam alterando a coloração natural do esmalte, deixando nossos dentes manchados ou amarelados.

As bebidas escuras, como o café e os refrigerantes de cola, a escovação inadequada e o uso do cigarro são alguns dos principais fatores que contribuem para o escurecimento dos dentes.

Se você está se sentindo incomodada com esse problema e gostaria de clareá-los, você pode testar os truques caseiros que listamos a seguir. Lembre-se sempre de não abusar desses métodos, pois eles costumam ser abrasivos e podem prejudicar o esmalte dos dentes se forem utilizados em excesso:

1. Bicarbonato de sódio e limão
Este é um dos métodos mais populares para clarear os dentes em casa. Embora esses ingredientes não funcionem muito bem sozinhos, a reação química que eles produzem é bastante eficiente.
Em um recipiente pequeno, misture 1 colher de café de bicarbonato de sódio e o suco de um limão recém-espremido. Remova o excesso de saliva e placa com um cotonete e, em seguida, escove seus dentes com a mistura. Aguarde um minuto e enxágue bem.
Dica: não deixe a mistura nos dentes por mais de um minuto, pois o ácido pode corroer o esmalte e deixá-los muito sensíveis, e aplique-a no máximo uma vez por semana.

2. Morango
Existem alguns indícios de que os morangos podem ajudar a branquear os dentes devido ao seu teor ácido. Você pode utilizá-lo de duas formas: escovando seus dentes com um morango amassado ou misturando a fruta à sua pasta de dente.
Nos dois casos, você deve enxaguar a boca muito bem depois da escovação, de preferência com água misturada com uma pitada de bicarbonato de sódio para neutralizar a acidez do morango. Faça esse procedimento uma ou duas vezes por semana.

3. Água oxigenada
O poder abrasivo da água oxigenada também pode ajudar a branquear seus dentes. Para isso, misture duas colheres de água oxigenada volume 10 e uma colher de sopa de água.
Molhe um algodão ou uma gaze nessa mistura e esfregue-a com delicadeza sobre os dentes. Depois, enxágue com bastante água para remover todo o produto.

4. Água oxigenada e bicarbonato de sódio
Faça uma espécie de pasta de dentes caseira misturando 1 colher de sopa de água oxigenada com 1 colher de sopa de bicarbonato de sódio.
Com uma escova de dente macia (a receita já é bastante abrasiva por si só), aplique o produto como se fosse uma pasta de dente normal. Enxágue até remover todo o produto e escove os dentes como de costume.
Não utilize a mistura mais de duas vezes por semana para não danificar o esmalte dos seus dentes.

5. Carvão ativado
O carvão ativado é uma substância com alta capacidade de absorção, inclusive sendo capaz de remover manchas dos dentes. Para essa dica, você pode comprar cartão ativado em pó ou, se não encontrar, em comprimidos, mas você terá que triturá-los.
Separe um pouco do carvão e mergulhe uma escova de dente úmida no pó até conseguir pegar uma quantidade suficiente para cobrir todos os seus dentes. É recomendável separar uma escova somente para essa finalidade.
Faça movimentos circulares em seus dentes por cerca de dois minutos e cuspa o máximo que puder do carvão. Em seguida, enxágue sua boca várias vezes até remover o produto completamente. Escove seus dentes normalmente.
Detalhe: evite fazer esse truque logo depois de ingerir um medicamento, pois o carvão ativado pode absorver a substância ativa e reduzir o seu efeito.

6. Casca de laranja
A parte branca da casca da laranja contém uma substância chamada d-limoneno, que ajuda a remover manchas dos dentes. A dica consiste em esfregar a parte branca nos dentes, deixando fazer efeito por 3 a 5 minutos antes de enxaguar e escovar normalmente.
Será necessário repetir esse método várias vezes por semana, durante 15 a 20 dias, para notar o clareamento.

7. Casca de banana madura
Por ser rica em potássio, magnésio e manganês, a banana pode ajudar a clarear os dentes e remover manchas. Para obter um efeito melhor, escolha uma fruta que esteja completamente madura.
Após descascar a banana, esfregue a parte interna da casca em seus dentes por cerca de dois minutos e deixe fazer efeito por cerca de 15 minutos. Procure não escostar muito os lábios nos dentes nesse período. Escove os dentes normalmente.
Repita o procedimento de duas a três vezes por semana, mas não mais do que isso para não danificar o esmalte. O efeito deve aparecer depois de 15 a 20 dias.
Lembre-se de que esses são métodos caseiros e que eles não vão oferecer o mesmo resultado que um tratamento feito em uma clínica odontológica, mas eles podem ajudar a amenizar uma aparência muito amarelada.
Se você notar qualquer aumento na sensibilidade ou na textura dos seus dentes, interrompa o tratamento caseiro e procure a orientação de um profissional.


Fonte: https://www.dicasdemulher.com.br/como-clarear-os-dentes-em-casa/ - Raquel Praconi Pinzon - Foto: iStock

terça-feira, 22 de agosto de 2017

Colégio O Saber: 17 anos contribuindo com a educação em Itabaiana


 
     Em março de 1996, o Professor Everton Souza de Oliveira implantou a primeira escola de reforço de Itabaiana em sua própria casa. Dividida em três salas de aula com 126 alunos matriculados, a maioria deles do Bairro Rotary Club, a casa situava-se onde a escola está instalada atualmente. Depois de quatros anos contribuindo com o reforço escolar dos alunos da região, resolveu fundar um colégio juntamente com sua esposa, Lourdes Almeida Oliveira. Os dois elaboraram o projeto de Regimento e encaminharam ao Conselho Estadual de Educação, quando em 23 de agosto de 2000 foi licenciado para funcionar do maternal a 8ª série do ensino fundamental gradativamente. Em 2009, o Colégio O Saber foi reconhecido oficialmente pelo CCE.

