terça-feira, 24 de maio de 2016

6 dicas para tirar uma música chata da cabeça

Todos nós já ficamos com alguma canção chata grudada na cabeça. Algo conhecido em inglês como “earworm” (“verme de ouvido”), é uma experiência irritante da qual não parecemos ter escapatória. Mas a ciência tem algumas dicas para se livrar de músicas chiclete, como:

1. Feche os ouvidos
Em primeiro lugar, evite música. Não é algo fácil, claro, mas é preciso ser especialmente cuidadoso para não ouvir qualquer canção antes de ir para a cama, já que músicas chatas que grudam na cabeça interferem com o sono.
Tente não ouvir repetidamente a mesma música, ou ouvir músicas em si altamente repetitivas (como “Baby”, do Justin Bieber. E me desculpa por te lembrar disso).
Há também algumas evidências de que, se a música que está sendo ouvida é interrompida, continuamos a cantá-la mentalmente (algo conhecido como “efeito Zeigarnik”). Para evitar que isso aconteça, é aconselhável ouvir suas músicas até o fim, sempre.

2. Chiclete pra chiclete
A prevenção não é sempre possível. Logo, o que fazer para se livrar de pensamentos intrusivos musicais?
Um estudo recente afirma que a goma de mascar oferece uma solução simples. Em uma série de experimentos, os participantes que receberam chiclete relataram menos vermes de ouvido. Normalmente, o nosso aparelho vocal está envolvido em cantar – logo, diz a teoria que, quando os nossos queixos estão ocupados com outra coisa, a nossa capacidade de imaginar músicas é prejudicada.
Outra dica para frustrar músicas chiclete é andar em um ritmo muito mais rápido ou mais lento do que o da canção. Parece que formamos memórias relativamente precisas para o ritmo de músicas familiares.
Sabemos também que o movimento (por exemplo dançar, tocar, balançar junto) é um importante contribuinte. Ao usar o movimento do corpo para perturbar nossa memória musical, podemos interromper o fluxo e acabar com a repetição mental aparentemente automática.

3. Cante
Uma maneira popular de se envolver com a música é cantá-la. A pesquisa sugere que, se você é propenso a cantar todos os dias, é mais propenso a músicas chicletes que duram por um tempo relativamente longo também.
Mas você pode transformar isso em algo positivo e escolher uma canção boa, que seja um acompanhamento mental positivo para o seu dia.
Quando uma música chata grudar na cabeça, cante outra coisa, em voz alta. Pode ajudar também.

4. Ouça o seu humor
Uma extensa pesquisa apontou a importância do humor, estresse e estado emocional na ocorrência de músicas chiclete.
Há também algumas evidências de que quando imaginamos uma canção particular, o nosso humor se aproxima da maneira que nos sentimos quando realmente a ouvimos.
Mais pesquisas psicológicas são necessárias para entender se nós deliberadamente imaginamos música para regular nossas emoções. Entretanto, se o humor evocado por certas músicas em sua cabeça não corresponde ao seu estado emocional desejado, mude o disco (mental).

5. Telefone para um amigo
Para erradicar vermes de ouvido completamente, considere fazer uma outra atividade mental mais ou menos desafiadora. Sabemos que as atividades rotineiras e automáticas, como escovar os dentes, permitem que a mente vague – e que músicas chiclete grudem. Por outro lado, tarefas mentais muito exigentes (como fazer um trabalho da faculdade) também já foram associadas com canções chiclete.
Mas a mente raramente vaga quando socializamos; uma atividade que se encontra no meio do intervalo de “desafio mental”. Uma maneira potencialmente agradável de banir pensamentos musicais indesejados pode ser passar o tempo com os amigos, então.

6. Não tente tanto
Tentar controlar deliberadamente nossos pensamentos têm o efeito oposto. Se todas as suas tentativas de tirar uma música da cabeça falharam, nosso conselho final é parar de tentar e se distrair.
Vá fazer outra coisa, como assistir TV, e quando você menos esperar, a canção já sumiu. [ScienceAlert]


segunda-feira, 23 de maio de 2016

10 atitudes para ajudar a manter a saúde do coração em dia

Inspire-se e renove seu estilo de vida com 10 atitudes para ajudar a manter a saúde do coração em dia

1.    Meça a pressão pelo menos uma vez por ano.

2.    Pratique atividades físicas todos os dias.

3.    Mantenha o peso ideal.

4.    Adote alimentação saudável: pouco sal, sem frituras e com mais frutas, verduras e legumes.
.
5.    Reduza o consumo de álcool. Se possível, não beba.

6.    Abandone o cigarro.

7.    Nunca pare o tratamento, é para a vida toda.

8.    Siga as orientações de seu médico ou profissional da saúde.

9.    Evite o estresse. Tenha tempo para a família, os amigos e o lazer.

10.  Ame e seja amado.


domingo, 22 de maio de 2016

4 verdades sobre o infarto

Na hora de cuidar da saúde, é importante dedicar atenção redobrada às doenças cardiovasculares e, para te ajudar a ficar por dentro consultamos um especialista para falar sobre 4 verdades sobre o infarto. Confira!

Ficar atento aos casos de infarto, que ocorrem devido à obstrução da artéria que leva o sangue ao coração, é imprescindível, segundo Elcio Pires Júnior é coordenador da Cardiologia e Cirurgia Cardiovascular e coordenador das Unidades de Terapia Intensiva do Hospital e Maternidade Sino Brasileiro, as doenças cardiovasculares. “Os pacientes que compõe o grupo de risco, que podem sofrer um ataque cardíaco estão: os obesos, diabéticos, com aumento de colesterol e triglicérides, quem tem históricos familiares de problemas cardíacos e fumantes”, alerta.

Para te ajudar a identificar os sinais que o corpo dá, confira já 4 verdades sobre o infarto:

- Dor no peito é considerado o principal sintoma de infarto, embora por vezes seja confundido com outras doenças como dores musculares, úlceras e tromboembolismo pulmonar. Por essa razão, a avaliação de um especialista é essencial para a realização do diagnóstico.

- Os homens são mais suscetíveis dobro aos infartos do que as mulheres, inclusive após décadas e mudanças com o aumento significativo na ocorrência de infartos devido à menopausa, ao uso de pílulas anticoncepcionais e cigarro, que aumentam em três vezes mais as chances de sofrerem do problema cardiovascular.

- O fumante possui maior adesão das placas de gordura nas paredes dos vasos sanguíneos. O tabagista tem até três vezes mais chance de infarto que o não fumante.

- Após o infarto, as visitas ao cardiologista devem ser periódicas, para que o especialista avalie se a medicação está surtindo efeito, referente à estabilização do músculo cardíaco, na tentativa de evitar a progressão das lesões. Durante o encontro com o profissional, serão tratados os fatores de risco e possíveis complicações, como hipertensão, arritmias e insuficiência cardíaca. Júnior conclui ao dizer: “Ao sentir dor no peito com um aperto de forte intensidade, que irradia para o ombro superior esquerdo até à região mandibular, associado ao mal estar geral, suor frio, náuseas e vômitos, procure imediatamente atendimento médico”.

“Em caso de dor no peito com um aperto de forte intensidade, com irradiação para o membro superior esquerdo e até para a região mandibular, associado a mal estar geral, suor frio, náuseas e vômitos, o paciente deve procurar imediatamente atendimento médico”, finaliza o especialista.


Fonte: http://revistavivasaude.uol.com.br/clinica-geral/4-verdades-sobre-o-infarto/6225/ - *Por Kelly Miyazzato | Foto Ed. Coleção VivaSaúde Especial 

O esporte como ferramenta de inclusão social no Brasil

*Por Jéssica Alves dos Santos Menezes

     A prática de esportes é o exercício inicial para a inclusão social e construção de uma vida saudável. Essa atividade mostra-se crucial na formação de uma sociedade organizada, já que os gêneros esportivos ensinam aos indivíduos a importância das regras e do respeito. Porém,  no Brasil, o sistema político não investe muito nesse setor.

     Segundo o filósofo John Look, a trajetória de uma pessoa é como uma folha em branco, que será preenchida com valores bons ou ruins, dependendo das atividades desenvolvidas por esse ser. Assim, a prática de esportes é vista, por grande maioria, como um exercício de interação e inclusão social, pois esta põe seus praticantes em situações explicitas de interdependência a fim de realizar um objetivo comum: a vitória. Mesmo sem muitos investimentos governamentais, o esporte já tem tirado muitos indivíduos da situação de miséria e até do crime. Um exemplo disso é Neymar Júnior – camisa 10 da seleção brasileira de futebol -, que no início de sua carreira não teve muito apoio financeiro por ser de família humilde.

     A Grécia Antiga seguia o lema de “corpo saudável, mente saudável”, onde o esporte não era apenas para se obter a saúde, mas também uma ferramenta primordial para a educação de um individuo, pois nele os  jovens desenvolviam vínculos recíprocos de respeito, através das regras impostas durante as atividades. Essa tradição se espalhou pelo mundo e, hoje, no Brasil, que é considerado o “país do futebol”, tornou-se obrigatória a disciplina de Educação Física em todas as escolas, tanto públicas quanto particulares.

     O esporte é importante para a saúde e fundamental na inclusão social. É mister que o governo busque criar novos atletas, através da instalação de quadras de esportes em vários bairros, para que nestes sejam organizadas gincanas esportivas. Ademais, cabe a família incentivar desde cedo as crianças a praticarem essas atividades, com a organização de passeios que exijam um pequeno condicionamento físico. Já a escola deve tornar as aulas de Educação Física ainda mais dinâmicas, através de novas brincadeiras, formuladas pelos alunos. Assim, o Brasil sairá do alongamento e partira para o jogo da inclusão social.

* Jéssica Alves dos Santos Menezes é aluna da 3ª Série do Ensino Médio do Colégio Dom Bosco.

sábado, 21 de maio de 2016

Oito exercícios de musculação que garantem seios mais firmes

Trabalhando os músculos certos, a postura também fica favorecida

Fisiologistas e profissionais de educação física possuem uma lista de ótimos exercícios para definir os seios sem precisar recorrer ao silicone, mas antes é preciso saber que nenhuma dessas séries trabalha especificamente o peito. Na verdade, as mamas são compostas por glândulas mamárias e gordura, sem músculo que possa ser trabalhado. O que se trabalha, portanto, é a musculatura da região peitoral, dos ombros e até das costas para garantir seios mais firmes. Quer saber como? Então confira as oito sugestões de exercícios a seguir que você pode fazer até em casa. 

Supino reto e supino inclinado
Não pule esses exercícios com medo de ficar forte demais e parecer masculina - um professor de educação física poderá determinar uma carga e frequência suficiente para que você atinja o resultado sem exageros. "O supino reto trabalha todo o grupo muscular do peitoral, que ajuda na sustentação dos seios, enquanto o supino inclinado dá ênfase na região superior do peitoral", explica a personal trainer e instrutora de pilates Bianca Berlotti.
Ela dá a dica de como fazer: deite em um banco horizontal (supino reto) ou com inclinação de no máximo 45 graus (supino inclinado), segure uma barra ou duas anilhas afastadas um pouco mais que a altura dos seus ombros. Desça o objeto na direção do seu peitoral inspirando o ar e suba novamente, soltando o ar. Também há aparelhos em academias que possibilitam um trabalho semelhante.  

Remada alta
O músculo peitoral não será diretamente trabalhado na remada: o exercício é voltado para o trapézio e melhora a postura, deixando o tronco "erguido" e projetando os seios para cima e para frente. "Ele é realizado com o auxílio de barra, halteres e polia, que são elevados na frente do corpo ultrapassando a linha dos ombros", explica o professor de educação física Diego Rebolo, da Edge Life Sports, em São Paulo. 