     No início, a primeira turma do maternal funcionou com 12 alunos, no ano seguinte já tinha triplicado. Em 2002, com o aumento do número de alunos, ampliou-se a escola. Em 2003, foi iniciada a 5ª série do ensino fundamental.

     Em 2012, o colégio concretizou um grande sonho dos seus proprietários, alunos, professores e funcionários, a construção da quadra esportiva “Emílio de Oliveira”. O local é utilizado não apenas para as aulas de educação física, mas também a realização de grandes eventos como as reuniões de pais e mestres, Fiesta Fantasy e Fest Color.

     A partir de 2015 foi implantado o ensino médio com a turma da 1ª série e em 2017 os alunos da 3ª série concorrerão às vagas dos diversos cursos das principais universidades do país através do ENEM. Com a confiança e aprovação dos pais, o Colégio O Saber vem progredindo e atualmente conta com aproximadamente 700 alunos matriculados distribuídos em 26 turmas do maternal a 3ª série do ensino médio, orientados por uma excelente equipe de professores e coordenados por Dayane Carvalho no ensino fundamental e Lilian Regina no ensino médio. Com isto, cresce a responsabilidade de permanecer entre os melhores colégios de Itabaiana e de garantir a aprovação de seus alunos nos concursos vestibulares das principais universidades de Sergipe e do Brasil.

     Em 2017, o Colégio O Saber concluiu a construção do prédio de 3 andares vizinho a quadra esportiva e disponibilizou aos alunos do 6º ano do ensino fundamental  a 3ª série do ensino médio 7 salas de aulas amplas com data show, cantina e espaço para lanche.

     Objetivando a melhoria do ensino, o colégio realiza com seus alunos projetos ambientais, jogos internos, exposições, palestras de conscientização, concursos de leitura, feira junina, soletrando, SALIT, aulões interdisciplinares e excursões. O colégio ainda oferece aos alunos da 3ª série o Curso Saber + que é um intensivão com questões para o ENEM. Também promove homenagens nas datas alusivas aos pais, mães, avós, estudantes e professores sempre valorizando os que contribuem para o engrandecimento da escola.

     Desde 2010 tenho orgulho de fazer parte da história vitoriosa do Colégio O Saber que há 17 anos vem, através da educação, contribuindo na formação integral de crianças e jovens de Itabaiana e cidades circunvizinhas.

     Parabéns Colégio O Saber! Que esta instituição continue a crescer e seja referência de qualidade em educação entre as escolas de Itabaiana e de Sergipe.


Por Professor José Costa

9 alimentos para incluir no café da manhã se você quer emagrecer

O desjejum é a primeira refeição do dia, então, comece estrategicamente com o pé direito!

1. Ovo
Rico em proteína e gorduras boas, garante saciedade ao longo do dia. Também possui vitaminas do complexo B, responsáveis por conferir mais energia para cumprir atividades rotineiras.

2. Cereais integrais
Eles reduzem o índice glicêmico da refeição, aumentando a saciedade até o almoço. Além disso, contribuem para o funcionamento do intestino, desinchando a região abdominal.

3. Iogurte natural
Ele não contém conservantes e é fermentado por bactérias que ajudam na flora intestinal. “Essa versão também possui proteínas e gorduras que fazem com que você sinta menos fome”, explica Amanda Joanni Maffei, nutricionista da Estima Nutrição, em São Paulo.

4. Gengibre
Ótima opção para levantar da cama com o metabolismo já acelerado. “Adicione-o a sucos para estimular a termogênese do corpo”, sugere a especialista.

5. Café
Aposte na bebida para despertar o organismo e turbinar sua concentração para o restante do dia. Só não vale adoçar. Ah, e vale lembrar que esse queridinho das brasileiras também é termogênico.

6. Abacate
Se você é daquelas que vive beliscando um petisco aqui e um lanchinho ali, não deixe de saborear a fruta no café da manhã. “O abacate contém vitaminas e minerais que controlam a compulsão alimentar”, explica Amanda.

7. Tapioca
Use-a como substituta do pãozinho matinal para reduzir o índice glicêmico da refeição e controlar a liberação de glicose, que, em excesso, acaba sendo usada pelo corpo para inflar os pneuzinhos.

8. Salada de frutas
“Ideal para iniciar o dia com um boom de vitamina, minerais e antioxidantes para nutrir o corpo e deixá-la mais satisfeita”, conta Amanda.

9. Suco verde
A opção é perfeita para quem quer começar o dia fazendo um detox geral no organismo e nutrindo as células para as atividades que estão por vir.


Fonte: http://boaforma.abril.com.br/dieta/9-alimentos-para-incluir-no-cafe-da-manha-se-voce-quer-emagrecer/ - Por Caroline Randmer (Colaboradora) Julia_Sudnitskaya/Thinkstock/Getty Images