Crucifixo inclinado
Segundo Diego Rebolo, esse exercício trabalha o músculo superior do peitoral que sustenta as mamas. Deitado sobre o banco de até 45º de inclinação, deixe os braços aproximados aos cotovelos um pouco flexionados e os halteres na linha dos olhos. Afaste simultaneamente os braços até a linha dos ombros e volte à posição inicial. "O movimento é como se você fosse dar um abraço", compara o professor de educação física. "Em casa, você pode usar garrafas cheias ou sacos de alimentos." 

Desenvolvimento lateral
Quanto melhor a postura, mais firmes os seios vão parecer, certo? Então invista no desenvolvimento lateral, que trabalha a região dos ombros e facilitam a postura correta. "O exercício é executado elevando os braços lateralmente, acima da cabeça, e voltando até o ponto inicial na altura dos ombros, com os cotovelos flexionados", conta a fisiologista e profissional de educação física Luciana Mankel, da Curves Academia. 

Elevação frontal
Inicie com os braços estendidos e abaixados, segurando um peso. Eleve os braços na frente do corpo até a altura dos ombros e volte à posição inicial. "Com esse exercício, você trabalha principalmente ombros e peitoral maior, deixando os seios 'para cima'", afirma a fisiologista Luciana. 

Pullover
Outro ótimo exercício que ajuda a trabalhar o peitoral. Você deve realizá-lo deitada, com as duas mãos segurando um halter ou anilha acima da cabeça e os braços estendidos (mas cotovelos levemente dobrados). Mova o peso para frente, na linha dos ombros e volte à posição anterior. 

Flexão de braço
É outro exercício que não irá deixá-la forte demais - desde que você não incorpore um treinamento militar e se esbalde em flexões em um mesmo dia. Com a frequência certa, que um personal poderá determinar para você, é possível trabalhar o peitoral. "Apoie-se contra a parede ou a pia e utilize o peso do corpo para fazer movimentos de flexão dos cotovelos", explica Diego Rebolo. 

Isométrico de peitoral
A fisiologista Luciana conta que o exercício é bem simples: basta manter uma postura ereta, sentada ou de pé, e encostar as palmas das mãos no ponto médio da região peitoral (como se você estivesse rezando). "Faça força de uma mão contra a outra e relaxe, sem realizar movimentos", diz a profissional da Curves. Isso já poderá trazer resultados para o peitoral. 


sexta-feira, 20 de maio de 2016

14 truques de beleza da vovó que ainda funcionam

Troque seus cuidados de beleza tradicionais com cosméticos pelos truques práticos da época da vovó

Desde levar o guarda-chuva porque vai chover até os segredos mais inusitados de beleza, nossas avós sempre nos ensinaram dicas infalíveis para sobrevivermos ao dia a dia. Não à toa, elas viveram muito e sabem o que é certo ou errado só pela experiência.

A beleza e a moda mudaram muito desde o tempo das nossas avós até hoje. Com isso, o comportamento das mulheres também. Porém, existem quebra-galhos que toda mulher precisa saber para tornar a vida mais prática.

Além disso, hoje, somos acostumadas a termos tudo em nossas mãos: existem produtos especiais, aparelhos próprios e tratamentos que nos oferecem os resultados esperados, enquanto, naquela época, era tudo na base do improviso.

Acompanhe as dicas abaixo e tenha a solução da sua vida para os dias que não puder carregar a chapinha ou seus cremes com você:

1. Legumes como tônico para hidratar o rosto
Além do pepino para combater as olheiras, existem outros benefícios que podemos obter com produtos da nossa geladeira. Por exemplo, a água de cozimento do repolho, espinafre, couve ou brócolis, pode servir como um excelente tônico para a pele.
Segundo a dermatologista Gabriella Vasconcellos, da Clínica Goa Health Club, “esses vegetais contêm ácidos que diminuem o inchaço e a retenção de líquido na região dos olhos, melhorando e muito as olheiras”. De acordo com a especialista, a eficácia é maior com a união de uma noite bem dormida e de uma alimentação balanceada.
Como fazer: Após cozinhar os vegetais, leve a água de cozimento à geladeira. Quanto atingir uma temperatura baixa o suficiente, aplique o líquido na pele.

2. Elimine suas olheiras com batatas
Quer evitar o corretivo e amenizar as olheiras de forma natural? As batatas são ótimas aliadas. Elas possuem propriedades calmantes que vão diminuir as olheiras e melhorar o aspecto do rosto, principalmente quando geladas, já que os “vasinhos” da região ficarão diminuídos, melhorando seu visual.
Como fazer: Amasse uma ou duas batatas inglesas, até formar uma papa, gele-as e aplique na região por cerca de 15 minutos. Ela em fatias também funciona, mas vale trocar o pedaço a cada 5 minutos.

3. Chás para cuidar da região dos olhos
Os chás também são ótimos para amenizarem os efeitos das noites de sono mal dormidas, principalmente os de camomila. Isso porque ele possui ação calmante e antiinflamatória, ajudando a diminuir a pigmentação escura das olheiras. “Compressas frias deste chá contraem os vasos sanguíneos, tendo efeito clareador sobre a região”, indica a dermatologista.
Como fazer: Coloque dois saquinhos de chá na água fervente e deixe o chá ser preparado. Quando pronto, leve-o à geladeira. Aplique os saquinhos na região das olheiras por cerca de dez minutos e experimente ter seu rosto com uma aparência mais relaxada e menos inchada.

4. Troque as fronhas para ter uma pele jovem e sem rugas
Há quem diga que, quando dormimos, o algodão das fronhas faz com que nosso rosto seja repuxado, o que ocasiona rugas. Já Gabriella sugere que a informação é um mito: “rugas são ocasionadas apenas pela idade ou por manchinhas de sol excessivas”.
Como fazer: Use fronhas com tecidos mais suaves, como a seda ou cetim.

5. Fixe a maquiagem com água de flor de laranjeira
Fixar a maquiagem é sempre um desafio, e de nada adianta sair de casa linda sabendo que tudo aquilo vai derreter em poucas horas. Pode-se resolver esse problema com produtos da geladeira, como a água de flor de laranjeira ou um cubo de gelo. Nesse caso, a médica sugere que seja usado com cautela, para evitar queimaduras no rosto
Como fazer: Passe água de flor de laranjeira no rosto e deixe secar. Com o gelo, basta passar o cubo no rosto todo antes da maquiagem, enxugando com um papel absorvente.

6. Vaselina para ter a pele lisinha
A vaselina é um hidratante eficaz, pois forma uma espécie de camada protetora por cima da pele. Segundo a Gabriella, “ela auxilia na recuperação da hidratação da pele, devido ao seu grande teor de antioxidantes e minerais, como magnésio e potássio”. A dermatologista ainda dá a dica: use o produto nos joelhos e cotovelos, por serem regiões mais secas.
Como fazer: Passe o produto nas mãos e nos pés antes de dormir e acorde com a pele lisinha e hidratada. Para evitar manchas nos lençóis, invista nas meias e luvas de silicone.

7. Diminua os poros com água gelada
Os poros revelam quando o rosto está cansado. Aplicando água gelada no rosto, ela ‘apertará’ a pele e os poros temporariamente, isso porque contrairá os vasos sanguíneos. “O mais importante é saber que a água gelada deve ser aplicada ao rosto depois que ele estiver 100% limpo, com sabonete facial e os tônicos de limpeza”, indica a especialista.
Como fazer: Encha uma bacia com água gelada e cubos de gelo. Coloque o rosto na bacia, mantendo-o no lugar de 8 a 10 segundos. O frio é suportável, basta pensar nos resultados!

8. Pele saudável com vinagre de maçã
Muitos são os benefícios do vinagre de maçã, seus resultados na pele são incríveis, já que pode ajudar no tratamento da acne. Gabriella Vasconcellos pontua “em caso de alergia ao vinagre, não se deve utilizá-lo de jeito nenhum. Fora isso, por ser rico em ácidos, ele fecha os poros da pele, diminuindo a incidência de acne”.
Como fazer: Misture uma parte do vinagre de maçã para quatro partes de água e aplique no rosto antes de dormir, depois de lavá-lo. Caso não veja resultados, experimente aumentar a proporção do produto na água.

9. Livre-se das peles mortas
O melhor jeito de eliminar as peles mortas é com um bom esfoliante. E uma opção é fazê-lo em casa, com ingredientes da cozinha, como açúcar e azeite de oliva. A médica sugere que “ingredientes como açúcar, azeite de oliva e fubá podem ser utilizados como esfoliantes caseiros para o corpo, por possuírem poderosos antioxidantes e minerais, mas é preciso que a paciente consulte seu dermatologista para saber a necessidade de cada caso”.
Como fazer: Faça uma mistura de açúcar e azeite de oliva ou de coco, na proporção de 2 para 1. Aplique no rosto fazendo movimentos circulares suaves, lavando com água morna no final do processo.

10. Tenha a pele hidratada com abacate
Sabe aquele abacate que já está aberto na sua geladeira? Aproveite-o para fazer uma máscara facial que deixará seu rosto hidratado e sem vermelhidão. A dermatologista confirma a eficácia: “Por ser rico em vitaminas A e C, o abacate ajuda a hidratar e a nutrir a pele. Ele é ótimo para estimular a produção de colágeno no rosto, atuando no antienvelhecimento”.
Como fazer: Amasse bem o abacate e espalhe-o pelo rosto, deixando por cerca de 20 minutos. Ao final do processo, enxágue a pele com água morna.

11. Pele sem vermelhidão com colírio
Isso mesmo, colírio. O medicamento é feito para reduzir a vermelhidão dos olhos, mas o efeito pode ser obtido em outras partes do corpo também. Está com uma espinha vermelha que nem o corretivo é capaz de esconder? O colírio pode ser a solução! Porém, atente-se aos riscos: “Por conter um alto nível de ácidos e substâncias químicas, pode manchar a pele”, atesta Gabriella.
Como fazer: Aplique colírio em um algodão e coloque sobre a região afetada, deixando por alguns minutos. No final, a espinha continuará em seu rosto, mas sua cor estará mais uniforme.

12. Dê vida às pontas do seu cabelo com azeite
Com o passar do tempo, após cortar, as pontas dos fios começam a ficar ressecadas e sem vida. Esse problema pode ser facilmente resolvido com azeite de oliva. Quanto aos riscos, o ideal é que o produto não seja usado sozinho, pois “pode causar um caimento pesado ao cabelo, criando uma espécie de ‘engorduramento’ do fio”, sugere a especialista.
Como fazer: Em um copo, coloque metade do conteúdo de azeite de oliva e leve ao micro-ondas por cerca de 10 segundos. Após levemente aquecido, aplique-o no cabelo, deixando-o por 20 minutos. No final do processo seus fios estarão brilhantes e maleáveis.

13. Cílios lindos com curvex
O curvex é o melhor amigo daquelas mulheres que não têm cílios muito grandes e curvados, mas existe uma forma de otimizar mais ainda seu uso. Assim como nosso cabelo, que modela com mais facilidade quando quente, nossos cílios podem ficar mais curvados quando modelados a partir de uma temperatura maior. Mas cuidado: a dermatologista indica que, devido à alta temperatura, a técnica pode causar queimaduras nos fios e na região dos olhos.
Como fazer: Passe o secador de cabelo pelo curvex, aquecendo-o. Teste a temperatura em sua mão para ter certeza de que não está quente a ponto de queimar e use-o nos cílios, com muito cuidado para não queimar ou machucar os olhos. Seus cílios ficarão como se fossem postiços!

14. Aumente a potência de seu lápis de olho
Esquentar o lápis de olho também pode ser uma boa ideia. O material do lápis, quando em contato com uma temperatura mais alta, derrete. O que facilita a aplicação e deixa o traço mais forte. Porém, da mesma forma que o anterior, existe o risco de queimaduras. “Um bom lápis de olho à prova d’água é o mais indicado”, conclui Gabriella.
Como fazer: Com um isqueiro, coloque a chama próxima à ponta do lápis por um ou dois segundos. Certifique-se de que não está muito quente antes de passar no olho. Tenha muito cuidado para não se queimar ao experimentar esta técnica.
Use e abuse das dicas da vovó para ficar sempre em dia com o visual. Vale lembrar que a eficácia das técnicas pode variar de acordo com o tipo de pele ou de cabelo de cada mulher. Além disso, não dispense a ida a um especialista para ter orientações mais específicas ao seu caso.


quinta-feira, 19 de maio de 2016

40 truques de limpeza para quem odeia perder tempo limpando

Confira as dicas da especialista para facilitar na hora da limpeza do seu lar, tornando a atividade mais prática

Manter uma casa limpa e organizada não é tarefa fácil. Principalmente para aqueles que não estão acostumados ou não “simpatizam” com uma rotina de cuidados domésticos.

Apesar de não realizarmos a limpeza da casa diariamente, ao separar um tempo para realizar este feito, não desejamos despender longas jornadas realizando estas tarefas consideradas chatas e desagradáveis.

Para facilitar a limpeza de seu lar, existem alguns truques que deixam a faxina muito mais agradável, os quais facilitam e aumentam a produtividade em momentos odiosos como este.

“Mantenha sua casa com móveis que garantam a circulação do espaço. O acumulo desses objetos, além de poluir visualmente, dificulta a manutenção e facilita a proliferação de ácaros e fungos, conhecidos por causar alergias. As tendências de Arquitetura de Decoração de hoje primam por um ambiente clean. Então lembre-se: o menos é mais”, recomenda a personal organizer Helô Henne.

Visando facilitar a limpeza do seu lar, sem perder tempo, fazendo com que este momento seja mais fácil, prático e até prazeroso, confira mais dicas e truques da personal organizer que irão ajudar a modificar sua rotina doméstica:

Na cozinha
1. Limpe panelas muito sujas ou com marcas de queimado adicionando água com uma xícara de vinagre branco. Leve ao fogo até a mistura ferver e adicione duas colheres de sopa de bicarbonato de sódio. Esvazie a panela e lave-a esfregando levemente para tirar as marcas de queimado.
2. Para limpar rapidamente o micro-ondas, utilize um limão cortado ao meio e coloque em um copo de água. Ligue o micro-ondas até que a água comece a ferver. Feito isto, desligue o micro-ondas e deixe o copo descansar por um minuto antes de retirá-lo. Isto fará com que a gordura saia facilmente ao passar um pano em seu interior.
3. Simplifique a limpeza do liquidificador apenas adicionando água e detergente após o seu uso. Ligue-o por alguns segundos e basta apenas enxaguar.
4. Para limpar um moedor de café, coloque grãos de arroz crus em seu interior. Isso fará com que odores antigos desapareçam. Para limpar, “moa” um colher de sopa de bicarbonato de sódio e limpe bem.
5. Para limpar um forno bem sujo, coloque uma vasilha com meio copo de amônia e deixe descansar durante a noite. Ao acordar, limpe normalmente o interior do seu forno.
6. Deseja tirar as marcas deixadas pelo uso excessivo da cafeteira? Adicione partes iguais de água e vinagre dentro da jarra, ligue a cafeteira até o meio do ciclo e deixe descansar. Após uma hora, ligue-a novamente e deixe o ciclo se repetir. Depois, faça mais dois ciclos somente com água, para evitar qualquer sabor ou aroma desagradável.
7. Possui utensílios de prata? Para limpá-los, coloque-os em uma tigela forrada com papel alumínio, adicione água fervendo, meio copo de sal e meio copo de bicarbonato de sódio. Deixe descansar por 30 minutos e enxague normalmente.
8. Para limpar o grill ou sanduicheira, ao finalizar o uso, coloque duas folhas de papel toalha úmidas no seu interior e feche-o. O calor provindo do uso irá fazer com que a sujeira fique mais fácil de grudar no papel. Depois, abra-o e limpe o restante da sujeira também com papel toalha.
9. Se deseja garantir que a esponja de lavar louças esteja livre de germes, coloque-a ainda úmida no micro-ondas e ligue na potência alta por dois minutos. Este processo mata cerca de 99% do germes presentes na mesma.
10. Quebrou um copo ou recipiente de vidro? Garanta sua segurança e evite se machucar pegando os cacos utilizando uma fatia de pão de forma.
11. Limpe os queimadores do fogão facilmente. Coloque-os em um saco plástico com ¼ de copo de amônia, sele o saco e deixe descansar durante a noite. Agora basta lavá-los normalmente com uma esponja que a sujeira sairá sem problemas.
12. Utilize uma cebola cortada ao meio para ajudar a tirar os restos que ficam grudados na grelha após cozinhar. Apenas esfregue-a por toda a grelha que os restos de comida facilmente sairão.
13. Para limpara tábua de corte sem deixar resquícios de química ou odores, utilize sal grosso e limão esfregando-os por toda sua extensão e enxaguando posteriormente.

No banheiro
14. Se livre do acúmulo de sujeira da torneira ou registro de chuveiro com o auxílio de um limão. Basta esfrega-lo ao redor do mesmo que a sujeira sairá facilmente.
15. Limpe o rejunte dos azulejos com uma mistura de água com bicarbonato de sódio, fazendo uma pasta e aplicando-a com a ajuda de uma escova de dentes antiga.
16. “Para fazer a desinfecção dos banheiros e cozinha e pias, depois de lavar o chão a as bancadas como de costume, prepare uma solução de água sanitária, a água na proporção de um litro, para duas colheres de sopa de água sanitária, aplique e deixe agir por 15 minutos”, indica a personal organizer.
17. Para evitar manchas de água no box, aplique uma fina camada de cera para carros em toda a sua extensão e deixe-o secar por alguns minutos. O papel da cera é isolar o vidro da água, evitando as manchas.
18. Limpe a parte externa do vaso sanitário com água quente, bicarbonato de sódio e um pano macio. Esta mistura ajudará a eliminar odores e bactérias desta região, deixando-o mais limpo.
19. Para a parte interna do vaso, o ideal é utilizar água sanitária e utilizando uma bucha limpar as laterais do mesmo. Para enxaguar basta dar descarga. Lembre-se de utilizar luvas descartáveis para realizar este procedimento.

Na casa em geral
20. Se possui gato ou cachorro como animal doméstico, facilite a limpeza do tapete ou carpete passando um rodo por toda a sua extensão. Desta forma os pelos sairão facilmente.
21. “A maneira ideal de manter seus livros organizados é por estilo literário ou por autor. Compre em uma papelaria etiquetas adesivas coloridas, elas devem ser pequenas. Identifique cada estilo literário ou autor com uma cor, depois crie um índice ou legenda correspondente a cada cor com estilo literário/ autor. Desta forma quando você consulta o índice sabe exatamente em que grupo o livro que procura está, ensina Helo.
22. Uma outra opção para se livrar de pelos de cães ou gatos de tapetes e estofados é utilizar uma luva de borracha. Basta vesti-la e passar a mão sobre o local sujo que os pelo irão grudar na mesma.
23. Para limpar livros, a profissional orienta passar por toda a superfície do livro com álcool em gel 70%. Polvilhe bicarbonato de sódio por entre as páginas. “Isto evitará fungos e possíveis alergias”, esclarece.
24. Para tirar marcas de copos ou de umidade em móveis de madeira, absorva o excesso de umidade com uma toalha e utilize um secador de cabelos para acabar com o restante da umidade até a mancha sair.
25. Evite vazamento dos sacos de lixo adicionando folhas de jornal à lixeira. Desta forma a lixeira não ficará suja e os jornais podem ser descartados posteriormente.
26.”Para limpar porcelanato o ideal é detergente neutro. Qualquer outro produto pode deixar manchas”, informa Helo.
27. Possui ventilador de teto? Então utilize uma camiseta antiga para limpá-lo, “vestindo” cada pá de uma vez. Isso evitara que a sujeira se espalhe por todo o ambiente.
28. Limpe facilmente as persianas envolvendo a mão com uma meia limpa e limpando com a mesma proporção de água e vinagre branco.
29. Pra limpar rejunte, a profissional orienta utilizar uma papa de sumo de limão com bicarbonato. Deixe agir e esfregue com uma escova de cerdas duras.
30. Para limpar o colchão, borrife com o auxílio de um borrifador vodca em toda a sua extensão. O álcool irá matar o odor causador de bactérias e evaporará rapidamente.
31. Livre-se dos arranhões em móveis de couro utilizando polidor para calçados e aplicando-o nos locais danificados.
32. Utilize filtros de café para limpar telas de televisão, monitores ou outras telas em seu lar.

Na lavanderia
33. Para ajudar a secar sapatos e tênis molhados da chuva, coloque dentro deles folhas de jornal ou mesmo um sachê com grãos de arroz. Estes elementos ajudam a absorver a umidade, acelerando o processo de secagem dos calçados.
34. “Para remover manchas de sangue corretamente, elas devem ser tiradas com água oxigenada volume 10 líquida. Se você encontrar a versão volume 20, melhor, mas precisa ser a líquida para agilizar o processo. Coloque uma boa quantidade no local manchado e deixe agir por alguns minutos. Coloque um pouco de sabão em pó e água fervendo, esfregue e lave normalmente,” orienta a personal organizer.
35. Retire manchas de gordura das roupas aplicando giz escolar ou talco sobre a macha. Espere alguns minutos para absorvera gordura e esfregue um pano para retirar a sujeira.
26. Possui manchas de batom na sua roupa? Aplique spray fixador de cabelo sobre elas, deixe descansar por 10 minutos, passe um pano úmido sobre a mancha e lave sua peça de roupa normalmente.
37. ”Dê preferência a sabões líquidos para lavar roupa, pois eles dissolvem na água não acumulando na roupa. Para as roupas escuras, utilize os sabões próprios para roupas escuras, eles mantêm a cor viva por mais tempo”, aconselha a personal organizer.
38. Para retirar marcas de café da toalha de mesa, esfregue bicarbonato de sódio com um pouco de água que a mesmas sairão sem demora.
39. ”O amaciante funciona também com um anti-mofo. Por isso você não precisa comprar produtos específicos para passar roupa. No borrifador coloque água e um pouquinho de amaciante, além de perfumar um pouco mais irá funcionar como anti-mofo”, propõe Helo.
40. “Fique atenta para o nível de sabão. Sabão em excesso estraga tanto a máquina quanto as roupas. Roupas que saem da máquina com muito cheiro de sabão, com certeza a quantidade foi exagerada. E também causam alergias, alerta a personal organizer.

Utilizando estas dicas, limpar a casa se torna tarefa mais prática e fácil de se realizar. Lembrando sempre que a melhor maneira de se facilitar o momento da limpeza é focar em prevenir possíveis formas de acúmulo de sujeira.


quarta-feira, 18 de maio de 2016

Dieta para ganhar peso: evite calorias vazias e invista em gorduras boas

Fazer musculação e incluir cereais na alimentação ajudam no aumento de peso saudável

Enquanto algumas pessoas têm dificuldade para emagrecer outras encontram problemas na hora de engordar. As causas para essa dificuldade podem ser tanto físicas quanto psicológicas.

Algumas medidas podem ajudar no ganho de peso. Conversamos com especialistas e listamos as principais razões para não ganhar peso e o que pode ser feito a fim de engordar de maneira saudável.  

Por que continuo emagrecendo? - Motivos físicos
Há diversos motivos físicos que explicam por que algumas pessoas são muito magras e tem dificuldade em engordar. "Um deles é a genética, quando o paciente conta com a queima calórica muito intensa", destaca o nutrólogo Roberto Navarro.

Doenças também podem ser a causa dessa dificuldade de ganhar peso, é o caso do hipertireoidismo, problema no qual a glândula da tireoide produz hormônio em excesso. "Em situações assim, o indivíduo come mais e mesmo assim emagrece", constata Navarro. Diversos tipos de câncer podem levar a esta dificuldade, especialmente aqueles que atingem o tubo digestivo.

A falta de oferta calórica, ou seja, comer pouco, leva ao emagrecimento. O excesso de atividades físicas é outro fator que pode fazer com que a pessoa tenha dificuldade em engordar, já que ela gasta mais do que come. 

Fumar cigarros e consumir algumas drogas, especialmente as que deixam a pessoa mais alerta, como a cocaína, também pode dificultar o ganho de peso.
 
Por que continuo emagrecendo - Motivos psicológicos
Algumas doenças psiquiátricas podem ser a causa da dificuldade para engordar. "Porém, as questões psiquiátricas só podem ser pensadas depois de excluídas as questões físicas", alerta o psiquiatra e nutrólogo Hewdy Lobo da Vida Mental Serviços Médicos.

Alguns quadros de adoecimento mental mais graves estão associados a dificuldade ou a recusa em comer. "É o caso clássico da anorexia nervosa em que os portadores recusam a alimentação apesar de sentirem fome, porque de forma doentia percebem o próprio corpo exageradamente aumentado", diz Lobo.

Outra condição que pode levar a dificuldade em engordar é a depressão. "Um dos sintomas é a redução do apetite parcial ou quase completa a ponto de não se comerem por terem perdido a vontade da alimentação da mesma maneira que perderam interesse pela vida, relacionamento, etc", conta Lobo.

A esquizofrenia também pode causar problemas no ganho de peso, pois o indivíduo pode ter um tipo de delírio em que tem certeza que os alimentos ou a água estão contaminados e dessa forma se recusa a comer, é o chamado delírio de envenenamento.

O Transtorno Obsessivo Compulsivo pode ser um obstáculo para engordar, pois o paciente gasta um tempo exagerado apenas para organizar o alimento de uma maneira que entenda estar adequada.
 
Qual a alimentação ideal para engordar?
Estar magro não é um passe livre para comer o que bem entender. "A pessoa pode ganhar peso, mas se desnutrir", alerta Navarro. Afinal, as pessoas magras também podem ter problemas de saúde. "Não adianta consumir mais alimentos indiscriminadamente: as pessoas magras também podem ter altos níveis de colesterol. Tenha uma dieta que forneça nutrientes apropriados para promover o ganho de peso saudável", orienta a nutricionista Karina Gallerani. 

Assim, evite os alimentos ricos em açúcar refinado, carboidratos simples, que em excesso podem favorecer a resistência à insulina que por sua vez pode se tornar diabetes tipo 2. As gorduras trans, presente em alguns alimentos industrializados e frituras, e a gordura saturada, encontrada principalmente em alimentos de origem animal como a carne vermelha, também devem ser evitadas, pois favorecem o aumento do colesterol, entre outras complicações.

Alguns alimentos termogênicos também podem ter o consumo restringido, como a cafeína, presente no café e no chá verde, a pimenta e o chá de hibisco. Estes alimentos aceleram o gasto calórico e favorecem o emagrecimento. 
 
O que comer
Invista em alimentos calóricos, mas nutritivos. É o caso do azeite extravirgem que é rico em gorduras boas, as monoinsaturadas, e assim ajuda a regular o colesterol, protege o coração e o cérebro, previne o diabetes, entre outros benefícios.

Invista em oleaginosas, como as castanhas e nozes, e em peixes, pois eles são fontes de boas gorduras. O abacate também é bom por ser rico em gorduras monoinsaturadas e bem calórico.

Procure adicionar granola, entre outros cereais, farinhas enriquecidas e até o açúcar mascavo em alguns alimentos. "Outra dica é incluir gema de ovo cozida amassada no feijão, purê, sopa, entre outros", orienta Navarro.

Opte pelas carnes magras. "O consumo de proteínas, carnes magras e leguminosas também é importante, porém é preciso certificar-se que não está havendo uma ingestão excessiva que possa sobrecarregar os rins e o fígado", diz Gallerani. Mastigar bem os alimentos contribui para que o organismo absorva melhor os nutrientes.  

Equilibre o consumo de carboidratos simples, como o pão branco, arroz comum, entre outros, e complexos, como arroz e pão integrais. "Isto porque as fibras presentes nos integrais proporcionam saciedade", explica a nutricionista Cátia Medeiros. Porém, elas também melhoram o trânsito intestinal, entre outros benefícios e não devem ser excluídas do cardápio.
 
O quanto comer
Assim como para emagrecer é preciso diminuir o consumo de calorias, para engordar é preciso aumentar a ingestão calórica. É importante buscar a ajuda de um médico nutrólogo ou de uma nutricionista a fim de saber o quanto a mais de calorias deve ser consumido para o ganho de peso saudável. "Isto vai depender do peso atual, altura e nível de atividade física. Calculamos o quanto a pessoa precisa comer para manter o peso e a partir disso estimamos o quanto precisa ingerir a mais para engordar ou a menos, caso queira emagrecer", explica Navarro.

Lembre-se de evitar as calorias vazias, como os refrigerantes, fast-foods, alimentos industrializados e doces que são pobres em vitaminas e sais minerais.

Apenas as quantidades mudam, as proporções de cada macronutriente continuam as mesmas. Portanto, continua sendo orientado ter a refeição composta por: 50 a 55% de carboidratos, 15 a 20% de proteínas e 25 a 30% de gorduras, sendo 7% gorduras saturadas, 10% gorduras poli-insaturadas e 13% monoinsaturadas. 
 
Suplementos
É preciso tomar cuidado ao ingerir os suplementos como os shakes hipercalóricos. Eles só podem ser ingeridos após a orientação de uma nutricionista. A melhor maneira de ganhar peso é por meio de mudanças na alimentação, porém em certas situações os suplementos podem ser recomendados. ?Para evitar que algumas pessoas que precisam ingerir muitas calorias desenvolvam o hábito de comer grandes volumes de comida, o suplemento pode ser uma opção, pois oferecerá maior densidade energética, mas menos volume?, explica Medeiros.  

Dicas para abrir o apetite
Uma boa estratégia para abrir o apetite é começar pelos alimentos líquidos: vitaminas batidas com leite ou sucos podem ser combinados com diferentes frutas e acrescidos de iogurte. Lembre-se de comer a cada duas ou três horas. A apresentação das refeições é muito importante para abrir o apetite: pratos atraentes, saborosos e variados aguçam o paladar. Utilize temperos e ervas para melhorar o sabor e aroma dos alimentos. Um medicamento também pode ser receitado pelo médico para aumentar o apetite.  

Exercícios certos para ganhar peso
Os exercícios são grandes aliados de quem quer ganhar peso. A musculação com a orientação de um educador físico é a melhor opção, pois irá proporcionar o ganho de massa muscular.

Evite atividades aeróbicas, como a caminhada, corrida, dança, entre outros, por um longo período de tempo."Toda a atividade de longa duração, mesmo que seja leve, faz com que o corpo utilize a reserva de gordura", diz Navarro.

As atividades físicas corretas ainda podem ajudar de outra maneira. "Elas contribuem porque abrem o apetite de quem não tem fome", constata Gallerani.
 
É preciso ganhar músculos ou gorduras?
O mais recomendado é que a pessoa ganhe peso por meio de massa muscular. Porém, em alguns casos pode ser necessário acumular também mais gordura. "Existe um risco de ter menos de 10% de gordura no corpo, pois ela cumpre funções fisiológicas, estoca vitaminas lipossolúveis, como as A e K, e produz hormônios", afirma Navarro.

Por outro lado, algumas pessoas podem ser magras e mesmo assim apresentaram altas taxas de gordura. "Há pessoas muito magras que têm alto percentual de tecido gorduroso, em função do sedentarismo, hábitos alimentares incorretos e longos intervalos de tempo sem se alimentar", explica Gallerani.

Saiba que as mulheres têm mais tendência a engordar por conterem maior quantidade de gordura entre as fibras musculares que os homens. Por outro lado, os homens tem mais tendência a ganhar massa muscular. "Eles contam com concentrações hormonais superiores às das mulheres e isso faz com que o ganho muscular seja proporcional a esta concentração", conta Gallerani.
 
Como manter o peso
Após alcançar o peso ideal é preciso tomar cuidado para não perdê-lo ou engordar demais. Por isso, com a ajuda do nutrólogo ou nutricionista é preciso fazer outro cálculo de quantas calorias devem ser ingeridas.

Mantenha a disciplina com os novos hábitos da dieta. "Nunca pule horários das refeições e siga as porções conforme o plano alimentar", orienta Gallerani.

Pode ser uma boa estratégia adotar o seguinte planejamento: faça supermercado toda a semana, com uma lista para evitar a compra de alimentos desnecessários. Crie um cardápio para os próximos sete dias e faça compras pensando nele. Mantenha um horário fixo para fazer exercício e um diário dos padrões de alimentação e atividade física. Escreva não somente o que come, mas onde, quando e o que sentiu no momento. Assim dá para analisar o que gerou a fome e o que satisfez o seu apetite. Isso vai ajudar a pessoa a perceber se está passando muito tempo sem comer, se não está sentindo fome ou se alguma situação fez ela perder a vontade de comer.


terça-feira, 17 de maio de 2016

Faça você mesmo o seu isotônico

Aprenda a fazer um repositor eletrolítico, que vai ajudá-lo a repor os sais minerais perdidos com o treino. É fácil, fácil

Quer aprender a fazer um  isotônico em casa? A nutricionista Talitta Maciel, da Clínica Espaço Reeducação Alimentar, bolou 3 receitas bem fáceis de fazer. Os benefícios de fazer o seu próprio isotônico são diversos, a começar que ele estará livre de conservantes e outros componentes químicos, normalmente presentes nas versões industrializadas. Confira!

Isotônico cítrico
– 250 ml de suco de limão, laranja e acerola: Eles são ricos em potássio, auxiliam na reposição de eletrólitos perdidos com o suor, fornecem vitamina C, que auxilia na imunidade, e frutose, que ajuda na reposição de carboidratos perdidos durante o exercício)
.
– 1 colher (sopa) de melado de cana: O melado possui minerais como potássio, selênio, cálcio, ajudando a repor os eletrólitos, além de ser fonte de carboidratos e repor a energia consumida por músculos e fígado (glicogênio). Os minerais presentes no melado ajudam na contração muscular.

– 1 colher (chá) de sal: atua na reposição de sódio, principal mineral perdido durante o exercício.
– 50 ml de água gelada

– Gelo
Coloque os ingredientes em uma squeeze e agite bem.

Isotônico relaxante
– 500 ml de água filtrada

– 5 colheres (sopa) de açúcar demerara: o açúcar demerara possui vitaminas do complexo B, que atuam na recuperação muscular, além de  potássio e carboidratos.


– 1 colher (café) de sal: O sal atua na reposição de sódio, principal mineral perdido durante o exercício

– 1 maracujá médio (polpa): A fruta apresenta boas quantidades de sais minerais – cálcio, ferro, fósforo, sódio e potássio, vitamina C, vitaminas do complexo B, além de antioxidante que ajudam na recuperação do estresse oxidativo causado pelo exercício.
Misture bem em uma coqueteleira e beba bem gelado.

Isotônico refrescante
– Suco de 1 limão: O limão é rico nas vitaminas A, C e do complexo B, possui antioxidantes que auxiliam na recuperação muscular, minerais, entre eles potássio, cálcio, magnésio, iodo, cobre e silício.

– 1 colher (sopa) de mel: fonte de frutose, glicose e sacarose, o mel ajuda a repor instantaneamente a energia
– 1 colher (café) de sal

– 500 ml de água gelada

– 1 colher (chá) de gengibre em pó: O gengibre é um potente antioxidante e anti-inflamatório

– 10 folhas de hortelã: O hortelã possui sais minerais, potássio, sódio, magnésio e fósforo, além de vitaminas C, D e B, antioxidantes que auxiliam na recuperação pós-exercício.
Misture todos os ingredientes em um squeeze e consuma gelado.

Fonte: http://www.sportlife.com.br/nutricao/faca-voce-mesmo-o-seu-isotonico/Texto de Gabriel Gameiro - Foto: Shutterstock Images